quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

Pule de 10























Quase um palpite.

Até porque dependerá de vários fatores.

Acho que Jenson Button será o maior candidato para quebrar a hegemonia
de Sebastian Vettel na próxima temporada.

Explico.

Sem a sombra de Lewis Hamilton ele poderá sobressair.

Assim como na Brawn.

Será o dono de sua equipe em 2013.

E isso deverá fazer toda a diferença.

É um piloto muito regular.

Uma qualidade importante.

Regularidade que deu o terceiro lugar para Kimi Raikkonen ao final da temporada
passada.

Lembra?

Jenson está amadurecido.

Não costuma deixar passar as boas oportunidades.

Basta a McLaren entregar um carro competitivo.

Sendo assim, ele poderá fazer a sua parte.

Quem visita o Blog há mais tempo sabe.

Não gosto dele.

Prefiro os mais intrépidos.

Mas não posso negar que sua estratégia costuma ser forte e vencedora.

2013 promete ser uma temporada tão acirrada quanto a de 2012.

Difícil.

Ótima para um piloto que erra pouco.

Entre os altos e baixos dos outros, o gráfico sereno de Button poderá lhe trazer
seu segundo título na Fórmula 1.

9 comentários:

fernando disse...


esse post me fez lembrar de Graham Hill - superconsistente, 'não-intrépido', bicampeão mundial, inglês, sereno com o dom de concentração extraordinária.

Anônimo disse...

Grande Corradi!

Respeito a tua opinião! Mas o Button é um grande piloto que fez muitas escolhas erradas em sua carreira que já é "velha". Concordo contigo com o cenário proposto, mas "discordo" que ele é "inóspito". Feliz 2013 e muito obrigado pelos teus posts!!!

Alan

TW disse...

Tudo dependerá se a McLaren conseguir um carro competitivo e se Newey não encontrar outra solução de gênio.

Não gosto de palpitar muito antes, mas ainda penso que o ano será do quarto caneco de Vettel.

Danilo Candido disse...

Fugindo um pouco do tema, essa (maravilhosa) foto do post é em Bathurst, Mount Panorama:

http://www.ausmotive.com/F1/2011/Vodafone-driver-swap-Bathurst-02.jpg

Um abraço,
Danilo Candido.

Jobson disse...

Corradi,

Apesar de muito subestimado, não seria nenhuma surpresa Jenson Button conseguir o segundo título.

É uma bela aposta!

Abraço!

Anônimo disse...

Button foi o melhor piloto de 2011 e botou o Luis no papo...

Fez 2 corridas históricas em 2011 como a que por mais de uma vez ficou em ultimo colocado longe do penultimo e venceu a prova...

Rodrigo Felix disse...

Confesso que passei a acreditar nele agora. Corradi tem razão: ele será absoluto na McLaren, pois Perez seguramente estará em período de aprendizado.

Carlos Del Valle / Podcast F1 Brasil disse...

Ainda mais se economizarem a grana do salário do Hamilton, usando-a para desenvolvimento do carro, pode ser uma boa aposta mesmo. Os custos estão fora de controle, a Red Bull tem enfiado o pé na jaca, quem quiser enfrentá-los tem que ter café no bule. A Ferrari tem grana mas é italiana (rsrsrs). E a McLaren já tem mais a Mercedes por trás, então pode ser que seja uma boa não ter dois campeões.

Ituano Voador disse...

Interessante esse ponto de vista, Corradi. Essa temporada será a mais especial para o Button, por conta das possibilidades que lhe serão fornecidas, sendo o nº 1 absoluto da McLaren.
Mas ainda penso que, para Button ser um efetivo candidato ao título, a McLaren precisa oferecer um carro superior aos demais, como aconteceu com a Brawn.
De qualquer modo, esse ano promete!
Abs.