terça-feira, 8 de abril de 2014

Rascunho ainda no Deserto.













































Não sabia?

Desde a década de 80 a Fórmula 1 tem seus namoricos com os
Emirados Árabes.

E por falar nisso, a turma não foi embora do Bahrein.

As equipes continuam por lá testando.

De interessante?

Hoje a Mercedes fez o melhor tempo com Nico Rosberg no comando da
máquina.

Nico que dizem ser o favorito da equipe alemã.

Por que?

Tipo assim: se formos campeões com o filho de Keke o mérito será do carro
(bom para os negócios), mas se Lewis conquistar seu bicampeonato falarão
do talento.

Pode ser.

Não será algo inédito.

Tempos atrás na McLaren, Ron Dennis fez de tudo para Prost ser campeão
de modo que o time levasse as glórias, no entanto havia Nick Lauda...

Quem também andou nos testes foi o piloto russo Sergey Sirotkin.

O objetivo é receber a carteirinha de superhipermegapiloto visando uma vaga
em 2015 na Fórmula 1.

O Tordo me deixou uma mensagem.

"Um amigo Tsuru (um pássaro japonês) me fez uma confidência.

A Honda poderá pousar em outra escuderia, além da McLaren, na próxima
temporada."

Valtteri Bottas, Daniel Ricciardo, Kimi Raikkonen, Nico Rosberg e a dupla
da Force India.

Olhando a relação acima fico com uma pergunta na cabeça.

Onde estão os segundos pilotos?

Com tantas brigas abertas os times parecem mesmo estar priorizando como
nunca o Mundial de Construtores.

E a atitude dos que deveriam, pela lógica, estar em segundo plano mostra uma
mudança no pensamento do grid.

Não há mais bobos.

Parece que todos perceberam que ser apenas subserviente não gera frutos.

O caso Bottas é exemplar.

Ao ver Felipe Nasr ocupar seu carro nos treinos livres, ele já descobriu qual
será o seu futuro dentro da Williams.

E quer mudar isso.

O pensamento é simples.

Se ao final desta temporada ele estiver com mais pontos que Felipe Massa, deixará
o pessoal de Grove com um pepino para resolver.

Por fim, uma constatação.

A alegre Sociedade Secreta dos Segundos Pilotos (clique aqui) pode acabar ficando
sem a entrada novos sócios em 2014.


12 comentários:

Marques disse...

É impressionante...

Paulo Alexandre Teixeira disse...

A acontecer uma segunda equipa, seria interessante que fosse uma das nanicas. Como a Caterham terminou a aliança com a Renault, seria do seu interesse andar à procura de alternativas, para manter fluir o dinheiro do Tony Fernandes. E têm um japonês na equipa, não é?

Jaime disse...

"Por que o carro dele ganha e o meu sempre quebra?" (Verstappen, 1994)

Abraços.

Anônimo disse...

Pois é Corradi, e só quem não se ligava nisso eram Massa e Barrichello, e só pensavam em $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$

Quem sabe, de um desses(fora o Kimi) não sai um próximo campeão?

Eu gostaria muito de que fosse o Hulk, pois o piá é fera!!

Abraço!

Mauro Santana
Curitiba-PR

RenatoS. disse...

Red Bull/Honda, legal! Haha...olha eu me afobando.

Corradi,

o Rodrigo Mattar escreveu uma coluna interessante no site Grande Prêmio, falando dos planos de Toto para Bottas junto à Mercedes à partir de 2016 e da ruptura política que já existe a tempos dentro da Williams (provocada pelo próprio Toto), parte pendendo para o lado do finlandês, parte para o lado de Massa.

Vale a lida.

Abs.

Ron Groo disse...

Será que não pesa também o Nico ser alemão?

João disse...

Sim, a Mercedes prefere tanto o Nico que paga um balúrdio ao Hamilton..

Ou a McLaren tinha o seu favorito em Senna porque se ele ganhasse era da equipa.. Ou o Schumacher é a Ferrari, eles sabiam que se o Barrichello ganhasse o título seria atribuído ao talento puro..

Juliana Amaral disse...

Perguntar não ofende: é o kimi na foto?
Obrigada!

Humberto Corradi disse...

Juliana Amaral

Michael Schumacher passando na pista e Jos Verstappen se lamentando na mureta.

Valeu

Juliana Amaral disse...

Obrigada,

agora que observei o macacão ;-)

TheEltonToptec disse...

Duas coisas nada a ver:

A mídia inglesa divulgou ontem que a McLaren não possui um contrato de exclusividade com a Honda e que a marca japonesa deverá ter pelo menos um segundo cliente.

A Honda por sua vez vai estabelecer sua fábrica das unidades de potência na Inglaterra em Milton Keynes.

Teremos mesmo então vinte e seis carros no grid em 2015? E cinco fornecedores de motor?

Anônimo disse...

Interessante ver patrocinadores concorrentes para o mesmo evento;
Gulf Air/Cathay Pacific,Honda/Aston Martin.
O grupo Al Futtaim continua com Honda,Toyota,shoppings e outras mais de 400 empresas.
O grupo AbdelWahab Galadari, que era Ford/Mazda + vários outros, caiu em desgraça alguns anos depois por desobedecer normas bancarias locais.
Esse emirado sempre foi vanguardista.