sexta-feira, 20 de abril de 2012

Salem



























Bom dia a todos.

Já fiz uma série sobre a história das pistas americanas de madeira.

Os Motordromes do início do Século XX.

Até leões correram nessas arenas.

A imagem acima mostra o Rockingham Speedway em outubro de 1928.

Os carros chegavam a atingir 200 km/h nessa coisa.

As partes escuras na foto não são apenas manchas.

Revelam onde a pista estava cedendo.

Poucos meses depois, em 1929, o circuito foi interditado e demolido.

A madeira estava completamente apodrecida.

4 comentários:

Carlos Gil disse...

Tempos da gloriosa loucura dos pioneiros da velocidade motorizada.
O nosso cérebro e os nossos sentidos, formatados pelo contexto em que se desenvolveram, têm dificuldade em entender como era possível aceitar voluntáriamente os riscos que estes "racers" enfrentavam.
Os pioneiros sempre têm alguma dose de loucura, por vezes ingénua, mas sem ela ninguém se arriscaria no desconhecido.
Brava gente que viveu a vida no limite, sempre procurando alcançar para além dele, e por vezes o conseguiram.

CG

Caíque Pereira. disse...

Coisa de LOUCO!!!

Ron Groo disse...

Ual... Ai sim era coisa pra gente de coragem.

Fabiani C Gargioni #27 disse...

Muuuuito legal!!!