terça-feira, 2 de setembro de 2014

Rascunho 2012




















O jovem Verstappen bateu em sua primeira exibição na Red Bull.

Pediu desculpas.

OK.

Acontece.

Lembrei que até o professor Alain Prost já deu vexame neste tipo de evento.

Fernando Alonso declarou para a Sky sua intenção de permanecer na Ferrari.

Intenção.

Ele já havia usado essa expressão antes de Spa-Francorchamps falando aos
jornais italianos.

Tipo assim: se eu sair a culpa será da equipe, minha intenção era continuar.

Esperto esse espanhol.

Ainda sobre os italianos.

Se Ross Brawn retornar para a Scuderia, a casa poderá ser pequena demais para
ele o atual diretor técnico e projetista James Allison.

Sobre a Mercedes.

Duas linhas pra quem sabe ler.

Mark Webber, Felipe Massa e Rubens Barrichello.

Exemplos que mostram que o papel de vítima só traz prejuízos na Fórmula 1.

Interessante.

As palavras aposentadoria e Button aparecem cada vez mais no noticiário do
automobilismo.

Dois anos atrás o Blog dava a dica que a porta se abriria na McLaren.

Clique aqui para lembrar.

O Tordo ri.

Hoje as cabeças de Woking procura os melhores.

Um piloto experiente, vencedor e seguro.

Falando sobre isso.

Para Alonso estar liberado existem duas condições.

Basta que a Ferrari não termine entre as três primeiras no Mundial de Construtores e
que o piloto não esteja mais de 25 pontos atrás do líder do campeonato em setembro.

Vettel?

O atual campeão poderá mudar de casa se não conseguir pelo menos duas vitórias
numa temporada ou se não terminar entre os três primeiros no Mundial de Pilotos.

Vettel ainda exige por contrato a presença de Adrian Newey no time.

Por fim.

Nomes em Monza.

Mehri (na Itália aguardando sua superlicença - Caterham), Giedo Van der Garde
(Sauber), Juncadella (Force India) e Lotterer (de novo? - Caterham).

Apesar de um Kobaysahi em letras grandes estar pintado no box da equipe verde...

Can-Am




















Lembrando da querida Can-Am.

Ensaio.

segunda-feira, 1 de setembro de 2014

Rascunho com Novos Traçados



Enquanto a maioria discute sobre gregos e troianos, o Blog (como sempre) aponta
em outra direção.

Melhor assim.

Pois outro risco de Hermann Tilke vai tomando forma.

E se preparando a passos largos para receber a Fórmula 1.

Clique aqui para entender.

Interessante.

Ao mesmo tempo em que a Force India passa pelo seu pior momento financeiro,
Sergio Perez faz movimentos nada silenciosos nas portas de outras escuderias.

Daniel Ricciardo abraçou sua causa.

Sim, ele sonha com o título.

Faz bem.

Não tem nada a perder.

A Ferrari não desistiu de Ross Brawn.

E Fernando Alonso?

Vai desistir da Scuderia Italiana?

sábado, 30 de agosto de 2014

Ariel
























Olha o design disso!

Rascunho de Prata


























Rosberg se desculpou pelo episódio ocorrido em Spa-Francorchamps.

A equipe também disse mais uma vez que a luta pelo título será abeta.

E que o contrato de Lewis Hamilton só será renovado após o término do
campeonato.

Por que esse tratamento com o piloto inglês?

Por que Toto Wolff, que é o dono do time, tem uma visão bem diferente do
que vinha ocorrendo até a temporada passada.

Lewis tinha uma preferência clara dentro da Mercedes.

Ross Brawn protegia seu escolhido.

Ele sabia do que Nico Rosberg era capaz.

Foi espantoso o que o filho de Keke fez com Michael Schumacher em 2010 e
2011.

Tanto que Nico foi alçado ao posto de primeiro piloto em 2012.

Rosberg mostrou as garras no primeiro ano de Lewis no time prateado.

Brawn interferiu.

Mesmo assim Nico terminou com uma vitória a mais no ano passado.

O escudo foi embora.

Wolff gosta de Rosberg.

Uma formiga que não desiste nunca.

Sabe de sua história com a Mercedes.

Os engenheiros e mecânico também.

Ele é mais membro do corpo que Lewis.

Seu contrato já foi renovado.

Enquanto Hamilton ainda tem o que provar.

Lembre-se.

Nico esteve lá durante toda a história e agora quer colher os frutos.

A direção da escuderia entende isso e não vai atrapalhar.

Lewis está sozinho.

E o piloto inglês já descobriu que precisará de algo mais, além de seu refinado
talento, para chegar novamente ao título.

Um final imprevisível.

Avulsas



































Épocas e lugares diferentes.

quinta-feira, 28 de agosto de 2014

Rascunho em Questão









































Vinho?

A Red Bull se movimenta para manter Sebastian Vettel.

Comentamos que a equipe estava nas trincheiras para segurar seu piloto.

A McLaren vai com tudo.

(quer uma estrela em seu carro pelo menos por três anos)

Mas pelo contrato o atual campeão mundial pode anunciar sua mudança a qualquer
momento.

Fernando Alonso também segue na mira de Ron Dennis.

Com a proposta de Woking nas mãos, ele negocia com a Scuderia Italiana.

O espanhol seria uma reserva.

Pois estaria liberado somente em 2016.

Sua hesitação em renovar com a Ferrari é uma pista.

Jenson Button, caro e sem mercado, pode ficar sem lugar na próxima temporada.

Seu salário é absurdo para a Williams.

E suas exigências de adiantar vencimentos fazem a Lotus recuar.

(lembre-se: Raikkonen até hoje não recebeu)

Lewis Hamilton?

O nome ainda soa bem para o chefe da McLaren.

(a conversa com Bottas não evoluiu e o finlandês continua na Williams)

Porém eu não ficaria surpreso com uma dupla (de transição) formada por
Vandoorne e Magnussen no primeiro ano de retorno da Honda.

O Tordo diz que em Cingapura teremos respostas.

Por fim um pensamento.

Quantos sonharam em Rubens Barrichello enfrentando Michael Schumacher
na Ferrari?

Quantos gostariam de ver Felipe Massa roda a roda com Fernando Alonso?

Submissão total em ambos os casos.

Claro.

Cada um sabe de si.

E Nico Rosberg com Lewis Hamilton?

Só críticas.

Mas...

E se Nico fosse brasileiro?

quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Intensivo






















Imagem do holandês Max Verstappen.

No início deste ano, o garoto que ganhou a vaga na Toro Rosso estava tendo aulas
na academia da Scuderia Italiana.

Aulas mesmo.
























O cursinho deve ser bom!

F1 - Cingapura


Time Lapse.

Monza




























Beleza italiana.