segunda-feira, 22 de outubro de 2012

Up to date
























Bom dia a todos.

Qatar

Em junho o Blog já falava que o Qatar queria se tornar sede de um GP da Fórmula 1.

Pois bem.

O primeiro passo já foi dado.

Delegados da FIA estiveram em Doha para avaliar o Circuito de Losail.

O objetivo neste primeiro momento é se tornar palco de testes da categoria.

O planejamento das obras de adaptação para receber os bólidos tiveram um retorno
positivo dos membros da entidade.

Bola da vez

O holandês Robin Frijns, novo campeão da World Series by Renault, além da Sauber
também vai guiar um Red Bull nos testes de Abu Dhabi da Fórmula 1.

Ligado direto

O túnel de vento da Williams não fica parado.

Divide o tempo de funcionamento no mês para os carros deste ano, do ano que vem
e de 2014.

Dez dias para cada um.

Nas fotos: Ecclestone vai poder escolher se quer de dia ou de noite no Qatar.

11 comentários:

conversadef1 disse...

os petrodólares vindos do oriente médio são realmente tentadores, mas Losail é bem ruimzinho, já assisti algumas corridas de motoGp por lá e não gostei do que vi. Mas nada podemos fazer contr o $$ dos árabes

Anônimo disse...

E lá vem mais uma pista chata pela frente!

Mas o que manda na F1 é o petróleo, e contra ele, nada podemos fazer.

Mauro Santana
Curitiba-PR

Carlos Del Valle / Podcast F1 Brasil disse...

Seria bastante desagradável termos três corridas das Arábias (Bahrein, Abu Dhabi e Qatar). Uma já estaria de bom tamanho para garantir a diversidade cultural. Como o amigo acima disse, é difícil combater o poder econômico dos petrodólares, ainda mais com a Europa de pinico na mão

David Félix disse...

Nessas horas da muita saudade de Kyalami...

TW disse...

Mais uma corrida no mundo árabe?? Aposto que será de noite. A pista até parece interessante, recebe a abertura da MotoGP.

Boa oportunidade para o holandês.

Torço que essa medida da equipe de Grove dê resultados adiante.

Ricardo disse...

Um circuito "novo" sem ser do Tilke na Fórmula 1? Seria possível mesmo?

Ron Groo disse...

Qatar? Meu deus... Outro lixo tilke.

Rodrigo Keke disse...

O holandesinho de 21 anos pilota muito. Pena que não carrega muita grana, pode vir a se tornar mais um talento ficando pelo caminho por falta de verba...

Anônimo disse...

Alguma equipe de F1 precisa dar um lugar para o Frijns, não sei não, mas pode estar pintando um novo Vettel...fazia tempo que não aparecia um piloto realmente talentoso...e detalhe, logo no ano de estréia ganhou o título...competindo com pilotos mais experientes e inclusive alguns com experiência de F1..

fernando disse...

o Bandeira Verde tinha dado a dica no início do ano, o jovem holandês já fez isso duas ou três vezes, vencer títulos e/ou corridas na estréia numa categoria ou num tipo de carro.
talento inegável, ao que parece. tomara chegue a F1.

Marcelonso disse...

Corradi,

Mais uma pistinha sem sal, daquelas para Hamsters...


abs