quinta-feira, 21 de janeiro de 2016

Comments



Comentários e mais comentários.

A bola está com vocês!

Vettel Zero

27 de setembro de 2015 04:06

David Félix Krapp disse...

E normal essa comparação continua entre pilotos. Só é ruim pessoas sem argumento
que não conseguem admitir que um cara 4X campeão do mundo seja um excelente
piloto.

E apesar de ser compreensivo e extremamente chato as comparações com Schumacher.
apesar das "coincidências" os dois são pilotos completamente diferentes. Vejo o Vettel
muito maia próximo do estilo Senna de pilotar. Na Red Bull ele por muitas oportunidades
conseguia a pole nos últimos segundos de treino, sempre soube poupar o equipamento.

E nunca precisou colocar em contrato que o companheiro de equipe tinha que perder:
vencia o cara na pista. Nunca precisou bater em ninguém pra ser campeão.

E de personalidade então o Vettel tá deixando todos os campeões pra trás: sem
egocentrismo, cara simples, tranquilo...

O Futuro de Grosjean

29 de agosto de 2015 11:54

Zé Maria

Respeito seu ponto de vista, Corradi. Mas para mim, é só mais um.

Difícil acreditar que a Ferrari vá ser sua próxima equipe.

Abraço.

Realidade Doce 
(vitória de Hulkenberg em Le Mans)

16 de junho de 2015 10:01

Jeferson Araújo Pereira disse...

Achei completamente ridículo o oba oba que alguns jornalistas esportivos estão
fazendo em relação ao futuro de Nico Hulkenberg na Fórmula 1.

O que acontecerá é bem simples: alguns (não todos) pilotos da Fórmula 1 irão
parabenizá-lo e ...e é só.

Daqui a um mês, ninguém mais tocará no assunto.

16 de junho de 2015 11:33

Eduardo Casola Filho disse...

Eu concordo plenamente que há um oba-oba generalizado em cima do rapaz.
No entanto, o feito dele também não pode ser minimizado, pois ganhar Le Mans
não é pouca coisa.

O que penso em relação ao Hulk é que ele tem o potencial para correr em uma
equipe melhor na F1.

Não o acho genial, mas ele tem talento para guiar por uma equipe grande.

Não será um gênio colecionador de títulos, com toda a certeza. mas pode ser
melhor aproveitado.

Ele não é um super gênio, mas também não é nenhum zé-mané.

Nico em Falta

30 de setembro de 2015 07:51

Rodrigo Vilela disse...

Se o Hamilton fosse tão genial assim, não tomaria pau do Button na McLaren.
Não o acho genial nem mesmo nesta geração atual; Vettel, Alonso e Raikkonen
são melhores; já provaram isso a bordo de STR, Minardi e Sauber.

O problema do Rosberg é justamente esse: falta encarar, bater de frente, fazer
igual o Piquet fez em 1987 com a Williams.

Aliás, seria um baita exemplo: agir como o Piquet e dividir a equipe ou virar um
Barrichello da vida.

Em Suzuka foi uma vergonha. Se ele "tinha que ter ganho", como ele disse ao final
da prova, que jogasse o carro em cima.

Nas mãos dele, a decisão de sua carreira. Inclusive em outra equipe - que eu acho
que ele já deveria ter feito. Mas pra isso, precisa de atitude. Para deixar claro que,
sob outro teto, pode render e chegar ao ápice.

29 de setembro de 2015 11:43

Fidel Miño disse...

Muito bom, cara.

Se o Nico ler teu texto Corradi, quem sabe ele se motiva.

Uma pena que este 2015 seja muito chato.

Ricciardo e a Herança

14 de outubro de 2015 10:02

Diogo Moura disse...

Se ele tivesse os carros que Vettel teve, era tetra campeão também.

E pela forma técnica de pilotar te digo que até com mais facilidade.

Mais Valia
(sobre os salários dos pilotos)

26 de maio de 2015 17:24

Leonardo Oliveira de Souza disse...

Tà louco!

Red Bull + Toro Rosso = Pastor Maldonado

Os energéticos não gastam nada em seus bons pilotos.

Umas Linhas Sobre Felipe Massa

20 de dezembro de 2015 18:59

Renato Santos disse...

Ele era conhecido como Fearless Felipe. O cara que não tem medo.

Ele pilota muito, não estamos falando de uma categoria qualquer, se a
Fórmula 1 não é o padrão, o que é, então?

Está taco a taco com o Bottas, que é muito bom e evolui tão rapidamente
que é lógico haver a participação do Massa nesse desenvolvimento do guri.

Segundo a Claire, Bottas só erra uma coisa uma vez.

Bruno Senna e a Mercedes

9 de setembro de 2015 13:34

Tiago Oliveira disse...

O que ele mais teve no automobilismo foram chances boas, exceto pela Hispania
bomba, sempre em carros muito bons.

Acredito que se não fosse o sobrenome, não teria sido assim...

Um bom piloto, aparentemente um cara muito honesto, mas não é um gênio do
volante.

Piada Sem Graça
(atitudes de Alonso   Button nos treinos do GP Brasil)

16 de novembro de 2015 14:08 

S.A.C disse...

É verdade, eu sendo diretor acionista presidente chefe ou o que for da Honda e
McLaren não ficaria feliz com essas gracinhas não.

O propósito não é divertir e sim vencer. Se não está dando certo, trabalhar pra
colher os frutos e não joga graça pro mundo, é idiota isso, querer passar uma
sensação de bom humor mediante a situação.

Além do que eu não vi graça nenhuma, nem nas atitudes deles e nem nas piadas
na internet.

Sinceramente prefiro pilotos como Kimi Raikonen, que age como piloto, fala como
piloto, e apesar de não ser apaixonado exatamente pela F1 e nem gostar de treinos
e do trabalho chato de acertar o carro é o tipo piloto de Fórmula 1 que gosto.

Quando eu eu quero ver graçolas eu mudo pro canal de humor

Salzburgring (atualizada)

22 de setembro de 2015 08:10

Walter disse...

Coisas inimagináveis...

Impossível!

Imagine se alguém inventasse uma categoria de acesso à F1, com pilotos em
ascensão, junto com pilotos de F1, equipes independentes e equipes de F1.

Essa categoria (impossível de existir) correria em pistas velozes, com curvas
abertas e velozes.

Impossível!

O público chegaria na sexta feira e acamparia até domingo no autódromo,
centenas de milhares de apaixonados.

Pois é: essa categoria impossível era a F2 daqueles anos 70.

Agradecendo ao Corradi pela beleza da foto, tiro o chapéu para o Renato
Breder, pela amplitude e precisão dos comentários.

***
Outro dia eu coloco mais!


11 comentários:

Eduardo Casola Filho disse...

Aê! Fui citado pelo Corradi! Ganhei meu dia!

Tuta Santos disse...

Casola, te entendo perfeitamente!
Renato Tuta Santos

Anônimo disse...

Me sentindo importante por aqui!
Agradecendo pela deferência!
Zé Maria

Tiago disse...

Mas bah! Até meus comentários de m* vieram pra cá.

David Félix Krapp disse...

Eu tb !!! Can't believed !!! Hahahahaha

S.A.C disse...

Muito interessante o anti hamilton postando ali em cima

"Se Hamilton fosse tão genial não tomaria pau do Hamilton"

Onde? Nos seus sonhos? 2 x 1 em temporadas e chegou mais perto do titulo (16 pontos atrás de Vettel 2010) Justifica o unico ano em que ele perdeu para alguem com o mesmo caro é uma bobagem

Segundo a lógica do hater, se Vettel fosse tão bom não tomaria pau de Ricciardo

Nem Kimi de massa

Nem Alonso de um novato.


Da mesma maneira que o sucesso de Vettel incomodou antis, com Lewis é igual.

Renato Santos disse...

Voltei para ver se era verdade mesmo. Grato, Corradi! Abraço aos companheiros de pódio.

Renato (bom nome, credenciado por aqui) Tuta Santos

S.A.C disse...

Raritificando meu comentario "Button"

Jefferson disse...

Muito legal esse espaço Corradi.
Mas qual o critério, melhores comentários ou meus temores se confirmaram?

Gerardo Furtado disse...

Sobre essa questão de quem é melhor que quem, que é irritantemente comum aqui no blog, eu queria fazer um comentário:
Eu torço para o Button. Não me interessa se ele é pior ou melhor que o Alonso, ou o Hamilton, ou o Massa, ou quem quer que seja. Isso não vai mudar o fato de que eu torço para o Button, mesmo que ele não seja o melhor piloto no grid.
Colocando de outra forma: imagine que um camarada torça por um time bem pequeno, digamos o XV de Piracicaba. Daí o XV joga contra o Barcelona ou o Real Madrid. Será que ele acha que o XV é melhor que o Barcelona? Óbvio que não. Mas isso não vai fazer ele torcer para o outro time.
Torcer para alguém não significa achar que aquele alguém é indubitavelmente o melhor.
E, para quem falou de levar um pau do Hamilton, dá uma olhada nesse infográfico que eu fiz e compara o Button com o Hamilton:

http://gf.neocities.org/tm/teammates.html

Abraço.

Diogo Moura disse...

hahaha põe mais Vettel aí!!! Saudades já...