segunda-feira, 26 de novembro de 2012

Pit Signs










































Quadro de orientação para facilitar o manuseio das placas.

E aí?

Olhando a lista alguém saberia dizer o ano dessa temporada da Fórmula 1?

36 comentários:

Paulo Alexandre Teixeira disse...

1984. Mas não vejo onde cai o Danny Sullivan por ali... só se for um teste.

Renato Henrique disse...

Temporada de 1984!!!

o primeiro ano do Senna foi também o ultimo do Ceccoto

Anônimo disse...

1984.

Mario

arthur disse...

1985?

Ituano Voador disse...

1984: Ceccoto entrega o jogo.
Abs.

Pedro Costa disse...

1984!! Tem Senna e Ceccoto da Toleman!

Um abraço de Portugal.

Pedro Costa

Blog Mania dos Carrinhos

RobertoJP disse...

Vou chutar tudo: 1984, GP da Bélgica, equipe Ferrari. Acertei pelo menos um?...

Não consegui entender nada das duas primeiras fileiras 'front/rear'... mas nas duas seguintes, é interessante ver que nem todos os pilotos eram tratados pelo sobrenome - casos de Lauda, De Angelis, Laffite e Rosberg. Em vez de ser de alguma equipe, essa placa me parece ser do controle de direção de prova, não?

abs., RobertoJP

Verde disse...

1984.

O circuito pode ser... Zolder? Zandvoort? Estoril?

Rafael disse...

1984

Marques disse...

1984

Cevert disse...

1984

Anônimo disse...

1984! Ceccoto não andou em 1985... Bellof 84 e 85 sobra 1984.

Daniel Médici disse...

84!

Marco disse...

Senna e Niki Lauda na mesma lista: 1984.

Ron Groo disse...

Tem isto? Rapá...

Anônimo disse...

1984! ceccoto só correu até 84 e senna a partir de 84... pierrex

Anônimo disse...

1984! ceccoto só correu até 84 e senna a partir de 84... pierrex

André Candreva disse...

Corradi,

é a temporada de 1984...

e o GP é o da Holanda, circuito de Zandvoort...

abs...

João disse...

1985...

Felipe Corrêa Carvalho disse...

1984!

Abraço Corradi.

Anônimo disse...

O ano é 1983, depois conto o porquê. . .rsrsrs

Tá bom, conto agora:
Foi o único ano do americano Danny Sullivan na categoria.

Zé Maria

Anônimo disse...

Errei. . .
Aparece o Senna também. . .estranho, porque pela mInha memória o americano só tinha andado em 83, de Tyrrell.

Zé Maria

Caio Ronan disse...

1984

harerton disse...

1984, sem dúvida!

Leonardo disse...

1985.

fernando disse...

acho que 1984.

Anônimo disse...

Facil... 1984!

Loreno Menegotto/Belo Horizonte

Anônimo disse...

1984!

Mauro Santana
Curitiba-PR

Vinicius Netto disse...

Temporada de 1984 na lata!

Anônimo disse...

1983 Sullivan só correu esse ano. Ceccoto correu tb em 1984, mas o Senna não está aí. Então é 1983.

Rodrigo

Anônimo disse...

Estou chegando algumas voltas atrás, hehehehe...
Mas, mesmo assim vou comentar... um bem longo, acho eu... espero que alguém leia...

** PARTE 1 **

Pra começar, há 28 nomes na lista... estranho...
Além disso, há nomes como Alliot, Brundle, Senna e Hesnault - que começaram na F1 em 1984 - juntos com Sullivan - que só correu na F1 em 1983...
A lista parece que teve a intenção de ser em ordem alfabética: Alboreto, Alliot, Arnoux, Baldi, etc. Mas quando chega em Palmer, a ordem se desfaz...
Curioso os nomes de Bellof e Sullivan estarem sublinhados...

Pelo conjunto de nomes, poderia ser 1983 ou 1984...
E pela presença dos nomes de Alliot, Brundle, Hesnault e Senna, poderia ser algum teste pós-temporada; até porque, Sullivan até 1982 e de 1984 em diante, não esteve envolvido com a F1...

Excetuando-se o quarteto de 'novatos' acima, o único GP da temporada de 1983 em que todos os outros estiveram presentes, foi o GP da Europa, em Brands Hatch.
Bem... mais ou menos... Bellof até estava inscrito para o GP, com uma 'McLaren MP4/1C Ford DFV, #43', mas teve sua inscrição cancelada.
Aliás, Bellof esteve inscrito para os GPs da Grã-Bretanha e Alemanha - ambos numa 'ATS D6 BMW, #10' - e em ambos teve sua inscrição cancelada ou não confirmada... Acabou começando na F1 apenas em 1984...
Esse GP, em Brands Hatch, foi o único em que Palmer participou...

Excetuando-se, além do quarteto citado, Palmer e Bellof, os próximos 'fatores limitadores' são: Boutsen e Ceccoto.
Cecotto participou de todos os GPs até o GP da Itália... perdeu os 2 últimos da temporada.
Boutsen, por sua vez, não participou dos primeiros 5 GPs da temporada. Estreou na Bélgica, a 6a etapa.

E, por último, excetuando-se então, Alliot, Brundle, Hesnault, Senna, Palmer, Bellof, Cecotto e Boutsen, todos os demais participaram dos 15 GPs da temporada de 1983...

São muitos 'senões'... o que indica que a foto é da temporada de 1984 (OBS: pela presença do 'quarteto de novatos', essa conclusão já poderia ter sido alcançada)...

** fim PARTE 1 **


um abraço,
Renato Breder

Anônimo disse...

** PARTE 2 **

* Dedução 1:
Para a temporada de 1984, os fatores limitadores são:
1) Brundle - só disputou os 9 primeiros GPs, até US-Dallas;
2) Ceccoto - só participou dos 10 primeiros GPs, até Grã-Bretanha;
3) Baldi - participou dos 6 primeiros GPs (até Mônaco) e dos 2 últimos;
4) Palmer - não participou do GP do Canadá, a 7a etapa;
5) Bellof - participou até o GP da Holanda, excetuando-se o GP da Alemanha (11a etapa). Em Portugal, chegou a estar inscrito numa 'McLaren MP4/2 TAG-Porsche, #32', mas não participou das atividades do GP.

André, Zandvoort foi a 13a etapa, então acho que não pode ser...

Brundle, Ceccoto e Bellof não participaram dos 2 últimos GPs e, por causa de Baldi, sobram os 6 primeiros da temporada:
Brasil (Jacarepaguá), África do Sul (Kyalami), Bélgica (Zolder), San Marino (Imola), França (Dijon-Prenois) ou Mônaco (Monte Carlo).
Pelo pouco que dá para ver, na foto, do ambiente do local, pela luz, vegetação, acho que uma boa sugestão seria ZOLDER, na Bélgica.
Sendo assim, Alliot não se qualificou para o GP.
Em 3 GPs, Corrado Fabi substituiu seu irmão Teo Fabi na Brabham #2: Mônaco, Canadá e US-Dallas. Portanto, o Fabi da lista seria Teo.

Resta o mistério: que diabos o nome 'Sullivan' está fazendo ali?


* Dedução 2:
A 'falcatrua' da Tyrrell foi descoberta no GP US-Detroit (24 de junho de 1984).
Quatro dias antes do GP da Grã-Bretanha (22 de julho) - 2 GPs depois da descoberta - a Tyrrell foi exluída do restante do campeonato, seus resultados até então anulados e seus pontos redistribuídos pelas demais equipes.
Mas, a Tyrrell continuou a participar dos GPs ate´que seu recurso contra a sentença fosse julgado.
Brundle nem participou do GP da Grã-Bretanha, abandonou a temporada e foi substituído por Johansson.
No GP da Alemanha, Bellof optou por outra corrida, deixando a Tyrrell com Johansson e Thackwell no comando dos carros.
Na Áustria, com Bellof de volta, nem ele nem Johansson qualificaram os carros para o GP.
Na Holanda, Johansson e Bellof conduziram os carros da Tyrrell no GP.
O resultado do julgamento do recurso da Tyrrell manteve a punição que o time recebeu, por isso, já a partir do GP da Itália, a equipe não mais compareceu aos GPs restantes.
No GP da Itália, Johansson estava na Toleman, substituindo um Senna 'de castigo'...
A Tyrrell, embora não tenha participado do GP em Monza, estava inicialmente inscrita, com Bellof e ???.... seria Sullivan???
Essa linha de dedução contraria a primeira, uma vez que o GP da Itália foi excluído dela...


Fico com a primeira possibilidade: 1984, Zolder, na Bélgica...
Mistério...


"Quando você elimina o impossível, o que restar, não importa o quão improvável, deve ser a verdade."
Sherlock Homes



um abraço,
Renato Breder

Humberto Corradi disse...

Seguindo sua linha de raciocínio

"Quando você elimina o impossível, o que restar, não importa o quão improvável, deve ser a verdade."

Acho que B.R.E.D.E.R. deve ser alguma associação secreta formada por apaixonados por automobilismo e dedicada a pesquisa...

Deve ser isso.

Valeu

fernando disse...

uau, Breder em estado de transcendência…

a citação de Conan Doyle (quem suponho tenha escrito o dito) exprime bem o nível de atuacão e eficiência do cara.
parabéns Breder!

Anônimo disse...

Corradi,

a associação é formada por mim, eu e eu mesmo, com uma contribuição do google... é claro!


Fernando,

elementar meu caro. Conan Doyle!


outro abraço,
Renato Breder

Daniel Machado disse...

Já troquei umas ideias com o Breder por e-mail. Ele conhece muito!