sábado, 2 de novembro de 2019

Xis
























O falecido Jacarepaguá.

Para ilustrar.

Pois o Rio de Janeiro receberá novamente a Fórmula 1.

20 comentários:

Felipe disse...

Tem gente pensando que é uma sandice acreditar que o Rio voltará a sediar uma corrida de F1 e MotoGP. Eu torço pra isso acontecer, quem ganha é o automobilismo, local e mundial. Claro, administrado corretamente, e não como é administrado o Rio atualmente.

Walter disse...

A torcida nossa sempre será por mais autódromos.

Do ponto de vista da vuda real, preciaa de muito, muito dinheiro. É um dinheiro arisco, porque o risco de prejuízo é gigante.

Não é à toa que autódromos do mundo todo estão fechando ou sendo recortados (como Hockenheim).

Thiago Lemos disse...

Vai nada

maxwellman disse...

Receberá em circuito de rua ou autódromo?

Humberto Corradi disse...

Novo autódromo.

Valeu

Daniel Chagas disse...

Sou carioca e fico indignado até hj pela destruição do autódromo de Jacarepaguá! Conheço bem a região e o que não falta é terreno para se fazer cidade olímpica. Cambada de pilantras, em todos os sentidos!

Eduardo Casola Filho disse...

Até gostaria de ver o autódromo sair, mas, diante de tantas promessas vazias e tantas coisas nebulosas, só vou acreditar quando os carros estiverem na pista

Lucas Orly disse...

a fonte é quente Corradi?

harerton disse...

Andei pelo paddock na quinta e assisti o treino de sexta em 1978, com meu pai! Nunca em esqueço do pessoal da Ferrai (Reutmann incluído) almoçando nos boxes!

O ronco dos DFVs descendo o retão é inesquecível!! E olha que eu tinha 5 anos nessa época!!!

🤪 disse...

Vai sair sim, dia primeiro de abril fica pronto

Humberto Corradi disse...

Sim

Anônimo disse...


Piada do ano kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Humberto Corradi disse...

A mãe dos cretinos anônimos está sempre grávida.

Daniel Chagas disse...

O autódromo vai sair, mais cedo ou mais tarde. Pra mim está claro isso,mas independentemente do tempo que vai demorar para ficar pronto não ameniza a minha revolta com a destruição de Jacarepaguá. Enfim, que venha esse novo autódromo e que nosso automobilismo ressurja das cinzas pois está osso.

Júlio disse...

As minhas fontes, que também são hiperconfiáveis, dizem que as chances são de 80% de o autódromo não sair, 4,91% de ser construído e 28,72% de ser construído fora das especificações exigidas e 93,47% de isso tudo ser cortina de fumaça para ninguém precisar responder onde está o Queiroz.

Ricardo Reys disse...

Corradi, vou ser sincero... Torço para que não aconteça. Além de reconhecer o quanto a tradição é importante para a Formula 1, acho até que pode significar o fim de Interlagos a médio prazo.

Mas caso se confirme o furo, duas coisas:

1) isso só prova o tanto de qualidade que a gente encontra neste site - para mim, o melhor do país.
2) e me passa os números da Mega Sena, por favor?

Forte abraço!

Ednardo Vilela disse...

Vettel ganha uma corrida, Corradi escreve sobre.
Hamilton ganha um título, nem uma vírgula.

risos.

Thiago R disse...

Entao estamos perdidos , pois o Vettel Blue Flag NUNCA MAIS SERA CAMPEAO! Triste para nos que perderemos as linhas do nosso amigo escriba.

Chora Corradi o Sonho acabou! Lewis Neles!

Bruno Fornaziero disse...

Essa pista não vai sair nunca.

Fonte: https://www.grandepremio.com.br/f1/noticias/exercito-recebe-r-120-mi-do-governo-para-viabilizar-pista-de-deodoro

Rodrigo Keke disse...

Se esse novo autódromo no Rio sair, será com muuuito atraso. São tantos os percalços, falta de garantias e desencontros nesse arranjo Bolsonaro-Witsel-Rio Motopark que, pra ver acontecer, só se for as custas de vergonhosa farta cachoeira de recursos públicos - assim como foi com a Copa do Mundo/Olimpíada.

Portanto, creio que essa peleja está muito mais para SP. Vejamos quanto tempo será necessário para conferir.