sábado, 29 de setembro de 2018

Lucrando
























Fotos avulsas da Era dos Motordromes.

Quando os Estados Unidos foram tomados por board tracks no início do século
passado.

Não é fácil encontrar material sobre o assunto.

Até porque as pistas, por serem de madeira, foram todas destruídas.

Quando aparece, é um recorte de jornal, uma notinha ou um resultado de corrida.

Outro dia estava pesquisando sobre as pistas de Chicago.

Sei que eram duas.

Riverview Park de 1911 e Park Speedway de 1915.

Pistas que chegavam a receber até 10.000 pessoas em dias de corrida.

Claro que aconteciam muitos acidentes.

A falta de segurança aliada a alta velocidade é uma receita fatal.

Em Riverview os pilotos chegavam a decolar.

Acabavam no rio ao lado do circuito.

Houve uma época que as autoridades locais resolveram contratar oficialmente o  
vigia do autódromo para recolher os corpos caso isso acontecesse.

O sujeito ganhava 25 dólares por cada retirada macabra.

Serviço extra que ajudava a completar seu salário.

E sempre havia trabalho por fazer.

Uma reportagem da época diz que ele chegava a receber até 75 dólares.
 
Por semana.

21 comentários:

Marcio Gil disse...

Isso sim, corrida pra cabra macho!

TW disse...

Os Motordromes eram realmente uma loucura!

Cardozo disse...

Eca!

Ze Maria disse...

Depois que a Ferrari começou a tomar pau o Corradi nunca mais falou de F1...��

Anônimo disse...

Olá Corradi! Quando teremos novamente notícias da F1? Quase 2 meses desde o último comentário da presente temporada. Porque o desinteresse?

João aka.. João disse...

Porquê o desinteresse? ;)

Ednardo Vilela disse...

O desinteresse é porque o penta que vem é o penta errado ora.

Danilo Candido da Silva disse...

Pelo visto, infelizmente mais um bom blog sobre F1 que morre, juntando-se ao Bandeira Verde e F1 Nostalgia. Triste.

Heitor Race disse...

Perdeu a fonte????

Heitor Race disse...

Perdeu a fonte?

Jefferson disse...

A resposta seria um outro post antigo: "vettel zero".
Concordo que essa pegaçao no pé que fazemos com o nosso blogueiro não é nada agradável para ele.
Mas tambem acredito que talvez falte um pouco de espírito esportivo.
Funciona meio que como no futebol. Quem perde é sempre zoado.
Não me parece fazer sentido apelar com isso.

S.A.C disse...

Estamos ansiosos para suas análises sobre o mito Sebastian Vettel e sobre o que a imprensa italiana fala sobre o piloto que ja foi comparado a senna

Társio disse...

Quero acreditar que não seja a falta de espirito esportivo do nosso amigo Corradi e que esteja tudo bem para o lado dele. Torço para ser apenas falta de tempo.

Ano que vem pela primeira vez o Vettel terá um teammate talentoso. Vamos ver como se sai... Pois que ele não era melhor que o Hamilton, isso a gente já sabia. :P

Abraços
Tarsio

Anônimo disse...

A derrocada vermelha deve ter te deixado chateado,mas siga em frente!
Cleuber

Daniel Chagas disse...

Corradi!!! Por favor nao acabe com esse blog, cadê os clippins? As notícias e comentários sobre a F1 atual? Acho que devia fazer um canal no YouTube se for o caso mas nao deixe de se espressar. A F1 no Brasil já está moribunda, só falta mesmo esse blog desaparecer. Abraços

Ednardo Vilela disse...

http://f1corradi.blogspot.com/2013/10/fora-do-padrao.html

Faz todo o sentido do mundo Corradi sumir do mapa.
Elevou Vetell a um nível tão absurdo, quase celestial, que agora tudo volta com força na cara dele. Merecidamente alias.

Talvez até já tenha outro blog com outro nome e ninguém esteja sabendo ainda.

Fidel Miño disse...

Volta Corradi! Os ferraristas desiludidos como eu também querem ler você.

Rogério disse...

Bom dia Corradi! Aguardando seu retorno, abraços!

Vinicius Fluminense disse...

Infelizmente o blog morreu devido ao Hamilton ser muito melhor que o Vettel, tanto na direção como no psicológico!!!
Uma pena, pois gostava bastante das notícias e curiosidades postadas aqui!!!
Vida que segue, vamos migrar pra outro blog: "Há vida fora da caverna!!!"

Rodrigo Keke disse...

O Corradi desanimou legal do blog, o que é uma grande perda para todos nós. Agora, se o blogueiro permite, o timing do desânimo dele foi muito preciso com a desandada geral de Vettel/Ferrari. Não seria dar razão aos críticos?

Mas não sabemos da sua vida, portanto não podemos criticar e/ou reclamar, só lamentar.

Unknown disse...

Não tem mais o blog?