quarta-feira, 27 de agosto de 2014

Monza




























Beleza italiana.

10 comentários:

Blog do Júlio disse...

Eu fico me perguntando: será que não dá mesmo pra ter corrida nessas curvas inclinadas?

Com a tecnologia que existe hoje em relação a impactos, deve ser possível.

Eu acho que seria a corrida mais legal do universo, se fosse realizada.

O jeito é torcer para a Red Bull comprar o autódromo. Se fosse deles, garanto que tinha corrida ali!

Anônimo disse...

Júlio, que bom seria, mas esse oval é muito curto e com os F1 de hoje, essas curvas seriam contornadas a velocidades absurdas. Até aí tudo bem, mas pense numa escapada. Não há muro de contenção e pelo fato de a borda da pista ser suspensa, ao escapar o carro irá cair do lado de fora a uma altura de uns 4 ou 5 metros. Não vai dar coisa boa.
Isso serve para termos noção de quanta coragem os pilotos daquela época tinham, pois corriam em máquinas bastante potentes, atingiam 300km/h nestes trechos e não tinham nem cinto de segurança. Eram heróis mesmo! Diria até que beirando a insanidade.
Também ouvi falar em uma reforma no antigo traçado de Monza, torço muito para que seja verdade porém desconfio. Pelos motivos que citei acima não há condições para a realização de uma corrida em tal traçado talvez ficando mais para desfiles de carros históricos. O que não deixa margem para o investimento se pagar. Infelizmente. Mas tomara que eu esteja errado.
Agora você citou uma coisa que também desejo: Que o Dietrich Mateschitz ganhe muita grana pra salvar mais templos do automobilismo mundo afora da demolição. Como ele fez com o RedBullRing que a propósito ficou lindo. O cara parece gostar do esporte muito mais que muito magnata longamente ligado à F1 como Bernie Eclestone que só pensa em cifras e mais nada.

Show suas fotos Corradi!

Danilo Cintra

Társio disse...

Belíssima!

Ron Groo disse...

Coisamaislindadomundo!

E a quantas anda a história da recuperação?

Anônimo disse...

Quando o Corradi deu a dica posts atrás que estavam revivendo o oval de Monza, a primeira coisa que fiz foi pesquisar.

Achei isso:

http://i.imgur.com/PC132eD.jpg

http://monzarace.tv/it/urcCzUY/Autodromo/la-sopraelevata-torna-nuova-il-mitico-banking-di-monza-si-rifa-il-trucco

Filipe Catarino

Al Unser Jr. disse...

Danilo, pelo que pesquisei uma vez, curto não é, são 4km de extensão.

juniorcaixote disse...

Post perfeito do colega Danilo Cintra.

Blog do Júlio disse...

Danilo, é claro que não dá pra correr do jeito que está. Quando disse que achava que dava para correr, obviamente seria com alguma reforma.

Os pontos que você citou são importantes, sem dúvida. Mas, como eu disse, a tecnologia de impactos melhorou demais em todos estes anos. Agora existem aqueles muros flexíveis que absorvem grande parte do impacto. Obviamente, este tipo de proteção teria que ser instalada para permitir corrida ali.

E o circuito, claro, não seria só o oval, mas aquele antigão, que mesclava os dois. Aí sim, eu veria vantagem!

E as corridas nem precisariam ser de F1. Se fosse corrida de kart, ia ser a mais legal do universo de qualquer jeito. Esse é um dos casos raros em que o palco é mais importante que os atores.

Arthur disse...

Pessoal,

Já escrevi no post anterior sobre Monza e sua reforma.

A reforma é apenas de efeito visual. Está tudo sendo feito a mão, como antigamente.

É apenas para deixar a pista como estava em 1969, apenas isso.

Corridas lá no oval, somente após alguns bons milhões de Euros em uma verdadeira reforma.


abraço,
Arthur

Juanh disse...

Amo el banking de Monza!
Abrazos!