terça-feira, 3 de março de 2015

Reserve Driver
























Depois dos testes em terras espanholas, tive um pensamento.

Nada a ver com desempenho ou voltas rápidas.

Fiquei intrigado com a questão dos pilotos reservas.

Três dos maiores pilotos da categoria máxima do automobilismo tiveram
que ser substituídos em algum momento.

Nico Rosberg, Lewis Hamilton e Fernando Alonso em instantes (e por motivos)
diferentes faltaram aos testes.

A Mercedes recorreu a Pascal Wehrlein.

Piloto que estava programado para dirigir para a Force India no dia.

Quase um improviso.

Mas Pascal é o reserva oficial das flechas de prata.

Apenas foi chamado num momento inoportuno.

No caso de Alonso, a McLaren contou com Kevin Magnussen.

E o resto do paddock?

A irmandade Red Bull / Toro Rosso tem no banco Sebastian Buemi.

Na Williams a oficial é Susie Wolff e o piloto responsável pela parte de
desenvolvimento é Alex Lynn (atual campeão da GP3).

O reserva imediato da Ferrari é Esteban Gutierrez.

Enquanto que o francês Jean-Eric Vergne tem o título de piloto de teste da
Scuderia Italiana.

A Sauber conta com Raffaele Marciello no caso de problemas com seus titulares.

Piloto da Academia Ferrari.

A Force India, como vimos em Barcelona, deve pegar emprestado com a Mercedes
numa emergência.

Da Manor não tem nem como falar.

A galera nem confirmou seus titulares ainda...

Por fim a Lotus.

O pessoal de Estone trouxe Jolyon Palmer para compor seu elenco.

E ainda a piloto espanhola Carmen Jordá.

A mulher responsável por desenvolver os bólidos negros.

Por desenvolver podemos entender simulador e tal, OK?

Uma historinha sobre a Carmen.

No último campeonato da GP3 ela foi afastada por sua equipe no final da
temporada por suas performances abaixo do esperado.

Assim, a moça não conseguiu nenhum pontinho.

Injusto?

Não posso dizer, até porque não acompanhei a categoria de perto.

Porém o seu substituto, o inglês Dan Stoneman, ao assumir o carro que era
da espanhola venceu duas etapas.

Tenso.

Vamos torcer para que Romain Grosjean, Pastor Maldonado e Jolyon Palmer
tenham saúde em 2015.

Para o bem da Lotus.

domingo, 1 de março de 2015

Rascunho Além da Imaginação




















Imagem de Pedro Rodriguez conduzindo a Ferrari.

1962.

Mais especificamente na edição dos 400 km de Bridgehampton daquele ano.

Prova que o mexicano venceu.

Endurance.

Tem mais sobre essa pista clicando aqui.

clicando aqui você pode saber mais do Pedro.

Interessante como as pessoas não cansam de se dobrar a genialidade de
Adrian Newey.

Suas soluções continuam a intrigar todo o paddock.

Alguns afirmam até que se a Red Bull fosse empurrada pela unidade de
força da Mercedes...

OK, "se" papai fosse mamãe eu teria duas mães.

Kevin Magnussem parece descartar a Manor.

Falando nisso, Roberto Merhi (você lembra dele? Da Caterham??) é mais
novo cotado para a tal vaga.

A Mercedes quer ajudar Nurburgring.

Está sendo triste ver a Force India se arrastar nos testes.

Existe um medo palpável  na escuderia de Vijay Mallya de que alguma coisa
quebre.

Não há peças de reposição.

Chamou a atenção de alguns a alta degradação dos pneus da Mercedes.

Um fio (finíssimo) de esperança para o campeonato.

Só isso.

Pois nas palavras de Daniel Ricciardo as flechas de prata estão em "outra
dimensão".

Dois segundos à frente da concorrência.

É muito.

Dá até tempo de amarrar os sapatos.


sexta-feira, 27 de fevereiro de 2015

Rascunho Muito ou Pouco?







































Os testes continuam.

Mas começo falando do papel

De contrato.

Lewis Hamilton pediu 50 milhões de euros por temporada para renovar
com a Mercedes.

Um acordo de três anos.

Quer ser o piloto mais bem pago da atual Fórmula 1.

Junto com Sebastian Vettel (mesmo valor) e um pouco acima de Fernando
Alonso (40 milhões de euros).

E aí?

Os alemães não querem gastar tanto.

Como não vivem seus melhores dias, McLaren e Ferrari realmente precisam
colocar grandes incentivos para atrair os melhores pilotos.

Porém a Mercedes vive outro mundo.

Possui uma máquina que está um degrau (ou dois) acima das concorrentes.

Ou alguém duvida que pilotos como Bottas e Rosberg não seriam capazes de
garantir títulos com essas flechas de prata?

Nico deu uma pequena demonstração de poder hoje.

Fez o melhor tempo do dia. 1:22,792.

Dois segundos e meio mais rápido que tempo da pole position do ano
passado.

Não é só o motor.

O conjunto todo impressiona.

Pra piorar o filho de Keke "reclamou" do carro.

Disse que estar sendo difícil achar o setup ideal.

Neste sábado a McLaren deverá ir para a pista com a mesma configuração
que utilizará na Austrália.

Enfim poderemos ver se existe uma mágica japonesa ou não.

Duas perguntas.

Will Stevens (Manor / Marussia) já possui a superlicença?

Reparou que a Lotus está se destacando pelo baixo consumo dos pneus?

Olhando a maneira como a Ferrari conduz seus testes, é fato que a Scuderia
Italiana trabalha no modo Sebastian todo o tempo.

O carro vai ficar 100% a cara dele.

Tá com uma graninha sobrando?

Então.

O leilão dos restos da Caterham ocorrerá agora em março.

Você pode dar uma olhada nas coisas clicando aqui.

Impressionante a Force India.

Digo falando sobre o motor da Mercedes.

O troço chegou nesta sexta em Barcelona, encaixou, ligou e já está rodando.

Nico Hulkenberg deu 77 voltas!

Por fim.

Gene Haas já montou no cavalo da Fórmula 1.

Está fazendo até propaganda.

Não parece aquela moça nova da Lotus?


Principado












































Ayrton Senna em casa.

Rascunho Treta






































Curvinha chata!

Doida pra causar confusão.

Vamos ao que interessa.

Olhando os resultados dos testes até aqui, parece claro como dia que os
outros irão brigar pelo terceiro lugar.

Os outros são aqueles que não os carros prateados de Nico Rosberg e
Lewis Hamilton.

Massa foi o mais rápido do dia.

Mas Lewis fez um tempo fabuloso com pneus de concreto e ainda por
cima num momento muito ruim da pista.

A treta com Fernando Alonso foi grave.

Há um grande risco da McLaren ter que substituir o espanhol por Kevin
Magnussen na Austrália.

Além disso, Button já foi escalado para (tentar) andar amanhã.

(escrevo de quinta pra sexta)

Uma última notinha sobre o pessoal de Woking.

A McLaren confirmou a renovação do acordo técnico que havia
anteriormente com a Manor / Marussia.

Para ajudar o time, claro.

Existem dívidas e tal.

Você sabe.

Mas a verdade é que Ron Dennis quer a Manor para si.

Numa parceria semelhante a da Ferrari com a (futura) Haas.

Vandoorne?

Vai vendo.

























Quer comprar um lugar aprazível em Portugal?

Estão vendendo por lá a casa que pertenceu a Ayrton Senna.

Qualquer 10 milhões de euros, tá levando.

E a turma do energético?

James Key apareceu com uma Toro Rosso completamente diferente.

A outra era uma enganação?

Interessante saber que Max Verstappen tem conseguido tempos no simulador
que estão envergonhando Daniil Kvyat.

A coisa está tão gritante que até uma troca de assentos foi sugerida.

Ainda no assunto cockpits, a Lotus anunciou a espanhola Carmen Jordá
na posição de piloto de testes do time.

Muitos estão achando que ela (Indy Lights) é apenas um rostinho bonito.

Entretanto... é só isso mesmo.

Nurburgring vai se ajeitando para voltar.

Bernie deve arranjar outros Emirados Árabes para sustentar as (falidas) pistas
tradicionais da Europa.

Logo teremos duas dúzias de finais de semana de corrida na temporada F1.

A Force India (pagou as contas) e estará com seu carro 2015 no final dos
testes.

Por fim.

A cada nova entrevista que leio, vinda de Maranello, fico com mais certeza
que a Ferrari já estava acertada com Sebastian Vettel e que Fernando Alonso
não fazia mais parte dos planos da Scuderia Italiana.

Ou alguém pensa que uma marca bilionária como a Ferrari resolve tudo
de última hora ou, pior, deixa nas mãos de um piloto o poder de decisão
sobre o futuro da equipe?

Em abril do ano apassado, quando Domenicali deixou o time vermelho,
três pilotos fizeram questão de ligar para o diretor italiano.

Raikkonen, Alonso e... Vettel!

Sendo que sobre este último, Stefano se recusou a comentar qualquer
detalhe do telefonema.

O Tordo crava um contrato feito ainda em 2011.

Pode ser.


quinta-feira, 26 de fevereiro de 2015

Tá doido!

































O piloto australiano Mark Webber voando durante o warm-up das 24
horas de Le Mans (1999).

Propaganda
























Dezoito é muito!

terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Rascunho Construtivo
























Você já leu por aqui que a Renault está novamente com a ideia de ter uma
equipe própria.

A Casa de Viry-Chantillon negocia com quatro escuderias.

As propostas de compra estão em envelopes sobre as mesas da Sauber,
Toro Rosso, Force India e Lotus.

Interessante saber que a África do Sul poderá (realmente) voltar ao
calendário da Fórmula 1.

Falando em circuitos, Rodrigo Nunes assina o projeto da pista de Berlim
que irá receber a Fórmula E.

Lembrando que o traçado no qual os carros elétricos andaram em Pequim
no ano passado também saiu da cabeça do arquiteto português.

O piloto Jolyon Palmer disse que, antes de se acertar com a Lotus, foi procurado
pela Manor.

Os primeiros desenhos de cockpit protegido (não fechado!) para a Fórmula 1
causaram risos.

A coisa ficou parecendo um vaso sanitário.

Toto Wolff já reconhece que não está nada fácil  concluir a renovação de Lewis
Hamilton.

Até aqui não há qualquer sinal de patrocínio master na McLaren.

Um nome de peso na carenagem não faria mal a ninguém.

E traria uma cor diferente para os bólidos de Woking.























Por fim.

Quem entende do riscado diz ser quase impossível que um carro que não tenha
motor Mercedes possa vencer uma prova nesta temporada da F1.

Se bem que sempre pode cair uma chuva...


Avulsas












































Fotos soltas relacionadas ao time de Maranello.

De cima para baixo.

As instruções para desenhar o Cavalo Rampante.

A Ferrari 250 GT com a carroceria de Piero Drogo.

E  Alberto Ascari removendo as marcas que o identificavam como rookie
em Indianápolis.

Mais sobre Ascari?

Clique aqui.

domingo, 22 de fevereiro de 2015

Avulsas





































Fotos soltas.

De cima para baixo.

O fotógrafo oficial da Mercedes espiona os segredos da Ferrari.

Enquanto que o emissário da Williams tenta descaradamente entender as
soluções da Red Bull.

Fernando Alonso é atendido na pista após o acidente.

(antes de ser levado de helicóptero para o hospital)

E por fim, a Manor / Marussia foi flagrada na estrada...