sexta-feira, 15 de março de 2013

Todos






























O espetáculo não é feito apenas por quem está acelerando na pista.

5 comentários:

Paulo Alexandre Teixeira disse...

Magnifique!

TW disse...

Artistas!!

Anônimo disse...

Os "tags" já esclarecem que a última foto é de antes da Segunda Guerra. Salvo engano, o carro é um Bugatti. Será que mr. Breder ou outro aficcionado poderiam fornecer informações adicionais?

fernando disse...

realmente, pelo desenho da roda e o perfil da traseira do carro (tanque de combustivel) deve ser um Bugatti.

no entanto, muito dificil dizer qual piloto, sem se ver o numeral do carro ou a face dele com definição, e sabendo que de 1930 até 33 houveram varios Bugatti largando nos GPs em Monaco.
pensei primeiro em Louis Chiron, um pouco pelo jeitão (?) do piloto na foto, mas checando a lista de inscritos achei q tambem pode ser Philipe Etancelin, piloto frances.
Chiron era monegasco, portanto uma estrela daquela prova, e venceu o GP em 1931 justo num Bugatti.
outros reconhecidamente bons pilotos em Bugattis nessa época foram Achille Varzi. Rene Dreyfus e William Grover-Williams, o vencedor do primeiro GP de Monaco em 1929.
---------------------------------
a camera é para tirar fotografias, embora do tamanho de uuma boa camera de video de hoje em dia.
a faixa no braço do figura, era o que servia como credencial nas corridas de então - na verdade foi assim na F1 até o fim dos anos 60 - ao invés de pendurada por um barbante ao redor do pescoço, era uma braçadeira feita em papel grosso, quase um papel-cartão mas maleável, onde vinha escrito 'press' ou 'mechanic' ou 'team personnel' ou 'track marshall' ou sei lá mais o quê.
------------------------------------
como é legal, 'spectator friendly', a pista de Zandvoort.
pelo esboço de cena já posto na tela, o pintor e Von Trips estão na curva - na verdade um 'kink', uma 'quebradinha' dentro de uma pequena reta - chamada Hunserug, que vem depois do conhecido hairpin Hugenholtz. que fica bem atrás dos pits.
já o esboço mostra a própria Hunserug e o aclive em curva que leva å veloz e longa curva Scheivlak, depois da qual o antigo traçado foi literalmente apagado.
não menos importante, o Zandvoort Park Circuit continua sendo 'friendly' aos espectadores: o ingresso mais barato até hoje é o q dá direito a ver as corridas de sobre as dunas - não são só areia, são cobertas por um tipo de capim - que se elevam ao redor de quase toda a pista, e em que se pode circular de um trecho a outro .
a foto de Clark no GP da Holanda/1964 num post da semana passada mostra bem um desses lugares do público.
Fernando Amaral

Juanh disse...

Hermosas fotos de ayer, las mejores en el automovilismo.
Pintar los números con pincel, ¡todo un arte!
Abrazos!
http://juanhracingteam.blogspot.com.ar/