sábado, 29 de agosto de 2015

O Futuro de Grosjean
























Em meio a tanta movimentação de mercado algo quase ia passando
despercebido.

Mas o Tordo me alertou.

Romain Grosjean.

Aquele mesmo que era chamado de louco.

Mas que em 2012 alguém o defendeu contra tudo e todos

O piloto franco-suíço no meio do furacão Lotus-Renault é figurinha fácil
no (novo) time em 2016.

Ainda mais se lembrarmos que ele é apoiado pela petrolífera francesa Total.

Diga-se de passagem a próxima temporada será o último ano de seu contrato
de três anos (15 milhões de euros).

E depois?

Ah, sim.

O pequeno pássaro italiano respondeu essa questão.

Justamente ele que me confidenciou que Raikkonen se encaminhava para
a Ferrari em 2012, quando tudo ainda indicava ser impossível tal coisa.

Clique aqui para lembrar.

Pois bem.

Romain Grosjean poderia ter ido para McLaren após Eric Boullier ter se
mudado para lá.

Porém o já citado acordo de patrocínio o vinculou a Lotus.

Mais.

Grosjean tem a carreira gerenciada pela Gravity.

Uma empresa do grupo Genii Capital, atual dona da Lotus.

Tudo isso dificultou qualquer tratativa.

O piloto que se acostumou a colecionar conquistas ao escalar as categorias
de base, inclusive ao unificar o títulos da GP2/GP2 Asia em 2011, teria que
esperar outra oportunidade para estar numa equipe top.

Todavia como ele mesmo gosta de dizer "a paciência é uma virtude."

E seu momento chegou.

Grosjean é o escolhido da Scuderia Italiana.

(Bottas e suas dores nas costas...)

Pensando bem, tudo faz sentido.

Ele já trabalhou na Lotus com James Allison (atual projetista) e com Kimi
Raikkonen (de quem herdará o lugar).

Não é um estranho.

Ano que vem ele completará 30 anos.

Mais experiente, poderá ser o companheiro (acumulador de pontos) ideal
para a Ferrari e Sebastian Vettel.

Nada mau.

Romain Grosjean já passou por muita coisa.

Persistente, acho que merece o prêmio!


5 comentários:

cesar disse...

Precisa deixar de ser maluco...melhor, mas pra estar numa Ferrari creio não ser suficiente.

Anônimo disse...

Respeito seu ponto de vista, Corradi.
Mas para mim, é só mais um.
Difícil acreditar que a Ferrari vá ser sua próxima equipe.
Abraço.
Zé Maria

Marcos José disse...

Sair de um lugar onde seria o centro das atenções (e o protagonista principal) na Renault, para ir e ser tratado como mais um simples serviçal como será na Ferrari? Só sendo louco mesmo...

maxwellman disse...

Se ele sair, ficará uma vaga bastante atrativa no mercado de pilotos, ainda mais com a aquisição da Renault. Talvez Button ou Hulk possam ir para lá.

David Félix Krapp disse...

Olha Corradi eu sei que voce gosta do cara... mas pra mim e como o ze maria disse... so mais um... assim como o Bottas... enquanto um esta na F1 graças a um gordo patrocinio o outro esta graças a ser apadrinhado pelo Toto... e ambos tem muuuuito a provar ainda...

Se acontecer vai ser imerecido tendo pilotos como Hulkenberg e Ricciardo sendo preteridos...