quinta-feira, 3 de maio de 2012

Paixão























Muito querido.

O leão Nigel Mansell faz parte do clube.

Dos carismáticos.

Daqueles que despertam sentimentos.

Poucos pilotos conseguem mover os corações das pessoas.

7 comentários:

Verde disse...

Quantos corações infartaram por causa deste cara?

Marcelonso disse...

Verdade...

Ron Groo disse...

Sou destes... Mesmo quando o Leão ganhava do Piquet eu não conseguia sentir raiva... e nem frustração.

fernando disse...

corradi, sabendo q vc não foi grande admirador do cara, meus cumprimentos pelo post.

(em 91, lá no setor g de interlagos, torci muito, mas quietamente claro, pro inglês alcançar senna, afinal eu queria mais era ver o pega, teria sido um duelo maioral tivesse a transmissão da williams resistido à pilotagem bélica do bigodudo bretão - já não ligava para o heroísmo do brazuca e não dei a mínima pro martírio da pilotagem em marcha única.
ver o bretão vencer em 92 e saudar o público com bandeirinhas de papel, do brasil e reino unido juntas foi muito legal, irônico com senna mas respeitoso com o público ao mesmo tempo).

Juarez disse...

Mansell pode ter seus defeitos... Mas é de uma linhagem diferente, que não mais existe.
Alguém pode imaginar, hj em dia, um piloto com essa atitude:
http://www.youtube.com/watch?v=mYyq4lTvJNE

[seria bacana publicar esse vídeo no blog, apenas uma sugestão, se me permite]
?????

Marcos Antônio Filho disse...

Mansell mito. Como não gostar desse cara? um dos meus heróis na F1!

fernando disse...

ops, me corrigindo mais uma vez, as tais bandeirinhas que carregou no cockpit pra celebrar a volta da vitória em 92 não eram de paapel mas de tecido mesmo, apenas eram pequenas.
aliás, um bandeirinha conhecido meu na época (o "xuxa") é q foi comprá-las no redor do autódromo na manhã de domingo, a pedido da equipe.