quarta-feira, 8 de agosto de 2018

Clipping






























Caminhos diferentes.

Escolhas.

Faz parte.

Daniel Ricciardo escolheu a Renault.

Coisa que havíamos comentado ser a melhor opção ainda no ano passado.

Um cenário que víamos como inevitável.

Clique aqui para lembrar.

A equipe francesa precisou alterar seu plano original de copiar a trajetória
da Mercedes.

Nico Hulkenberg seria Nico Rosberg.

E Fernando Alonso assumiria o papel de Michael Schumacher.

Não deu certo por várias razões.

Financeiras principalmente.

O orçamento da Renault é algo perto da metade da dupla
Ferrari / Mercedes.

Há um atraso.

Tecnológico.

Chassi e unidade de força.

A meta agora é conquistar pódios com Ricciardo.

Repetindo o caminho de Kimi Raikkonen com a Lotus.

E quem sabe um terceiro lugar no mundial de pilotos ao final
de 2019/20.

Acha pouco?

Os franceses entenderam que não há como enfrentar Ferrari e Mercedes.

Por enquanto.

A Red Bull ficou com um lugar vago ao lado de Max Verstappen.

Eu diria que Carlos Sainz Jr. ocupará tal espaço.

Acho que o time de Milton Keynes quer a dupla mais forte possível em
seus carros principais.

Se Sainz Jr. recusar, e optar pela McLaren (se houver uma oferta...),
por exemplo, eu veria como um erro.

A McLaren pertence a Fernando Alonso.

A quem Chistian Horner disse dispensar para evitar o caos dentro
da Red Bull.

Sainz Jr. ir para uma escuderia que pertence a outro piloto seria enterrar
sua carreira.

Já temos o interessante nome de Pierre Gasly na Toro Rosso.

Ficando assim com um certo equilíbrio de jovens pilotos.

Penso que Helmut Marko e Horner enxergam com bons olhos tal combinação
após o dano causado pela surpreendente (palavras de Horner) saída de Ricciardo.

Interessante.

Estive pensando na McLaren.

Mudo de entendimento.

Talvez Stoffel Vandoorne fique mais uma temporada.

Por três motivos.

Alonso gosta dele.

Alonso é dono da equipe (já disse isso).

E Lando Norris é um inimigo desconhecido.

Na Force India podemos ter um conjunto formado com Lance Stroll
depois do investimento do seu pai e Esteban Ocon por conta da parceria
com a Mercedes.

Sérgio Perez me parece estar dizendo adeus para a Fórmula 1.

Na Williams (precisando de dinheiro) teríamos a chegada de Nikita Mazepin,
que cansou de testar pela Force India.

Dmitry, pai do piloto russo, é um bilionário russo que também está investindo
na carreira do seu rebento.

Assim teríamos uma dupla da Rússia conduzindo os bólidos de Frank.

Falta entender o que será da Scuderia Italiana.

O Tordo me disse que Raikkonen encerrou conversas há tempos com suas
alternativas externas.

Por seu desejo de permanecer ao lado de Sebastian Vettel.

Creio que fica.

A Haas e a Sauber são incógnitas.

Kevin Magnussen e Charles Leclerc não serão dispensados, claro.

Mas Marcus Ericsson e Romain Grosjean ninguém sabe.

Lembrando que estamos apenas tentando entender e não prever as
mudanças na categoria máxima do automobilismo.

Pois não devemos especular.

Principalmente sobre o futuro!

15 comentários:

Daniel Chagas disse...

Daniel fez a escolha certa pois ele só tinha a perder se ficasse na Red Bull ( preferência por Max). E ir para a McLaren, convenhamos, seria um ato cretino. E outra, será que não chegou a hora de Alonso repensar sua vida? O que ele espera da porcaria da Mclaren? Quem sabe não temos outra decisão surpreendente chegando por aí...

Gustavo Siqueira disse...


Tiro o meu chapéu para o Ricciardo. Tomou uma decisão que não é fácil. Só o futuro dirá se ele acertou ou não. Esperamos que sim.

Creio que Perez poderá ficar na Force India ou ir para a Haas. Quem sabe Toto Wolff não coloca Ocon ou Russell na Williams?!

Será que Verstappen e Sainz trabalhariam bem juntos?

Gosto muito do Gasly, mas creio que uma ir para a Red Bull ano que vem seja uma decisão muito precipitada.

Quase ninguém falou nele, mas creio que a Red Bull poderia apostar na experiência de Räikkönen pra 2019 (ou até 2020). Embora já seja quase um 40ão, não cria problemas, marca pontos com bastante freqüência e poderia ajudar no desenvolvimento do motor Honda.

Minazy disse...

Creio que o Hulkenberg seja dispensado e o Sainz seja mantido com o Ricciardo.
Leclerc assume na Haas por ordem da Ferrari e Perez deve ir para a Sauber.

Humberto Corradi disse...

Hulkenberg fará dupla com Ricciardo na Renault em 2019.

Valeu

Vinicius Sena disse...

meu palpite para 2019
lewis e bottas
vettel e kimi
max e sainz
daniel e hulk
k-mag e leclerc
alonso e stoffel
stroll e ocon
gasly e perez
grosjean e ericsson
nikita e sirotkin

Marcos José disse...

Tirando Mercedes e Renault, acho que teremos o seguinte:
Ferrari :Vettel e Leclerc.
Red Bull :Verstappen e Sainz Jr.
"Stroll" :Stroll e Alonso/Ocon.
McLaren :Vandoorne e Alonso/Norris.
Haas :Raikkonen e Magnussen.
Toro Rosso :Gasly e Tiktum.
Sauber :Giovinazzi e Ericsson.
Williams :Perez/Mazepin e Ocon/Sirotkin.

Francisco Wherther disse...

É bem a cara da Williams contratar o Mazepin. Ainda mais agora que mais do que nunca está precisando de grana.

Kelvis Kelvin disse...


Mercedes: Hamilton e Bottas
Ferrari: Vettel e Raikkonen
Red Bull: Verstappen e Sainz Jr.
Renault: Ricciardo e Hulkenberg
Force Stroll: Stroll e Perez/Ocon
Haas: Magnussen e Grosjean/Perez
Mclaren: Alonso e Vandoorne
Toro Rosso: Gasly e Norris
Sauber: Leclerc e Erikson
Williams: Sirotkin e Ocon/Dinheiro/Kubica

Jeferson Araújo Pereira disse...

Insistir com a Williams, em 2018, pra mim é muita burrice, é dar murro em ponta de faca.Entendo que não dá para esperar 2019.Acho que Lance Stroll deveria pilotar pela Force India (que ainda não sabemos se será rebatizada como Stroll) já na próxima corrida. Deixando bem claro que Lance é um piloto mediano.

Alonso: a Indy... não sei não...

Todo ano, aqui nesse blog, eu digo que o Kimi tem que se aposentar...

Anônimo disse...

Ferrari-Vettel e Raikkonen/Mercedes-Lewis e Bottas/Rbr-Max e Carlos Jr/Renault-Ricciardo e Hulkenberg/Haas-Lerclerc e Magnussen/Force Strool's- Strool e Ocon/Mclaren-Alonso e Perez/Str-Gaslyn e Lando Norris (empréstimo da Mclaren)/Sauber-Giovanazzi e ERicsson e Williams- Grosjean é mais um russo endieirado

David Félix Krapp disse...

Acho que será assim

Hamilton - Bottas
Vettel - Sainz Jr
Verstappinho - Raikkonen
Ricciardo - Hulk
Perez - Magnussen
Alonso - Vandoorne/Norris
Ocon - Stroll
Gasly - Norris/Vandoorne
LeClerc - Giovinazzi/Grosjean
Sirotkin - Russell/Mazepin/Grosjean

Ednardo Vilela disse...

O ideal seria Leclerc fazer um ano na Haas antes de ir pra Ferrari. Porém a Sauber Alfa pode até se revelar uma escolha melhor pois aparentemente conta com mais apoio dos italianos do que a propria Haas.
Raikkonen pode estar fazendo hora extra mas nao está dando motivos para sair esse ano.

Será dificil, mas Ricciardo e a Renault deveriam se focar em derrotar a Red Bull e Cristian Horn em 2019. Teria um sabor especial faze eles engolirem tudo o que disseram da montadora e do piloto agora que decidiu sair.

Weber disse...

Uma Williams toda russa poderia ter patrocínio de uma fabricante de vodka no lugar da Martini!

Anônimo disse...

Todas estas hipóteses precisam ser reformuladas. Alonso pediu a conta, as vagas da Mclaren se tornam uma grande incógnita.

LK

JOSE COUTINHO disse...

Errou em TUDO.

Alonso vai sair
Kimi também