quinta-feira, 11 de fevereiro de 2016

Pequenas Passagens

























Três imagens da temporada de 1967.

Em destaque John Surtees.

Talentoso, austero e dedicado.

Sobre ele, Graham Hill disse certa vez:

"Ainda bem que Surtees fez um contrato com a Honda.

Somente os japoneses poderão aguentar seu ritmo de trabalho".

11 comentários:

Anônimo disse...

Fotos muito legais! Com o bom e velho John Surtees!
Mario

Tohmé disse...

Surtees, meu ídolo.

TW disse...

Surtees é o único campeão mundial sobre duas e quatro rodas. Um gênio, sem dúvidas.

Belas imagens Humberto.

abs

politicamente_incorreto disse...

TW, boa lembrança. foi campeão em duas e quatro rodas numa época aonde correr mais de 10 anos em qualquer da smodalidades dava direito compulsório a um atestado de óbito, correndo nas duas modalidades podemos dizer que o Surteesé um highlander.....
Ironia cruel o destino lhe cobraria, quando o seu filho de 17 anos perdeu a vida em um acidente idiota no período mais seguro que o automobilismo já passou. não dá para mesurar a dor que esse homem carrega, não merecia esse golpe do destino.

guto surian disse...

Legal é o escapamento deste(a)s Hondas.....

Marcos Alvarenga disse...

Aquele japonês na foto do meio é Soichiro Honda em pessoa?

Anônimo disse...

Quer dizer, então, que o 'ritmo de trabalho' de John Surtees somado à perícia de Jim Clark acabou gerando um Ayrton Senna?

Marcos,

se não me engano, o mecânico/engenheiro japonês, de óculos, ao lado do Honda de Surtees, é o projetista dos carros da Honda: Yoshio Nakamura

um abraço,
Renato Breder

Anônimo disse...

Aliás, Corradi,

a segunda foto é do GP da Grã-Bretanha... a terceira do GP da Itália... e a primeira? Alemanha?

Em 1967, Surtees usou o #7 nos GPs da Alemanha, Grã-Bretanha, Bélgica, Holanda e Mônaco...

um abraço,
Renato Breder

Rodrigo Felix disse...

Tudo q a f1 precisa hj: liberdade p projetistas, equipes independentes e um volante mais simples

Silvestre Zanon disse...

Mensagem subliminar....indicando as cores da McLaren 2016.

Marcos José disse...

Li um tempo atrás que a Honda queria fornecer os seus motores pra Lotus em 1964 mas...o acordo não foi em frente e daí surgiu a ideia da formação de uma equipe de fábrica. E conseguindo duas vitórias (México/1965 e Itália/1967) a fábrica decidiu se retirar da F1 em 1968 (talvez Surtees foi pego de surpresa pelo fim da equipe Honda na época e então decidiu criar a sua própria equipe no ano de 1970, depois de sua passagem pela "confusa" BRM em 1969). Será que a McLaren adotará estas cores no MP4-31?? Só saberemos na pré-temporada, infelizmente. Corre uma história por aí...de que a Diageo poderá comprar a Force India a qualquer momento porque Vijay Mallia poderá se desfazer da equipe para pagar dívidas acumuladas na Índia para não ser peso pela justiça indiana...e Sergio Marchionne quer a volta da Alfa Romeo como uma equipe de F1...sei não...eu acho que poderemos ter uma grande surpresa pra 2017 e pelo jeito...a Aston Martin talvez nem seja mais a tal "parceira" da Diageo na compra da Force India (se isto vier mesmo acontecer) no futuro...