quarta-feira, 18 de maio de 2016

Rascunho da Volta


























Estávamos viajando.

No mundo real.

Por isso o virtual (Blog) ficou mais parado do que de costume.

A falha (amadora) na configuração do motor de Nico Rosberg e a atitude
afoita de Lewis Hamilton foram os motivos da Mercedes se retirar do GP
de Barcelona.

Após 62 corridas consecutivas entre o dez primeiros, o time alemão não
marcou nenhum ponto.

Pior para Hamilton que continuou muito atrás de seu companheiro.

Rosberg realiza uma campanha espetacular.

Dentro e fora das pistas.

Muito agressivo em ambas as frentes.

Nas provas todos podem acompanhar pela TV.

Nos bastidores Nico atrasa sua renovação.

E com isso incomoda a Mercedes.

Dieter Zetsche (presidente da Mercedes) declarou que ambos os pilotos
estão sob contrato para 2017.

A frase não é verdadeira e visa apenas afastar a concorrência.

Especificamente Ferrari, Renault e McLaren.

Nico não é piloto para ficar voando muito tempo sem contrato.

No caso de não renovação, Toto Wolff afirma que Fernando Alonso
poderia ser uma boa opção.

(veja o ataque sobre o time de Ron Dennis!)

Ao mesmo tempo coloca, de forma urgente, Pascal Wehrlein no lugar de
Esteban Ocon nos testes de Barcelona.

Um plano B.

Nico parece ter aprendido a lição.

Pode até não levantar a taça ao final de 2016, mas está agindo como um
campeão.

Sabendo inclusive jogar com as palavras.

"Estou feliz na Mercedes, mas vamos ver como será o futuro."

A prova espanhola mostrou que a Fórmula 1 sem a Mercedes seria espetacular!

Mônaco?

Os últimos resultados indicam que há um novo rei.

Verstappen contra Raikkonen.

Em 2034 Max terá a mesma idade de Kimi em 2016.

Heineken na categoria máxima do automobilismo.

Algo em torno de 30 milhões de euros por temporada.

A Honda irá fornecer motores apenas para a McLaren em 2017.

Kevin Magnussen trabalha para garantir seu lugar na Renault.

O negócio é conseguir mais dinheiro mesmo.

Por fim.

As tabelas espanholas.




















7 comentários:

Társio disse...

Em relação a ROS x HAM, a lição mais importante aqui é: Nico mostrou ao Lewis que não mais aceitará jogo duro na pista. Em outros momento Nico foi limpo demais, e o Lewis se aproveitou disso. Agora mostrou que isso acabou, e isso sim é atitude de campeão. Subiu no meu conceito!

Abç
Társio

Renato Santos disse...

Grato, Corradi,essas tabelas, de aparência tão singela, escondem segredos de fazer corar uma donzela!

Rodrigo Felix disse...

Heineken patrocinando quem?

Marques disse...

Fora das pistas ele já é tratado como campeão há anos. É sempre protegido pelos comissários. Mais uma vez escapou de punição, os vídeos onboard deixam bem claro que ele deveria ter deixado espaço. Mexeu no volante no meio da curva e quando viu era tarde demais, jogou o o outro pra fora e crash.
Veremos pra onde vai, ou se vai ficar, a silly season é pra ser bem interessante.

Marcos José disse...

O contrato da Heineken com a F1 também visa patrocinar uma equipe da categoria também...e "dizem" que este patrocínio poderá ser da Force India (está eu não entendi...mas a Diageo não comprou a cervejaria Kingfisher do Mallia?? outras "fontes" dizem também que a Heineken comprou 46% da ações da Kingfisher!? Corradi, afinal que é a verdadeira dona da Kingfisher : Diageo ou Heineken?? agradeço se você souber)!? Acho que Rosberg não ficará na Mercedes em 2017 e este episódio (a batida ente ele e Hamilton depois da largada na Espanha) foi determinante para isto...e Wehrlein assumirá o seu lugar nos "tedescos" (Rosberg será mesmo piloto da Ferrari em 2017?? só o tempo dirá...). Ron Dennis só "libera" a Honda para os outros times na categoria só depois de ser campeão com os eles...ou seja a Toro Rosso permanecerá com os Ferrari por mais algum tempo (2 anos, talvez!?). Red Bull talvez "renovando" com a Renault (quem diria!?) e mantendo o batismo "TAG Heuer" por mais alguns anos!? Poderemos ter "novidades" a qualquer momento na Force India, já que seu dono (Vijjay Mallia) poderá venderá a equipe para quitar "dividas fiscais" na India para não ser preso quando voltar ao seu país (ele poderá ser extraditado da Inglaterra se o mandado de prisão indiano chegar as mãos das autoridades inglesas). E pra terminar...a FCA terá que tomar uma decisão: ou ela compra a Sauber neste momento e a transforme na Alfa Romeo em 2017...ou fortalece ainda mais a sua ligação com a equipe americana Haas usando a marca italiana visando o mercado dos EUA para promover (e aumentar) as vendas da Alfa Romeo para este mercado.

Jeferson Araújo Pereira disse...

Raciocinando por hipótese e especulando: se Senna estivesse atrás do Rosberg, ele faria o mesmo que o Hamilton fez: tentaria passar.Se Prost estivesse atrás de Rosberg, ele não forçaria a ultrapassagem.Tudo é uma questão de estilo, de agressividade.

Vettel está muito chato: "isso é corrida ou ping-pong"? Respondo: é corrida e Ricciardo não fez nada errado.

A TV mostra Christian Horner abraçado com sua atual mulher, a ex-Spice Girl Geri Halliwell indo cumprimentar o vencedor da prova.Galvão Bueno diz que essa mulher é a mãe do Max Verstappen!!!! Sophie Kumpen é o nome da mãe do rapaz de 18 anos.Galvão errou feio!

Anônimo disse...

Independentemente das trocas de pneus, é interessante ver a VMR de Haryanto.
Em qualificação o indonesio está a uns 2 décimos de Werlhein. Se o alemão é bom penso que Rio está a ter uma evolução muito boa.
Para seguir nos próximos GPs.

Paulo Alexandre Marques