quinta-feira, 29 de março de 2018

Clipping






























Skate.

Design minimalista.

Mais Valia

Lewis Hamilton deve fechar um novo acordo com a Mercedes em breve.

Devemos ver um novo formato, diferente dos últimos, sem premiação por
performance.

O valor fixo deve girar em torno de 45 milhões de euros anuais.

Contrato fechado sem cláusulas de saída.

Menos é Menos

Ano passado a McLaren afirmava possuir em seu carro um dos melhores
desenhos aerodinâmicos da Fórmula 1.

O que estragava era o motor Honda.

OK.

Mas a expectativa de melhora com a mudança para a Renault não se cumpriu.

O time de Fernando Alonso está um mundo atrás da Red Bull que também
utiliza a unidade de força francesa.

A redução no orçamento da equipe de Woking pode ter a ver com o resultado.

Com a saída dos japoneses, ao compararmos com 2017, o investimento em
2018 caiu mais de 200 milhões de euros.

E isso faz toda a diferença.

Só para você ter uma ideia, 200 milhões é quase soma dos orçamentos de Haas
e Force India nesta temporada.

Tenso

A diferença mínima para que um bólido ultrapassasse outro na Austrália era de
mais de um segundo e meio.

Efeitos Colaterais

A Mercedes demonstrou seu poder no qualifying ao alcançar a pole position.

Não só pelo carro, mas também pelo talento de Hamilton.

Entretanto o sofrimento passado ao andar atrás de outro carro chamou
a atenção.

Bottas e Lewis passaram aperto.

O motor aqueceu e a aerodinâmica do carro se perdeu na parede de ar
formada por quem estava a frente.

Largar em primeiro é imprescindível.

Sentimento Ruim

Essa Williams me parece mal nascida (carro).

Tipo uma tragédia.

Vamos esperar as próximas duas provas para uma avaliação melhor.

Aceno

Não sei se muita gente percebeu.

Mas nas poucas voltas com pista livre Ricciardo mostrou a capacidade
da Red Bull.

Tempos respeitáveis durante a corrida ao compararmos com Vettel e
Hamilton.

No mesmo instante.

Congelamento

A Renault acha caro demais e inviável desenvolver duas unidades de
força ao mesmo tempo.

Por isso pede uma solução para os próximos dois anos antes que as novas
regras sejam adotadas.

Bom

Interessante.

Na Austrália todas as máquinas que usavam motor Renault terminaram entre
os dez primeiros colocados.

Quase Tudo em Casa

A escuderia americana Haas confirmou o americano Santino Ferrucci como
piloto de desenvolvimento.

Porém a equipe também contará com o nome da jovem promessa indiana
Arjun Maini até o fim de 2019.

Pilotando na F2 (GP3 ano passado), Maini tem o apoio de sua família para
bancar suas empreitadas no mundo do automobilismo.

A Índia é sempre um mercado a ser considerado.

E os Maini são responsáveis pelo primeiro carro elétrico do país.

Vale dizer que Arjun, de 19 anos, já havia se destacado anos atrás quando
a Force India buscava nomes através de um programa local para pilotos
novatos.

Maserati

Lotado de problemas Bob Fernley (Force India) pediu um adiantamento
financeiro para a Liberty Media.

Para obter o benefício necessitava da unanimidade de apoio das outras
equipes.

A Williams votou não.

Pensando numa conversa antiga.

A Ferrari podia salvar a Force India de seus nós financeiros, não?

Valorizando

Bottas na Ferrari?

Mais que cavucando um lugar na Scuderia Italiana, me parece que
alguém já começou a briga para continuar na Mercedes.

Por Fim

Gina era muito bonita.

Mas acho que Loria vai ficar mais alta.

9 comentários:

Jeferson Araújo Pereira disse...

Devido à falta de grana,acho que existe a possibilidade da Force India fechar as portas até o meio do ano.A $$itua$$ão é bem complicada.

Ainda é cedo para avaliar, mas parece que a Sauber vai terminar o campeonato na frente da Williams.O que será uma grande vergonha.

Jeferson Araújo Pereira disse...

Óbvio ululante,mas precisa ser dito: alguém na Liberty Media precisa se tocar que as câmeras onboard focalizam apenas uma coisa: o halo. Cada tomada é como se fosse um close no halo.

A imagem é tão feia que as câmeras onboard poderiam ser retiradas de todos os carros.Ninguém aguenta ficar vendo uma tira de sandália feita de titânio.

Marques disse...

Mercedes adotando a tática da Red Bull dos tempos áureos.
Teria ganhado a corrida com tranquilidade não fosse o VSC e a burrada da própria equipe. A vitória da Ferrari acabou dando um alento aos que já previam uma lavada (que ainda pode se concretizar, lembre-se).
Quanto ao seu acho/torço no final, penso o contrário, não vai ser dessa vez.

Gabriel O. disse...

Ferrari com atualização antes ou só na Espanha? Dizem que vem algo novo já na China, confere?

Lagerbeer disse...

Brabham bt55 .. o mais lindo f1 de todos os tempos .. mas com uma pessima historia ( elio ..rip ) ... mas pelo menos foi o irmao mais velho do mclaren mp4/4 ..

Fabrizio Salina disse...

Essa Williams...
Ou Stroll manda o papis injetar muita grana para desenvolver o carro, ou que se contente em fechar pelotão.

Claudio Cardoso disse...

A salvação da Williams é colocar o Kubica pra correr e ao mesmo tempo tentar desenvolver o carro durante os treinos. Os dois moloques estão perdidos.

Felipe Silva disse...

Pq a Williams vetou o adiantamento da verba para a Force India?

Marcos José disse...

Acho mais negócio a Geely comprar a Force India e trazer de volta a marca Lotus para a F1, como marketing para as vendas de carros da marca inglesa (dizem que a Geely tem muito dinheiro pra gastar e por isto usaria a categoria para promover a Lotus, já que agora a Geely é dona da marca inglesa comprada da Proton no final de 2017)!! Já que eles (Geely) tem participação na Daimler AG (de 9% de suas ações); poderiam manter os atuais motores Mercedes e (com isto) manterem Ocon e Perez neste início da volta da Lotus. Dizem que a Haas poderia ter o acordo com a Maserati já pra esse ano mas...os americanos por enquanto disseram "NÃO" (mas quem sabe pro futuro...talvez pra 2019-2020)!! Teremos algumas novidades pra 2020 (GP da Holanda...em Assen...talvez substituindo o GP da Grã-Bretanha em 2020, já que o acordo com os ingleses se encerra em 2019...e GP do Vietnã em Hanói... só faltando "assinar" o acordo e o local pro circuito de rua)...e...talvez o dinheiro que faltava para o acordo Cosworth-Aston Martin-McLaren "sair" pra 2021...venha de origem chinesa e tenha um "quarto membro" envolvido para este plano "vingar"...veremos as cenas dos próximos capítulos...