quinta-feira, 22 de março de 2018

Proteção


























Senna com o apêndice.

17 comentários:

Daniel Chagas disse...

Esse halo é uma aberração.Vi os testes de pré temporada e não consigui me acostumar com esse troço. Espero que no decorrer da temporada eu consiga. OBS:Se fosse 100% eficaz em seu propósito eu não reclamaria mas como não protege totalmente a cabeça dos pilotos não vejo justificativa suficiente para estar nos carros. Enfim...

Pedro Teixeira disse...

poderia ter salvo o Senna...

Vitti disse...

Verdade.
Não há justificativa nenhuma.
Ele só proteje a cabeça do piloto de acidentes como o do Bianchi, do Justin Wilson e do Henry Surtees.

Focar na segurança é mesmo uma aberração...

Ituano Voador disse...

Horripilante esse halo. Mas, com isso, Senna estaria por aqui ainda hoje.

Alex Couri disse...

Quem garante que protegeria o Senna? a barra de direção que perfurou o capacete poderia ter passado facilmente por essa porcaria, espaço é o que não falta..

Daniel Chagas disse...

Sr. Vitti, Jules Bianchi morreu em decorrência da desaceleração, portanto ele morreria com halo ou sem halo, pesquise um pouco antes de escrever qualquer coisa a esmo. Agora Senna: Não cabe muito a citação pois teríamos que fazer cálculos e uma análise difícil para saber se a barra da suspensão iria atingir o halo ou continuar a atingir o capacete de Ayrton, por isso a minha insatisfação com o halo, ele não protege totalmente a cabeça do piloto. Além do mais acho é difícil essa imaginação pois os carros daquela época eram muito diferentes em termos estéticos e de construção. Estude sobre o acidente e analise, ok? Definitivamente não dá para confirmar que o halo salvaria Senna. Outra, há pilotos criticando o halo e esteticamente é horrível, poderiam investir em outra solução mais eficaz e melhor em termos de estética. Agora, uma questão: No acidente de Massa o halo evitaria o acidente? No mínimo teríamos que fazer cálculos, e outra, poderia bater no halo e ir direto para o tórax do piloto. Fora outras questões que poderia citar aqui mas acho que não é conveniente, não cabe isso aqui nos comentários. Porém é no mínimo discutível a presença do halo com tudo que li sobre isso e como ela foi imposta em detrimento de outras opções. Fiquem com Deus. Obs: Nem o acidente de justin wilson dá para confirmar que o salvaria pois a peça veio de cima para baixo, enfim, see you later.

harerton disse...

Halo + Aeroscreen! :-)

Ipurinã Pedrosa disse...

Acho q é importante e aceitável pela segurança. Mas,penso q deveriam buscar algo mais agradável aos olhos pq isto está afastando o público. A repercussão é muito negativa. Coloquem logo o melhor grupo de engenheiros do mundo para pensar numa forma de proteger o piloto mantendo o carro com cara de f1. Ou, que pelo menos façam algo novo que deixe o carro mais harmonioso. Este é um tema importantíssimo pra categoria. Alguns reconhecem a valia do halo, porém, creio que ninguém está gostando de ver esse penduricalho feioso.

Anônimo disse...

Não sei se protegeria o Senna, o braço da suspensão veio de baixo para cima

Anônimo disse...

não tenho tanta certeza que o halo salvaria o senna. acho que não. o braço de suspensão que o matou passaria facilmente pelos espaços a frente da viseira. é inquestionável o fator segurança ser prioritário. mas não entendo o por quê de não poder ser um canopi. fechado mesmo, totalmente. muito melhor protegido. não dou a mínima para o cockpit historicamente ser aberto, antes fechado que com esse troço aí. //PierreThemotheo

Anônimo disse...

Mas o que vitimou o Senna não foi a barra de direção? Ela não veio de dentro do cockpit? Acredito que o halo não ajudaria o Ayrton a estar entre nós hoje.

Vicente

Luiz Aguiar disse...

O que bateu na cabeça dele foi a barra da suspensão, não a roda.. Se fosse a roda até poderia estar vivo, mas a barra de suspensão passaria ali ou até desviaria e entraria direto no olho dele..

Unknown disse...

se o Senna, o Bianchi, o Justin Wilson e o Henry Surtess estivem de PATINETI ainda estariam vivos!

Daniel Chagas disse...

Sobre Justin Wilson: eu revi inúmeras vezes o acidente e não consigo chegar a uma conclusão se o halo o salvaria ou não, pois como eu constatei o movimento da peça que o atingiu veio num movimento descendente, tipo uma parábola, pelo lado direito, enfim, eu não tenho esse poder de afirmar que o salvaria.

Daniel Chagas disse...

Senna de novo: Isso sem citar uma coisa que nem irei discernir aqui, a desaceleração ( nesse aspecto faço um paralelo com o acidente de Jules). O acidente fala por si, basta ver o carro se chocando contra o muro para perceber o grau de violência do impacto. É um acidente tão complexo que mesmo se não tivesse tido a barra de suspensão o atingindo é difícil saber se ele sairia ileso do acidente em termos cerebrais.

Vitti disse...

Seguinte: eu não faço idéia se o halo salvaria ou não o Senna, ou o Surtees, ou o Bianchi da morte. Nem imagino se a desaceleração que estracalhou o cérebro do Bianchi seria reduzida se ele não tivesse batido a cabeça direto num trator. Mas ele faz o que foi feito pra fazer: proteger a cabeça do piloto.
Ele aguenta um pneu caindo do céu e impede que você bata a cabeça em um trator, por exemplo.
É 100% eficaz? Não. Assim como o capacete também não é. Mas ele foi escolhido porque aguenta pancadas que o aeroscreen não aguenta.
Quem disse isso foi a FIA! Não eu.
Ou seja, vai salvar vidas.
É feio? É tão feio quanto um grid sem gridgirls.

Pedro disse...

Mas o Bianchi não bateu a cabeça no trator. O que bateu no trator foi o santantônio do carro