sábado, 12 de janeiro de 2013

Rude



























Primeira foto com a cara do sábado.

E já riram dele porque queria dirigir descalço...

Clique aqui para entender .

11 comentários:

Marco Memoria disse...


O "Urso" certamente não era um daqueles pilotos fora de série, mas tambem não fazia feio. Se não me engano Hulme foi o unico piloto que conseguiu ser campeão mundial sendo o segundo piloto de uma equipe, no caso o primeiro era seu patrão Jack Brabham, parece que Brabham estava meio como de cobaia e usava seu carro para testar as novas peças e vira e mexe quebrava o que facilitou a vida de Hulme dentro da equipe.
Será que o Data Breder sabe mais sobre o assunto e pode confirmar ou não essa versão ??

Anônimo disse...

Marco (e demais),

quanto à história do campeonato de 1967, já ouvi/li exatamente o que você descreveu... Jack se arriscando, experimentando e Denny só colhendo os frutos...

Quanto a segundos pilotos sendo campeões... vejamos:

- Em 1951, quem era o 1o piloto da Alfa Romeo? O campeão Farina ou o argentino Fangio?
- Em 1988, quem era o primeiro piloto da McLaren? O bi-campeão Prost ou o novato Senna? Ou não havia isso na McLaren? Rm 1989 eu até entendo que estavam mais iguais...
- Em 2007, o Räikkönen era, de fato, o 1o piloto da Ferrari ou a história do campeonato fez dele o 1o piloto?

Em 1967, os papéis eram mais claros...

um abraço,
Renato Breder

Anônimo disse...

Em tempo!

A segunda foto é na África do Sul, Kyalami, em 1971... McLaren M19A com o clássico motor DFV 3.0 V8...

A primeira foto, não sei por que, tem uma cara de Zandvoort, Holanda... sei lá em que ano, talvez 1971, 1972... É impressão minha ou Hulme está com uma queimadura(?) com a forma do número '9' no antebraço esquerdo?

outro abraço,
Renato Breder

Emerson Fernando disse...

Hulme sabia como vencer. Coisa a qual seu compatriota Amon tinha aversão.

Emerson Fernando

Ituano Voador disse...

Só que, apesar de Jack ter usado seu próprio carro como 'cobaia', ainda assim ele entendia que Hulme deveria ter corrido em seu favor. E o fato de o neozelandês ter vencido o campeonato estremeceu a relação entre os dois, fazendo com que Hulme fosse para a McLaren em 68.
Quanto ao comentário do Breder, só acho que Raikkonen foi contratado para ser o 1º piloto em 2007; não creio que a Ferrari pagaria um caminhão de dinheiro para alguém ser 2º piloto.
Abs.

Anônimo disse...

O problema é que mesmo dirigindo descalço, dava surra em muitos que zombavam dele pelo inusitado do fato. . .
Curiosidade da primeira foto, ou o tornozelo tá enfaixado ou então tinha o perimetro de uma jaca. . .e o sapato parece ser uns 3 numeros menores de tão pequeno. . .
Zé Maria

Anônimo disse...

Breder, vc acertou sobre a primeira foto: Hulme tinha sofrido queimaduras nas mãos e num braço num treino da Indy 500, o metanol de seu carro se incendiou no pitlane com ele dentro, e o ferimento o impediu de correr nesse GP da Holanda da foto, onde está usando uma luva curativa na mão esquerda.
foi em 1970, e esse GP também foi o primeiro depois da morte de Bruce McLaren num teste privado em Goodwood. em Zandvoort portanto os 2 pilotos titulares da equipe desde há muito tempo, não puderam correr, sei que Dan Gurney largou num dos carros (no q foi o último GP de sua carreira), o segundo carro não sei quem foi, ou se não houve.
é no 'terraço' que há sobre o teto dos boxes em Zandvoort, acho que é assim até hoje, e que nos anos 60 e 70 era onde ficavam as jovens senhoras e companheiras dos pilotos de então fazendo anotacões das cronometragens para as equipes - um charme inigualável e totalmente peculiar daquela época.

valendo lembrar que no ano de seu título Hulme venceu em mônaco e no Nürburgring, dois dos GPs mais difíceis do campeonato (venceu mais um GP mas não lembro agora qual).
e se não me engano o vice-campeão foi Jim Clark.

abs
Fernando

Anônimo disse...

ah, e q bela a segunda foto, em Kyalami.
tem jeito de luz matinal (deve ser num treino portanto,ou no warmup, se é q tinha) e o lado do carro que 'deveria' estar na sombra parece estar sendo iluminado por luz refletida por alguma superfície clara, q tá banhada de luz do Sol, no lado direito da pista - rendendo perfeitamente o matiz vibrante da cor "orange" do carro, a livery mais legal dos anos 60, no meu gosto.
foi feliz o fotógrafo nessa foto.
é o GP da Africa do Sul de 1971, foi a estréia desse modelo, o M19A, Hulme liderou 59 das 79 voltas da corrida mas sofreu uma quebra de suspensão traseira (o q pode ter sido consequência do fato de estarem usando pneus slick pela primeira vez na F1, naquela temporada a Lotus, por exemplo, sofreu com esse problema) e a vitória caiu no colo de Mario Andretti que fazia sua segunda corrida de F1.
a partir do ano seguinte a equipe trocaria a cor orange pelo esquema da marca de cosméticos Yardley - e foi assim que eu vi esse carro em Interlagos em um treino para o GP de 1973 com Hulme e Peter Revson nos volantes.

Fernando

Anônimo disse...

Valeu, Fernando!

No GP da Holanda, de 1970, havia 4 McLarens:

* 3 da 'Bruce McLaren Motor Racing'
#20 - Peter Gethin, McLaren M14A Ford Cosworth (abandonou o GP)
#21 - Andrea de Adamich, McLaren M14D Alfa Romeo (não se qualificou ao GP)
#32 - Dan Gurney, McLaren M14A Ford Cosworth (abandonou o GP)

* 1 do 'Team Surtees'
#16 - John Surtees, McLaren M7C Ford Cosworth (terminou em 6o)

E, em 1967, Hulme venceu apenas esse 2 GPs que você citou... Foram 11 GPs naquele ano. Hulme venceu 2 GPs, chegou em 2o em 3 GPs, em 3o também em 3 GPs, 1 GP em 4o e 2 abandonos... tá com a memória boa, Fernando!


um abraço,
Renato Breder

Anônimo disse...

E ainda, apenas uma ligeira correção, Fernando...
sem querer ser chato...

Mario Andretti estreou na F1 em 1968, pela Lotus. Estréia com pole position, em Watkins Glen (seu único GP naquele ano).
Em 1969, disputou mais 3 GPs pela Lotus - nos 2 últimos, ele usou uma Lotus 63, com tração 4x4...
Em 1970, foram mais 5 GPs, agora a bordo de uma March 701, com o patrocínio da STP...
Iu seja, sua vitória no GP da África do Sul, em 1971, foi seu 10o GP...


outro abraço,
Renato Breder

fernando disse...

ah, fiz confusão com as temporadas no caso de Andretti.
imaginei que a pole em Watkins Glen tivesse sido em 69 - mas claro, não me lembrei do fato conhecido, e q estava nalgum canto do meu bagunçado porão da memória, que havia pilotado o diferenciado modelo 63, o 4X4 da Lotus.

no caso das vitórias de Hulme em 67, realmente eu supus havia mais uma vitória - fui conferir agora no statsf1, e vi que o vice foi o boss Jack Brabham, e não Clark, apesar doescocês ter assinalado 4 vitórias!
fosse no sistema proposto e alardeado por mr, Ecclestone pouco tempo atrás, de dever ser campeão o cara com mais vitórias, Clark teria tido seu terceiro título em 67.
valeu
Fernando