quinta-feira, 29 de novembro de 2012

Hills

























Está no sangue.

Afinal ele é filho e neto de campeões mundiais da Fórmula 1.

Joshua Hill representa a terceira geração da família nas pistas.

É talentoso?

Neste ano competiu na Fórmula Renault 2.0.

Terminou com a terceira colocação na pontuação final.

Apesar de ter sido o piloto com o maior número de vitórias junto com
outra promessa de sua geração o belga Stoffel Vandoorne.

13 comentários:

conversadef1 disse...

Que família essa não?
Espero que o moleque tenha talento para dar prossguimento a tradição

Abs

Unknown disse...

que capacete lindo!

serio, nao entendo o que anda acontecendo! os capacetes ate os anos 80 eram lindos e hj em dia é um monte de rabisco colorido!

Felipe Casas

TW disse...

Com esse histórico na família, a pressão em cima dele deve ser algo absurda.

Vamos ficar de olho. Seria interessante vê-lo um dia seguir os passos de avô e pai.

David Félix disse...

Concordo com o Felipe...

Que merda são os capacetes de hoje em dia... já não da pra identificar os pilotos pelo casco...

Claro que existem exceções como Alonso / Massa / Webber / Hamilton / B Senna

Mas de resto e aquele monte de rabiscos coloridos...

Eu gosto muito do Vettel mas essa história dos capacetes dele já miou...

Ron Groo disse...

Genial o título.
Não vi o pai correr, mas vi o filho.
Não era dos mais arrojados ou velozes ou tenazes.
mas sabia conduzir a maquina.

fernando disse...

putz, o Ron Groo me causou uma cambalhota mental aqui.

vi o avô correndo em interlagos, vi o filho e por acaso tive a chance de ver o neto em brands hatch uma ocasião em 2009, na f-ford - este mandou bem, batalhou muito na prova e terminou creio entre os 5 primeiros, num grid muito grande.
tomara se torne grande piloto.

e re felipe, esse capacete é mesmo belíssimo.

Anônimo disse...

Vou ser repetitivo, mas...

em se tratando de netos, espero que o Joshua Hill não siga o exemplo do Marco Andretti...

E sim! Os capacetes de hoje não mostram quem é o piloto por baixo (ou dentro) deles... ou até mostram, exatamente, que não há nada a ser mostrado daqueles pilotos embaixo (ou dentro) deles...

Gosto muito daqueles capacetes marcantes e mais simples como: Jackie Stewart, Chris Amon, Nelson Piquet, Wilson e Christian Fittipaldi, David Coulthard, Rubens Barrichello e claro de Graham, Damon e - pelo visto - Joshua Hill.

Dos atuais, gosto do capacete do Jenson Button. O do Pedro de la Rosa é outro capacete com desenho bem simples e bonito também...

um abraço,
Renato Breder

André Candreva disse...

mais um sobrenome de peso no automobilismo...

tomara que sua trajetória seja vitoriosa como foi a de seus antecessores...

abs...

Anônimo disse...

E quando chegar na F1, Joshua Hill...

Felipe Maciel disse...

Tomara que tenha o talento do avô!

Tohmé disse...

A foto do Josh é de 2009, quando disputou a FFord 1600 britânica

Jaime disse...

A foto do Damon Hill banhado em óleo é no GP da Austrália de 96, na estreia do Jacques Villeneuve na Williams.

Daniel Machado disse...

Nossa, a familia Hill realmente tem sangue de Campeã.