quarta-feira, 29 de janeiro de 2014

O Medo da Mudança































"Os carros estão horríveis!"

"Que bicos são aqueles?"

"Um pior que o outro!"

As pessoas são estranhas.

Reclamam sempre da mesmice.

Mas detestam a mudança.

As soluções diferentes apresentadas pelas equipes da Fórmula 1 causaram
espanto.

Minha opinião?

Pode até ser feio, mas não é chato!

Adeus monotonia.

Tudo está diferente.

Que bom.

Um pouco de ousadia.

Criatividade.

Pilotos, projetistas e as fornecedoras dos motores trabalhando como nunca.

Pois o prazo é curto para testar e colocar tantas novidades ao mesmo tempo
funcionando de forma harmoniosa.

Haverá erros.

Claro.

E também muito esforço para superar os problemas.

As pequenas escuderias sonham.

Enquanto as tradicionais gigantes perdem o sono.

A temporada promete.

Porque ninguém sabe ainda resolver todas as questões.

Qual projeto será campeão?

Daqui a pouco a turma descobre a resposta e veremos todos os carros iguais
novamente.

Com bicos idênticos ou com pequenas variações sobre o mesmo tema vencedor.

Pois na Fórmula 1 o que dá certo é sempre copiado.

Assim, em breve, toda essa confusão vai acabar.

Os mesmos ganharão outra vez.

E, enfim satisfeitas, as pessoas poderão voltar a dizer que a Fórmula 1 é enfadonha
e previsível...


17 comentários:

Rafael disse...

Perfeito.

fabehr disse...

Bravo!!

tô curtindo isso tudo tb

RenatoS. disse...

Este é o espírito. O que realmente importa é qto. de competitividade teremos no apagar das luzes vermelhas.

Ron Groo disse...

Soltei um texto sobre isto esta semana.
Feio, mas com personalidade. Que é o que o povo mais cobra dos carros considerados "todos iguais".

Alexandre Senges disse...

To contigo. O ano passado os carros pareciam os mesmos somente com pinturas diferentes. Um saco!

lucasmedeco disse...

Perfeito (2)

reclamamos da feiúra é verdade, afinal seria legal ver umas soluções bonitas... mas a melhor parte com certeza é fugir da mesmice, ver a criatividade, e saber quem acertou a mão no projeto. Pelo menos vimos 4 conceitos bem distintos: o bico aspirador de pó (Ferrari e Mercedes) o bico imoral (McLaren, Williams, Toro Rosso, Red Bull, Sauber, Force India, variantes do mesmo conceito) o bico rodo (Caterham) e o bico espeto de churrasco (Lotus) faz tempo que não vimos tantas alternativas, isso é fantástico... como colecionador de miniaturas não é mto bom, mas esse ano promete

Anônimo disse...

Muito bom. . .como sempre!!
E fato curioso, nunca um simples rodo esteve tão em evidência!
Abraço e até. . .
Zé Maria

Anônimo disse...

perfeito (x2)

ótimo post, corradi !! é por isso que entro aqui todos os dias !!!

abraços

@joaodocassino

Anônimo disse...

Concordo. Estou cansado de ler o histerismo das pessoas criticando os carros.

maxwellman disse...

Pena que só os bicos são diferentes. E sim, são feios a maioria. Mas estou achando legal serem diferentes. Como também estou achando legal esses problemas com os motores. A F1 parece voltar no tempo em que os carros quebravam com facilidade. Os engenheiros e equipes detestam, mas o público adora.

Anônimo disse...

Olha a indireta para o Flávio Gomes!! Ele que está sempre falando o quão estranho estão os bicos nesta temporada.

Humberto Corradi disse...

Indireta pro Flavio Gomes??

Que bobagem!

Anônimo disse...

Perfeito comentário Corradi! Eu acho lindo os carros de F1 2008, em especial a BMW, cheio de apêndices aerodinâmicos e balangandãs, mas, a maioria acha horrível, fazer o quê?
Abraços.
Att. CHARLES

Anônimo disse...

Concordo que a diversidade de soluções e aparências (formas e pinturas) dos carros de F1 é sempre bem-vinda.

Além disso há toda a complexidade das novas unidades motrizes - motor + turbo + ERS (K & H).

Há ainda os aspectos de economia de gasolina, durabilidade de componentes....

Em outras palavras, toda essa mudança na F1 é muito boa para todos....

No entanto, os "narizes" dos carros da F1 dessa temporada estão realmente bem feios.... todos precisam de uma intervenção do Pitabguy...

Com exceção da Ferrari e da Mercedes-Benz e um pouco da Red Bull, todas as outras soluções são bem parecidas entre si: o "nariz" do carro vai até um ponto e daí prá lá segue um prolongamento "fálico"... Não sei se isso é efeito de um regulamento bem restritivo ou se há um "briefing" entre os engenheiros das equipes antes dos trabalhos de projeto dos carros começar...

Mas, mesmo apesar da aparente feiúra, por enquanto está muito bom!


um abraço,
Renato Breder

Társio disse...

Corradi,

Eu concordo que o novo sempre assusta, e que impulsiona a evolução. Mas acho que para montadoras "top of mind" em relação a design, luxo e modernidade como Ferrari e Mercedes-Benz deve ser doído criar um carro com um artifício feioso como esses bicos. Provavelmente deve até ir contra os princípios da "missão" da empresa e posicionamento de marca no mercado. Mesmo assim as empresas abrem mão tamanha relevância que a F1 ainda tem. Agora é torcer para a Porsche nos salvar no WEC, pois a Audi já fez a parte dela e o Etron R18 está lindão :D.

Abraço
Társio

Anna Clara disse...

Não conheci a F1 de antigamente, mas gosto muito das mudanças de regulamento que obrigam as equipes a fazer modelos diferentes.

Gostaria que a F1 fosse mais parecida com a Corrida Maluca, rs. Todas as equipes seriam livres para inventarem o que quiserem, seria divertido.

Anselmo Coyote disse...

"Daqui a pouco a turma descobre a resposta e veremos todos os carros iguais
novamente." Só discordo desta parte. Não está errada, mas incompleta. Quando os carros ficarem "iguais" ou mesmo se um único ficar melhor do que o do Newey a FIA dará um jeito, como no caso dos pneus em 2013.
Abs.

PS. Espero não assistir a uma outra temporada em que o vice possa ser considerado campeão.