segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Ele quer!


























Talvez uma ou duas coisas que você não saiba sobre essa história de Kimi Raikkonen
com a Ferrari.

Existe um interesse real.

Isso desde o ano passado.

Alguns consideraram absurdo quando o Blog comentou sobre a questão naquela época.

O primeiro a falar sobre o assunto.

Clique aqui para lembrar.

Só que o desejo partiu do lado de Raikkonen.

E continua assim.

Algumas semanas atrás Stefano Domenicalli foi procurado pelo próprio piloto.

Nos bastidores Steve Robertson, defensor dos interesses do ex-campeão, tratou de tentar
novamente construir uma ponte com a Scuderia Italiana.

Fez elogios ao time vermelho.

A equipe então perguntou a opinião de Fernando Alonso.

O espanhol deu de ombros.

Tanto faz.

Assim como Sebastian Vettel na Red Bull ao ser questionado sobre o mesmo.

Dois mentirosos?

Deixa pra lá...

A possibilidade da grana da Ferrari pesou, claro.

O empresário pensa no dinheiro.

É a função dele.

A Red Bull me parece ter estado no páreo por conta de já ter existido uma relação
no Rally.

Mas não deu em nada.

Na Ferrari o problema maior é que Luca di Montezemolo não faz questão do
finlandês.

Ponto.

Não, vírgula.

Montezemolo pode mudar de ideia.

Quem sabe?

Depende muito de Spa-Francorchamps.

E de Felipe Massa.

O brasileiro precisa mostrar que ainda pode ser útil dentro da Casa de Maranello.

8 comentários:

Rafael Vieira disse...

Agora foi Eddie Jordan colocando Kimi na Ferrari, mas ai fica a pergunta, quem sai? Seria mesmo Massa na rua, ou talvez batendo na porta da Lotus? particularmente acho que seria ótimo, ou Alonso vai mesmo para Lotus? Essa do Alonso na Lotus já fez alguns gargalharem, mas já vimos Hamilton partir da McLaren tb, então tudo pode acontecer.

TW disse...

Ainda que mostre um bom desempenho, creio que será o último ano de Massa, enfim, na Ferrari.

Daian Dienstbach disse...

Na procura por outras fontes de informação de F1, descobri esse blog agora mesmo. Gostei. Já vou colocar nos favoritos e espero continuar lendo sempre, pois a imprensa brasileira de F1 está cada vez mais fraca.

harerton disse...

Alonso andou criticando a Ferrari...
Prost fez isso uma vez...

Cardozo disse...

Enigmático o final de seu texto.

Viagem minha, mas quem está com o acento ameaçado na Ferrari não é bem Felipe Massa...

Quem sabe?

Cardozo disse...

Na verdade, o meu "assento" é que rodou... hehe!

juniorcaixote disse...

Harerton:

Penso que a situação do Alonso não dá pra ser comparada ao Prost, porque este não levou dinheiro pra Ferrari, ao contrário do Alonso, que leva as doletas do banquinho de "merda".

Legend Formula One disse...

Acho que Alonso na Lotus é bem possível, a Lotus é a Renault antiga, ambiente que o próprio Alonso conhece, a excessão de Eric Bouiller, na Ferrari talvez os dois pilotos sejam trocados, quem sabe Kimi e Hulkenberg.Bianchi ainda tem que amadurecer mais, Sirotkin certo na Sauber, sai o capital mexicano entra o russo, Felipe pode parar lá, onde começou na F1.Vide Frentzen que começou na equipe suíça, passou por Williams, Jordan, Prost e Arrows e terminou a carreira na Sauber..É de se pensar!
Abraços
Fábio Mandrake