terça-feira, 24 de julho de 2018

Clipping

























Sorte?

Sim.

Mas faça a sua parte para estar no lugar certo.

Ou então o acaso não te beneficiará.

Lewis Hamilton fez sua parte.

E por isso venceu.

Assim como Sebastian Vettel no qualifying.

Quando o time da Estrela de Prata falhou.

Segue o campeonato.

O mais emocionante desde 2012.

Está claro que a Mercedes não tem mais o domínio do motor que
havia nos últimos quatro anos.

A queda do rendimento em relação às últimas temporadas se nota
principalmente durante as corridas.

Tudo por conta da regulamentação que mudou as regras sobre a
queima de óleo.

A Scuderia Italiana igualou o jogo.

As reclamações de Toto Wolff e Cyril Abiteboul (Renault) evidenciam
até um certo desespero.

A coisa se reflete, e fica evidente, ao olharmos a Force India e a Williams.

As dificuldades das clientes mostra que a unidade de força da Mercedes
não é mais absoluta.

Ainda mais que as clientes não podem utilizar o modo "festa" no qualifying.

O equilíbrio também eleva o prejuízo das faltas e falhas.

Um momento bem interessante da Fórmula 1.

Mesmo

Vettel continua grande.

Olhando os críticos.

A chuva cai sobre os mau e bons.

Ricciardo

Daniel Ricciardo ainda está no mercado.

Conversou com a Renault.

Os franceses não quiseram pagar sua pedida salarial.

Há uma tradição aí no time de Viry-Châtillon / Estone que precisa
ser compreendida.

Qual?

De não pagar valores excessivos para seus pilotos.

A Renault trabalha com um orçamento salarial abaixo de 25 milhões
de euros desde sempre para sua dupla titular.

(rompido apenas uma vez, quando Alonso retornou para o time)

Pagar os 20 milhões exigidos por Ricciardo se mostra alto demais para
o padrão.

Ao mesmo tempo o piloto da Red Bull entende uma limitação nos gastos.

Sinal que dificultaria aos franceses alcançarem Mercedes e Ferrari num
futuro próximo.

A pedida do Australiano vem da proposta da McLaren e do salário de
Max Verstappen.

O seu companheiro holandês recebe 12 milhões de euros de forma fixa
mais 8 milhões através de bonificação.

Já a McLaren colocou sobre a mesa os 20 milhões de euros desejados
por Ricciardo na Red Bull.

A turma do energético ofereceu 13,5 milhões de euros mais bônus.

A McLaren não desistiu.

Sei que já encaminharam um aumento na sua proposta inicial que poderia
chegar a algo em torno de 27 milhões de euros anuais fixos.

Tudo para ter o piloto em Woking.

O mercado está vivo.

Por fim

O clima na Hungria.




12 comentários:

Gabriel Pereira disse...

Ainda continuo achando que o conjunto Mercedes é melhor.
Melhor em velocidade pura, tratamento de pneus é outra história
Esse carro da Ferrari ainda não foi páreo para o Prateado em classificações.
Digo isso em relação ao placar.Está 5x5..
A 2° parte do campeonato vai nos revelar muitos entendimentos..
A ver...
Fazendo um paralelo com a temporada de 2015 do Vettel na Ferrari e essa de 2018.
Dá pra ver que o Tião Alemão está sofrendo e muito com a pressão.
Não tem outra explicação.
Alguns erros como esse de Domingo e aquela freiada errada em Baku..
Em 2015 ele foi o melhor piloto da temporada pra mim...correndo sem pressão.Encheu a pratileira de troféus de 3° lugar.Que era a única coisa alcançável aquela altura..
Vou ficar de olho nele.A luta com Lewis, se tudo der certo e para a nossa sorte, será até a última corrida.
Hamilton também acusa o golpe muita das vezes mas nesses jogos de sorte também vejo um empate esse ano.Muita coisa ainda vai acontecer..
Meu palpite é que o Penta vem.
Mas do Inglês...abraço

Társio disse...

Cornetei o Corradi no post anterior e me dei mal kkkk

Ferrari e Mercedes muito próximas. A Ferrari hoje tem um melhor motor que a Mercedes. Ambas tem 2º's pilotos muito regulares que se equivalem, e que dão margem para Vettel e Hamilton fazerem o melhor possível. Falhas acontecem.

Dentro deste cenário, a Ferrari se aproveitou MUITO MAL das falhas da Mercedes nas ultimas 3 provas. Como diabos com a Mercedes zerando na Austria, o Ham largou em ultimo na Inglaterra e em 15º na Alemanha, e ainda assim a Mercedes lidera o mundial de construtores e pilotos?

Hamilton deveria ter sido punido pela trapalhada na entrada dos pits.

E uma pena as ordens de equipe sobre Bottas e Kimi (um campeao mundial e que vem em ótima fase).

A Haas destruiu a corrida do Magnussen ao parar os 2 carros ao mesmo tempo. E com isso deu sobrevida para oGro (há quase 10 anos nos enrolando)...

A Mclaren é uma vergonha, só não maior que a Williams.

Com as mudanças no comando da Ferrari o que deverá mudar?
Ocon na Renault?
Kubica no lugar de Grosjean?
Alonso se aposenta?
Kimi se aposenta?

Ótimo campeonato!
Abç
Tarsio

André Gustavo disse...

Seria Ricciardo o sucessor de Alonso na Mclaren? Ou o time tem dinheiro para bancar uma dupla Alonso/Ricciardo ?

WilliamC disse...

Ferrari era para estar com folga nesse campeonato, com esse carro melhor que o passado, parece faltar alguma coisa na equipe...

Daniel Chagas disse...

Sair da Red Bull para ir para a McLaren? Riccardo seria insano! Dinheiro não é tudo.

Vejo um equilíbrio muito grande entre Mercedes e Ferrari desde o início do ano. Até agora não consigo definir qual é o melhor carro. Há uma disputa de forças que hora pende para um lado ,hora pende para outro, portanto não dá para saber quem vai levar o titulo. Quem errar(equipe/piloto) menos leva.

André Freitas disse...

Infelizmente o que falta a Ferrari se chama Fernando Alonso!

André Freitas disse...

Corradi parabéns pelo blog. Alguma novidade nessa história de Stroll e Force India?

Humberto Corradi disse...

Há uma ação financeira envolvendo as partes.
Mas precisa ser melhor esclarecida.

Valeu

Jeferson Araújo Pereira disse...

Vettel mostrou mais uma vez que é péssimo na "chuva". Aspas para "chuva', pois na verdade, era uma chuvinha bem fraca.E ele saiu da pista no setor do autódromo conhecido como estádio, um dos trechos mais lentos (não lembro se é o trecho mais lento de todo o circuito). Um tetra-campeão não pode jogar fora uma corrida de forma tão amadora.

Arthur disse...

Sim, teve sorte. Mas teria sido muito interessante se não tivesse, pois estava tirando quase 2 segundos por volta.

Ed disse...

Não adianta nada ser o melhor em velocidade pura se não for bom no trato com os pneus.

Fazer os pneus funcionarem é o aspecto mais importante de um carro atualmente.

Vitti disse...

Não sou advogado de ninguém, mas acho fora do tom as críticas ao Vettel.

É claro que ele errou, ele admitiu isso, mas com pneus lisos na chuva, a temperatura cai e a aderência some. Muita gente errou. Até o Alonso saiu da pista, mas numa curva com área de escape. Se tivesse brita, tava fora.

Vettel perdeu a traseira, normal, tentou corrigir dando contra-volante, normal, mas o carro foi pra brita, sem aderência pra voltar ou parar.

Bota a viola no saco e segue pra proxima.