segunda-feira, 11 de junho de 2012

Dois






























Retratos da Fórmula 2.

As duas primeiras imagens são de Zolder.

Com o grid colorido em 1967.

No pódio aparecem Jim Clark, John Surtees e Jean-Pierre Beltoise.

A teceira foto é na França. 1977.

Circuito de Pau.

11 comentários:

Marco Memoria disse...

Essa corrida foi disputada em duas baterias e a foto mostra a largada da segunda com Clark (Lotus 48), Beltoise (MatraMS5), Surtees (Lola T100), McLaren (McLaren M4A) e Brabham (Brabham BT23) nas primeiras posições, o resto do grid e formado por pilotos obscuros com excessão de Servoz-Gavin e Redman que largaram nas ultimas posições por não completarem a primeira bateria, Jacky Ickx ainda participou da primeira mas abandonou por quebra do motor e nem largou na outra, como curiosidade Ickx estava incrito com uma Matra pela equipe de Ken Tyrrell.

Marco Memoria disse...

Esqueci a terceira em Pau, a foto com certeza é dos treinos visto que o piloto que aparece em primeiro plano é o americano Wink Bancroft (Chevron B40) que não se classificou para a corrida, já o carro amarelo é um Ralt RT1 do sueco-alemão Freddy Kottulinsky, a curiosidade nesse caso é o nome completo do sujeito: Winfried Philippe Adalbert Karl Graf Kottulinsky Freiherr von Kottulin

Anônimo disse...

Marco, que memória!!
clap, clap, clap!!!!

Quanto ao piloto alemão do Ralt amarelo, o nome dele, lembrado por você, me recordou de imediato desse 'sketch' do Monty Python:

http://www.youtube.com/watch?v=QVFhZTxdXrY

um abraço,
Renato Breder

Anônimo disse...

Ops,

faltou comentar que a foto do pódio mostra o resultado agregado: Bateria 1 + Bateria 2

Bateria 1:
1o: Clark, 2o: Beltoise e 3o: Surtees

Bateria 2:
1o: Surtees, 2o: Brabham e 3o: Beltoise

Resultado agregado:
1o: Surtees, 2o: Clark e 3o: Beltoise


Nessa prova, praticamente todos os carros usavam o motor 'Ford Cosworth FVA', de 1,6 litros e 4 cilindros em linha (1.6 L4).
Dos 17 carros presentes, 5 usavam um motor denominado 'Lotus LF'. Pouca informação sobre ele.. talvez o motor 'Lotus Twin Cam 1,6'... alguém tem mais informações?

Pelo menos era um motor Lotus pré Danny Bahar...

outro abraço,
Renato Breder

Emerson Pippi - Formula Retrô disse...

Lindo esse grid colorido.
Nem reconheci Surtees com cabelo...

fernando disse...

John Surtees não era fraco não (enquanto piloto); mais de uma vez conseguiu derrotar Jim Clark.
o Lola F2 do inglês já na pintura exclusiva da equipe Surtees: uma çarga seta estilizada, em cor branca sobre fundo vermelho (às vezes azul escuro).
mesma pintura que esse F2 teve a Lola spyder com que Big John ganhou o titulo do primeiro torneio CanAm em 1966.
também as F2 de 72 e 73, com patrocínio Matchbox, ainda conservavam a marca da seta, azul claro sobre fundo amarelo - TS15 o modelo eu acho, bons carros em que Hailwood e Carlos Pace mostraram ótimas performances.

que ótimo devia ser poder ir a um autódromo simples como Zolder assistir alguns campeões mundiais competindo em carros menos sofisticados que os F1; puro deleite.

Ron Groo disse...

Pau não era Clermond Ferrand? Ou Charade? Ai parece andar por dentro de uma cidade.
foto linda.

fernando disse...

Ron, Charade creio ser o nome do circuito que é mais conhecido por Clermont-Ferrand; este é o nome da cidade mais próxima ao circuito (em Aunergne, região central da França), que foi construído ao redor de uma pequena montanha, que em outras eras foi um vulcão!
pista de 8 kms de comprimento, traçado a partir de estradas de uso público que eram fechadas para os eventos esportivos (corridas de carros , motos e acho que de ciclismo também), foi estabelecida em 1958. mais info em: http://en.wikipedia.org/wiki/Charade_Circuit

já Pau sempre foi uma circuito traçado nas ruas da cidade do mesmo nome, situada no sudoeste da França, junto aos Pireneus.
é um dos eventos automobilísticos mais antigos do mundo, talvez o mais antigo: a primeira corrida de que se tem notícia lá foi em 1901!
um GP da França foi corrido lá em 1930, e a partir de 33 passou a ser realizado o GP de Pau, por uma variedade de categorias, inclusive F1 - mas nunca como parte do campeonato mundial. no entanto, em anos recentes o WTCC sim correu lá uma etapa válida pelo mundial de carros turismo.
mais info em : http://en.wikipedia.org/wiki/Pau_Grand_Prix#Circuit_du_Sud-Ouest

Anônimo disse...

fernando como sempre contando TUDO!! rsrsrs

A título informativo, em 72 os Surtees de F2 eram os TS 10,foi o "bicho-papão" do ano, inclusive Mike "The Bike" Hailwood ganhou o campeonato a bordo de um deles. .
.
No final do ano, na temporada aqui no Brasil, estreou o carro para 73, TS 15, com Pace ao volante, já contratado pela equipe de fábrica na F1/73 (quando apesar do TS 14 ser muito inconstante, deu um show de pilotagem tanto em Nurburgring, chegando em 4º e marcando a volta + rápida como em Zeltweg. . .
viajei um pouco, voltando ao tema), ocorre que em 73 a F2 foi dominada pelos March 732/BMW e a Surtees ficou na saudade. . .

Abraço do Zé Maria

fernando disse...

grande Zé Maria, ainda bem temos aqui uma testemunha ocular daquelas corridas de F2 em Interlagos, 1971 e 72, as corridas que eu mais queria ter ido ver e não pude (meu irmão mais velho foi, mas acho que nem lembra mais disso).
aqueles TS10 tinham um desenho muito bonito, e pelo jeito o equilíbrio estava prtesente também no rendimento do chassi, dado o título ganho por Hailwood.
eu não sabia que o TS 15 tinha estreado aqui em Interlagos, na temporada brasileira de fins de 72. legal.

fui checar mais fotos dos carros Surtees de F1 - TS9 de 72 e TS14, q estreou em Monza 72 pelas mãos do próprio 'big John' - e sempre está lá o desenho estilizado da seta branca sobre fundo cor, em cima e ao longo do cockpit, às vezes o desenho da seta ia até a ponta do bico do carro, às vezes só até a frente do cockpit.

fernando disse...

(correções em nomes franceses: o certo é região de Auvergne, e Montes Pirineus)