sábado, 21 de abril de 2012

Nissan Delta Wing























Bom dia a todos.

Comunicado oficial:

Informamos que o F1 Corradi apoiará de forma incondicional o Nissan Delta Wing
nas 24 horas de Le Mans de 2012.

A direção.

17 comentários:

TW disse...

Batmóvel?

Speeder_76 disse...

Vou estar atento ao Batmóvel, vou. Vai ser intreressante ver a sua performance. Nunca um carro com o numero 0 me intreressou tanto desde os tempos de Damon Hill...

Ike Nodari disse...

No mínimo estranho. Estou curioso para ver a performance nas pistas.

Fernando Rhenius disse...

Pois é meus amigos... Ele vai apenas "correr" em Le Mans, já que não vai marcar pontos pois não se encaixa em nenhum categoria. Nos testes que fez em Sebring com outros protótipos "normais" não fez feio mas aguentar uma corrida longa é outros 500 :)

politicamente_incorreto disse...

Breder, por favor os detalhes...... preciso saber mais sobre esse troço aí e sabe como é né? não mandei assumir o cargo de consultor do blog..... agora guenta nóis!!!!

Rubem Rodriguez Gonzalez

Fabiani C Gargioni #27 disse...

Pode até funcionar,mas que é horrível isto é!!!

RobertoJP disse...

É a coisa mais esquisita - pra não dizer, bizarra - isso de ver um carro assim, que mais se parece com um dragster pilotado pelo Batman do que qualquer outra coisa, correndo em uma pista que não é o de arrancadas... mas vamos acompanhar para ver seu comportamento e, como dizem por aí, 'torce(re)mos juntos'.

Abs., RobertoJP

Marcelonso disse...

Corradi,

Realmente é um treco estranho esse carro. Mas vai que...


abs

Anônimo disse...

Esquisito até pode ser... mas é bem legal!!

Agora... não é original!
Meu irmão teve um desses, lá pelos idos de 1972 ou 1973, na cor vermelha.
E o nome era mais legal ainda: Furacão
Aqui a foto:
http://www.brinquedosraros.com.br/img_520/E_2003911123331.jpg

Quanto às informações, por enquanto nada... assim que eu achar algo, comento por aqui...

um abraço,
Renato Breder

Anônimo disse...

Bom...

Achei algumas 'coisinhas' interessantes sobre o Nissan Delta Wing...
Uma delas, vendo os vídeos dá pra perceber, é o envolvimento de uma certa 'AAR' (All American Racers) com ligação direta a Dan Gurney (que aparece no vídeo do 1o teste em pista).
A 'All American Racers' é a 'construtora' dos chassis Delta Wing, equipados com um motor turbo de 1,6 litros da Nissan...
Interessante, também, é a diferença de largura entre os pneus dianteiros e traseiros...


* 2012 Nissan Delta Wing:
Ao final do texto, há um link para uma bela galeria de fotos do carro.
http://www.topspeed.com/cars/deltawing/2012-nissan-delta-wing-ar126260.html


Aqui, alguns vídeos:
* Lançamento, 13 de março de 2012:
http://www.youtube.com/watch?v=DlLZ3d-X8aY&feature=player_detailpage

* Primeiro teste em pista:
http://www.youtube.com/watch?feature=player_detailpage&v=zs_wnHNbVCA

* 2012 Sebring 12 Horas:
http://www.youtube.com/watch?v=PfY7POwe0bI&feature=player_detailpage


E é bom ressaltar: apesar do capacete e sobrenome iguais, o piloto é o Marino Franchitti... não é o Dario!!


Se não me engano, esse foi um dos projetos apresentados à IRL, junto com o do atual carro da Dallara (DW12) e alguns outros, para a substituição dos carros da categoria...
A Dallara venceu a 'concorrência' e a Delta Wing acabou 'associando-se' à Nissan...


um abraço,
Renato Breder

Fernando Rhenius disse...

Para quem gosta duas ótimas postagens do Bongasat Blog :P

http://bongasat.blogspot.com.br/2012/03/foto-do-dia-deltawing-encontra-trafego.html

http://bongasat.blogspot.com.br/2012/03/nissan-se-junta-ao-deltawing.html

Anônimo disse...

Quem pode falar muito sobre esse carro é o Divila.

Eduardo

politicamente_incorreto disse...

Boa Breder!!!!!! eu também tive um, mas acho que o meu era o tufão, que era irmão gêmeo do furacão. foi em 73 que ganhei um. funcionava com uma roda central motriz e era acionado pelo sistema pinhão e cremalheira. o conjunto girava uma roda extremamente pesada - e provavelmente desbalanceada propositalmente - e o bicho virava um missil. já acertei algumas canelas na infância com esse singelo e inteligente brinquedo.
A difewrença é que o tufão era com o piloto totalmente exposto e o furacão era cockipt fechado, por isso escolhi esse pois o preço era o mesmo. desde cedo gostava mais dos carros com o piloto exposto...

Rubem Rodriguez Gonzalez

RobertoJP disse...

Breder e Rubem,

Só esqueceram de dizer de que um dos principais atrativos desses carrinhos (o Furacão fazia parte de uma série de três carrinhos - o Tufão como citou o Rubem, de cor azul e também de desenho esquisito mas tinha um assento alto e bem atrás, e o Ciclone, dourado e o mais 'normal' deles por ser um esporte-protótipo) eram as faíscas que saíam pela roda, nada mais do que uma singela pedrinha de isqueiro presa a um suporte de borracha atritando na pedra colada à roda. É que eu tive também um Furacão (1977 ou 78, quando a pintura já era metálica em todos os carrinhos) e eu adorava brincar com ele de tardezinha em diante, mas cometi a enorme burrice de fazer isso no asfalto terrivelmente abrasivo da rua de casa mesmo e por esta razão f#&% prematuramente com o pobre do carrinho (o fundo furou, as asas quebraram e por fim ele se partiu ao meio longitudinalmente pelas juntas). Pedi um novo ao meu digníssimo pai de forma insistente mas, além desse pedido ter sido merecidamente recusado, ainda me custou uma inesquecível repreensão verbal que me ecoa até hoje na memória...

Abs.,
RobertoJP, o traumatizado

Anônimo disse...

RUBEM...

eu também tive um Tufão!!
No mesmo natal, meu irmão ganhou o Furacão e eu o Tufão... só que o meu era amarelo e não azul como disse o RobertoJP...

A posição do piloto era na dianteira do carro... algo como 'sentado no nariz do carro' (hehehehe)...

Eram muito interessantes os carrinho, que aliás, tinham apenas 1 roda (devidamente coberta por um pneu de borracha maciça)!

outro abraço,
Renato Breder

politicamente_incorreto disse...

Boas lembranças Breder, esse modelo que nós tinhamos era um "baluarte" da segurança....... o piloto ia na frente do carro usando a cara como para choques... fora as sua "potentissimas" turbinas laterais ( duas ). realmente se o carro existisse era uma corrida e um enterro ( simbólico, pois ninguém iria achar nem os pedaços do piloto)
O legal era o fato de realmente o carro só possuir uma roda pesada e com já disse provavelmente desbalanceada para através da cinética obter o equilibrio na corrida.
Alguns anos depois comprei uma moto com o mesmo principio par ao meu filho mais velho, deve ter sido lá por 1990, mas não me recordo o nome dela e nem se possuia nome, já estavamos entrando na era da indigência consumista e os ícones estavam indo para o saco...

Abaixo uma foto da belezura chamada tufão:

http://1.bp.blogspot.com/_9e5baPks6hw/S2WmF4NOELI/AAAAAAAACzk/CwC7Zkw-qA0/s320/%252Fprodutos%252F8%252F3%252F5%252F9%252F0%252F7%252F1%252Fimg%252F01_brinquedo-antigo-estrela-carro-tufao-anos-70-80-raridade_grande.jpg

Rubem Rodriguez GOnzalez

Anônimo disse...

Uau! Valeu Rubem...

não tinha conseguido uma foto do Tufão... agora tenho...

Continuo achando o meu Tufão amarelo bem mais bonito (hehehehe)...

outro abraço,
Renato Breder