sábado, 27 de agosto de 2016

Aposta























Aposta de Grove.

Lance Stroll.

Para estar na Williams na próxima temporada basta vencer o título da F3.

Assim sendo, o canadense será um dos nomes da Williams em 2017.

Pronto falei.

18 comentários:

Rafael Novaes de Oliveira disse...

Corradi, ele é o líder do campeonato com uma certa folga.

Você diz que ele precisa vencer para ter a super licença?

Anônimo disse...

E a pontuação necessária pra estar na f1?
Se Scroll entrar isso significa aposentadoria pro Massa ou ele será contratado pela Jaguar na FE?

Pedro Teixeira disse...

Creio que o Zaca está fora e o Nasr fica na Sauber. Estamos fodidos.

Anderson Lopes disse...

Não era Perez e button?

Anônimo disse...

Já disseram por aí, e não foi apenas uma vez, que é apenas mais um. . .apenas que nascido em berço esplêndido e bancado pelo papis. . .é essa a grande diferença em relação aos demais.
Zé Maria

Ituano Voador disse...

Aposta na grana dele, evidentemente. Que ele é um nome certo na F1 a partir de 2017, não havia dúvida, a questão estava em saber quem se renderia ao canto da sereia primeiro.

LGD disse...

Acredito que o Massa já esteja encaminhado com a Renault, gostaria que Bottas também arranjasse um lugar melhor, a Williams parece temer voltar às vitórias.

Eduardo Sacramento disse...

Uma dupla com Button/Stroll é mais interessante do que Bottas/Button, ao meu ver.
Massa? ...
Nasr? Sauber.

Danilo Silva disse...

Balão de ensaio do que será a F1 daqui 15 anos (talvez menos). Só para os financiados pelos trilionários.

Daniel Chagas disse...

A Williams é uma piada em todos os sentidos. Equipe com filosofia medíocre! Não tenho mais esperanças de vê-la como equipe grande, só falta a dupla ser Maldonado/Stroll...

juniorcaixote disse...

Sempre defendi o Massa em todas as oportunidades.
Depois da corrida de hoje, desisto.
Tá EMPORCALHANDO o legado brasileiro na F1.

Júlio disse...

Parece que Corradi tem mais um preferido. Bem vindo, Stroll, ao grupo de Vettel, Rosberg e Senna.

Jefferson disse...

Bom, se hoje fosse uma vitória de Hamilton, Corradi diria: "fez sua obrigação".
Aguardamos a tradicional rasgaçao de seda pelo alemão da Mercedes. Ate ai tudo bem. Mas quero mesmo e ver o que ele tem a dizer sobre o seu tetracampeão favorito.
Save Lewis! Abs!

Anônimo disse...

Viram que o Ted Kravitz (SkySports) falou que as chances do Nasr ser companheiro do Bottas em 2017 é boa. Palavras dele no 'Ted's Notebook' desse fim de semana em Spa. A Claire Williams disse pro Ted! Aguardemos.

André disse...

Button na Williams ? Seria muito pouco(!?) inteligente pra ele sair da ML para ir ao time de Grove. A Mclaren mostrou hoje com o Alonso que o carro evoluiu bastante enquanto que a Williams vem numa descrecente, desde de 2014, a Williams vinha como uma promessa de que em 2 ou 3 anos conseguiria vitórias, sendo que a realidade mostra algo bem diferente. A Mclaren, por outro lado, proporcionalmente, evoluiu bem mais que o time de Frank.

Em minha opinião, Button deve ficar na Mclaren; caso não consiga, aposentadoria.

Daylson Elder disse...

Agora complicou a coisa...nenhum brasileiro pra nos representar...a casa caiu agora...

Fagner Oliveira disse...

Bottas/Nasr, segundo Ted, so se for Renault! Os franceses já assumiram que desejam o Valteri. O Nasr é que busca aporte pra fazer a dupla. O Perez também quer vestir amarelo, mas a Renault não quer pagar os dois (somente se Sergito abocanhar o patrocínio do Esteban), neste caso, Nasr sobra. Sem aporte, a Renault quer somente o Bottas.

Se o Button aceitar reduzir a pedida, vai pra Williams fazer par com o Stroll. Se não, a Williams pensa no Perez (segunda opção de novo) e Nasr, apenas se o Button não aceitar e se o Perez for pra Renault.

Pelo visto o Button vai definir quem casa com quem.

Anônimo disse...

Não sei quantos pontos o Lance Stroll tem para obtenção da superlicença, mas o título da F3 Euro já o habilita. Já o o Sergio Sette Câmara, apesar do teste na Toro Rosso, pelo visto vai continuar no zero pontos (12º no campeonato). Só estou vendo quando piloto com contrato assinado não conseguir a pontuação da FIA... Mais interessante que após o Gasly ele seria o próximo, e os outros sequer teriam idade ano que vem (além dos pontos, claro).

Cristiano Buratto