quarta-feira, 6 de junho de 2012

Hipocrisia






























Estatística.

65% dos homicídios estão de alguma forma ligados ao álcool.

Por que então não se proíbe as propagandas de bebidas na televisão como fizeram anos
atrás com as de cigarro?

Ou a ganância não permite?

9 comentários:

Ron Groo disse...

Os lobistas da cachaça são mais eficientes que os do tabaco...

Anônimo disse...

Hipocrisia por hipocrisia, o combustível 'Álcool' foi banido... agora deve ser chamado Etanol. Na Indy usavam Metanol e agora usam Etanol também... 'Meta' ou 'Eta' é tudo álcool, não?

No entanto, cigarro e álcool são 'drogas' mais prejudiciais que muitas outras por aí (eu escrevi MAIS prejudiciais... TODAS são prejudiciais)... os irresponsáveis e inconsequentes podem usá-las livremente e muitas vezes levam consigo quem nada tem a ver com elas...

Educação e Conscientização ainda é o melhor remédio para essa situação...

Quanto aos patrocínios no automobilismo, quanto restariam se fossem levados em conta aspectos morais e éticos, ou o simples bom senso?


Quanto à foto, duas observações:

- sacanearam os 'tifosi' que gostavam de ficar na curva inclinada assistindo a corrida;
- essa Toleman de tão exótica, é bem legal!


um abraço,
Renato Breder

Emerson Pippi - Formula Retrô disse...

Tocou muito bem no assunto Corradi.

Sou da opinião que alcool e cigarro devem ser supertaxados de impostos.

Basta percorrer os hospitais públicos para saber o quanto se gasta no tratamento de acidentes ou ferimentos causados pelo Alcool. Sem contar o número absurdo de famílias destruídas por esse vício.

Além dessas duas causas eu também incluo os acidentes causados por motocicletas. Muitos vão discordar, mas acho que o imposto sobre elas deveria ser maior, pois a maioria dos acidentes acabam no hospital ou no necrotério.

O problema é se os governos dariam retorno à população com essas taxas ou afogariam em uma das cachoeiras nacionais.

Emerson Fernando

marcio jose disse...

vcs estão loucos???

como os políticos vão sobreviver com a população sóbria e sadia?

Ike Nodari #41 disse...

Quem vai bancar o futebol na "plim-plim"?
O assunto é sério e deveria ser tratado da mesma maneira pela sociedade como um um todo.
Conscientização acima de tudo, mas um pouco de mão de ferro não faz mal a ninguém.
Tem muita gente jovem que sai de casa par encher a cara e, pior, acham legal. Abs

politicamente_incorreto disse...

Olha na cadeia de consumo de alcool eu devo esta na rabeira da fila, não consumo bebidas destiladas e bebo cerveja e vinho a uma média que deve dar uma colher de sopa por dia.

Porém sem ser lobbysta da industria do alcool posso dizer solenemente que essa "pesquisa" é a maior furada de todos os tempos, são essas verdades absolutas que são jogadas na rede sem enenhum embasamento técnico ou cientifico por algum ongueiro tipo esses idiotas aproveitadores do "viva rio" e o "sou da paz", um bando de vagabundos que vivem como nababos sem trabalhar e como bons parasitas antenados em um tema específico.

Moro no grande rio - Itaboraí- e posso afirmar que aqui no estado 90% dos homicidios são provocados por drogas em seus vários estágios. Em São Paulo e os fgrandes centros os numeros são identicos, pois o tráfico é o porto seguro de todo criminoso.

De um tempo para cá a sociedade passou a demonizar o alccol e o tabaco - atenção , não sou fumante, tenho nojo de cigarro - e a glamourizar as drogas. São marchas pela maconha e agora está no forno ajóia da coroa, que é a discriminalização do uso e porte de drogas, definitivamente o fundo do poço da sociedade que se esmera em combater o que mal ou bem está regulamentado e depende só de educação e medidas mais coibitivas e reverencia por outro lado algo que em todas as suas etapas , do plantio a venda é fruto de crime.

Só para exemplificar o absurdo que é a discriminalização do uso de drogas para consumo próprio e porte que no caso da regulamentação dessa lei estou estudando a possibilidade de pedira o princípio da equivalencia jurídica e pedir a supressão através de mandado de segurança do Art. 180 do CP que versa sobre receptação, vou comprar uma porsche roubada, mas como vai ser só para uso e consumo próprio não poderei ser enquadrado em crime algum, afinal não estarei auferindo lucro, apenas suprindo o meu vício que é o de andar em carros de 800.000 reais para cima......

Rubem Rodriguez Gonzalez

Anônimo disse...

Breder, essa chicane é aquela que corta a reta que vem depois da curva grande e precede a primeira curva de Lesmo. Não é aquela depois do " viaduto " do relevê não. É aquela parte da pista onde uma camera onboard se soltou e destrui a suspensão dianteira da ferrari do Berger...

Anônimo disse...

A Toleman está entrando na 'Variante della Roggia' e não na 'Variante Ascari'... é isso?

Às vezes me confundo em fotos desses 2 pontos de Monza...

Valeu!

outro abraço,
Renato Breder

Juanh disse...

Hermoso Toleman, es lo que más me gusta de la foto.
Abrazos!