quinta-feira, 2 de agosto de 2018

Clipping































Lewis Hamilton mostrou mais uma vez que é um grande piloto.

A oportunidade dada pela chuva não poderia ser desperdiçada.

O campeão de 2017 fez a pole numa das piores pistas para ultrapassagens
da atual Fórmula 1.

Por isso venceu.

Com Valtteri Bottas conseguindo bloquear as investidas da Ferrari na largada,
bastou ao piloto inglês conduzir para a linha de chegada.

A estratégia da Scuderia Italiana não deu o resultado esperado.

Sebastian Vettel foi atrapalhado por Carlos Sainz Jr. e Esteban Ocon, quando
perdeu cerca de cinco segundos, e ainda por cima houve um pit stop bem abaixo
do padrão ideal.

A equipe ainda conseguiu minimizar os danos com as ultrapassagens dos seus
dois carros sobre Bottas.

De qualquer maneira Vettel não poderia superar Hamilton.

A diferença (gap) entre os carros necessária para que isso acontecesse (ultrapassar)
era muito grande.

O resto.

Daniel Ricciardo colocou sua Red Bull no lugar possível.

Pierre Gasly brilhou.

Se tornou nome firme para a Turma do Energético.

Kevin Magnussen continua confirmando as impressões que o Blog sempre
teve sobre ele.

Notei algo a mais sobre o dinamarquês nesta prova.

A maturidade em certos momentos de disputa de posição.

Se ele se tornar um colecionador de pontos, fechar bem a atual temporada
e se estabelecer frente a outro companheiro como Charles Leclerc em 2019...

Pode se tornar um nome forte no mercado e uma opção interessante para uma
das fabricantes.

Vamos ver.

Fernando Alonso, Sainz Jr. e Romain Grosjean fecharam os que pontuaram.

Foi uma etapa interessante.

O campeonato segue incerto.

Bottas 1

As duas ações do piloto da Mercedes contra Vettel e Ricciardo foram
bem negativas.

Ele sabia muito bem o que estava fazendo.

Deixou rolar na ultrapassagem de Seb.

Tipo assim: 'quem tem mais a perder?'

E bateu propositalmente na Red Bull em seguida.

Acho Valtteri um ótimo piloto.

Entretanto ele agiu de forma tosca.

Erro é uma coisa.

Inconsequência é outra.

Bottas 2

Com inteligência, Vettel não alimentou a discussão.

Disse que seu adversário deve ter escorregado na pista.

Seb briga pelo título.

E sabe que encontrará Bottas em outras ocasiões.

Não é hora de colecionar desafetos.

Bottas 3

Wolff chamou o finlandês de escudeiro.

Toto sem tato

O piloto não gostou.

Claro.

Hamilton lambeu as feridas do companheiro exaltando seu trabalho
dentro da equipe.

Lewis briga pelo título.

E sabe que precisará de Bottas em outras ocasiões.

Não é hora de colecionar desafetos.

(ainda mais dentro do time)

Água

Comentaram muito sobre o fato de Raikkonen pilotar sem hidratação.

Aí o Marcus Ericsson disse que há dois anos não toma nada na Sauber.

Por que?

Sem o peso extra, numa pista como a da Hungria, por exemplo, o sueco
ganha dois segundos após as 70 voltas.

Embaralhado

Assim.

Force India podendo ficar nas mãos de Lance Stroll e Sergio Perez.

Com a família Stroll investindo (não comprando) na equipe (salários).

Há o entendimento que o time criado por Vijay Mallia deverá ficar com
todos os direitos adquiridos, mesmo sendo vendida.

Esteban Ocon firmado com a Renault.

Carlos Sainz Jr. indo parar na McLaren.

Lando Norris na Toro Rosso.

E o protegido da Mercedes, George Russel na Williams.

Será que acontecerá tudo isso?

Por Fim

Força aí!




17 comentários:

Unknown disse...

Opa!! Notei um toque intetessante ai..se o Magnussen ficar a frente do leclerc em 2019!!!!!entao corradi a ferrari continua com o aposentado em atividade no ano q vem??

Gabriel Pereira disse...

Dizer que o Bottas deixou o carro rolar pra acertar o Hamilton de propósito foi, essa sim, a coisa mais tosca que eu já ouvi aqui nesse blog.
Que nível.

André Casaroli da Costa Branco disse...

Kubica é definitivamente uma carta fora do baralho?

Anônimo disse...

De que adianta o Marcus Ericsson passar sede para ganhar 2 segundos ao final de 70 voltas, se ele toma esses mesmos 2 segundos no lombo à cada 10 voltas. . .
Estaria ele reinventando a matemática?
Zé Maria

Marques disse...

Haha Vettel e Raikkonen batem nas Mercedes: incidente de corrida, nada.
Bottas acerta Vettel: bateu de propósito.
Tá difícil em Corradi. Muda logo o nome para F1Ferrari ou F1Vettel.

Ednardo Vilela disse...

Magnussen luta pra ter um status que Nico Hulkberg já tem.
O objetivo dele esta apenas em se manter na categoria sendo pago. Se continuar fazendo um bom trabalho, vai cumprir com esse objetivo seja na Hás ou em alguma outra equipe. E já esteve na Renault.

Marcos José disse...

Já virmos está história antes com a Manor...e sabemos como aconteceu (tinha muitos "interessados" e...mas...ninguém a comprou)!! Se não comprarem a equipe agora, o futuro "comprador" da Force India não terá os direitos sobre o dinheiro que a equipe tem a receber...daí a negativa de Williams, McLaren e Renault sobre este caso de "administração" da Force India...parece que o modelo adotado pela Haas com a Ferrari atualmente...não é bem visto por "bons olhos" neste momento na categoria e mais uma "equipe B" (agora da Mercedes), não será mais permitido por estas 3 (Williams, McLaren e Renault). Penso que se acontecer a compra da Force India por Lawrence Stroll, envolverá um outro sócio (talvez a Andretti Motorsport ou até quem sabe a Rich Energy) para ajuda-lo no orçamento (dizem quem está por trás desta proposta da Andretti Motorsport pela Force India...é um fundo de capital americano "desconhecido") da equipe. Com a futura "Stroll Mercedes" concretizada...poderemos ter uma grande surpresa na equipe ao lado de Lance Stroll em 2019!! Será que aquele plano envolvendo um certo piloto espanhol (que você, Corradi, escreveu um tempo atrás) poderá ser realizado (ou concretizado) já pro ano que vem?? Já que este mesmo certo piloto espanhol, disse que só decidirá o seu futuro na F1 depois das férias?? Ou seja...talvez haja outro plano (fora o da Indy) na gaveta pra 2019!! Vamos aguardar!!

Gabriel Pereira disse...

Vettel*

Humberto Corradi disse...

Não encaixa em nenhum lugar ainda.

Valeu

Humberto Corradi disse...

Kimi é um campeão mundial.

Isso pesa.

Valeu

Anônimo disse...

Difícil imaginar que o Leclerc faria mais que o que Kimi está fazendo esse ano, ainda mais numa equipe com posições claras de primeiro e segundo piloto.

Eu não diria isso ano passado, mas hoje, faz sentido.

Unknown disse...

Vettel

Minazy disse...

Ótima análise, Corradi.
Eu não sabia que o Ericsson ganhava tanto tempo assim ficando com sede!

Eu sou lá do VK e sinta falta dos seu tópicos. Mas entendo seu lado.
Vou seguir firme por aqui.
Abraço!

Humberto Corradi disse...

Valeu!

Daniel Chagas disse...

Torço para que Lecrerc vá para a Haas ou permaneça na Sauber em 2019. Acho muito temerário a Ferrari colocá-lo na equipe já para o ano q vem.Ele ainda é muito novo e um ano a mais de maturação não será ruim, muito pelo contrário.Não vejo a necessidad de pressa, a Ferrari não pode ter um piloto errático e imaturo nos seus carros e tem Raikkonen que está cumprindo muito bem o seu papel,sendo assim nao vejo motivo para a Ferrari mudar algo para o ano que vem. Vejam o vestappen, ele sofre até hoje na Red Bull pois os austríacos não tem o feeling de saber a hora certa de promover o piloto. Mas na Ferrari a história è outra. Errar na Ferrari é acabar com a carreira.

Daniel Chagas disse...

E sempre vi potencial em Bottas. E digo mais, vejo nele condições de se desenvolver e lutar contra Hamilton algum dia. Acho a qualidade dele como piloto muito similar com a de Rosberg. Acho q ele está no caminho para isso, se vai conseguir eu não sei mas ele tem condições para fazer algo parecido om o que o alemão fez.

marcus disse...

Analises bem pontuadas, inclusive sobre Bottas.. não vou dizer algo sobre o "mundo contra a Ferrari", pq aqui todos sabem com o Corradi se porta a favor da mesma e contra todas (mas que de vez em quando ele "passa dos limites", isso passa... o fato é que assim como Alonso esteve na Ferrari um dia e nada fez (ganhar um titulo), Vettel tb nada fará contra um Hamilton mais forte ainda que nos anos Alonso... e não que eu seja fã numero um dele (ainda verei Daniel (na cova dos leões) ser campeão)...