sábado, 8 de março de 2014

Será?


Uma vez escudeiro, sempre escudeiro?

Ou quem nasceu pra figurante, nunca vai roubar a cena?

Com a palavra, Felipe Massa...

8 comentários:

Anônimo disse...

Não acho que Felipe será campeão esse ano, mas espero que ele honre as calças que veste e vá pra cima sem abrir pra ninguém, pois a Williams desse ano será muito competitiva.

Abraços,

André Duarte

Rui Amaral Jr disse...

Caro Humberto, tenho conversado muito com amigos, alguns deles grandes campões,sobre o que faz um piloto campeão...acredito que além da velocidade a grande força interior e perseverança são fatores primordiais...coisa que como vc mostra aqui sobra em Fernandito!

TheEltonToptec disse...

Esse Antonio Lobato, é o cara mais ufanista do sistema solar.

Anônimo disse...

Massa já mostrou que quando tem a oportunidade, aproveita. Isso não significa que ele fez ou irá fazer algo incrivelmente espetacular, mas faz um serviço acima da média (isso não significa título). Prova disso aconteceu em 2008, começou o ano mal, o Kimi ganhou bem mais pontos no início, a ferrari fez cagada, ele fez cagada menores no meio da temporada, a Renault fez uma super cagada que o prejudicou, porém foi quase campeão. Ótimo pelo fato de ter se recuperado durante a temporada.
Mesmo que o companheiro seja o Kimi, que é o melhor dos companheiros de equipe que alguém pode ter pelo fato de não choramingar (equipes menores)/exigir (grandes campeões) atenção da equipe em detrimento do companheiro.

Até em 2010, antes da Alemanha, Felipe não estava mal, se tivesse ganhado aquela corrida, poderia ter acabado o ano melhor, mesmo atrás do Alonso, mas com situação mais favorável. Pena não ter tido coragem para cair fora em 2010, mas ai é outra história.

Considero Massa naquele limbo de pilotos que são muito bons, mas não a ponto de serem grande campeões, que depedendo das circunstâncias e se o conjunto da obra encaixar em um ano iluminado levam o titulo. Por exemplo: Keke, Hunt, Barrichello, Petterson, Damon Hill, Button, Vilenneuve (mais pela preguiça do cidadão pós 1997), Couthard, Hulme, Alan Jones, Fretzen, Alboreto, Arnoux, Berger entre outros.


Apenas Kimi e Scheckter apesarem de ter um título, estão um patamar acima. Mesmo não sendo os mais espetaculares pilotos de suas gerações, fizeram por merecer ganhar pelos um título.


Felipe Meneses

RenatoS. disse...

TheEltonToptec...é até compreensível, afinal, a Espanha nunca teve ninguém de peso na categoria. Fernando Alonso é meio que um Emerson Fittipaldi pra eles. Abriu as portas.

No mais, aguardo reviravolta na carreira de Massa, pois acredito que o que mais lhe faltou na Ferrari foram motivos (motivação) para lutar por vitórias.

Alonso é, na minha opinião, um piloto quase completo. Faltando apenas suportar dentro da mesma equipe, outro em condições iguais.

Bom, na McLaren a gente viu que não deu.

Gabriel disse...

Essa implicância sua com o Raikkonen, Hamilton e Felipe é f*** kkkkkk

Anônimo disse...

Haja saco pra aguentar o Galvão esse ano!!!

Felipe Massa esta na mesma condição que Barrichello: "Nem título mundial salva mais a carreira". Pra Felipe ser campeão em 2014, as feras teriam que estar fora da jogada como em 2009(só Vettel vai estar fora da briga, pelo menos até Newey projetar outro carro). Massa não seria um campeão melhor que D.Hill ou J. Button(foram campeões sem rivais a altura). Observe o que fez Button em 2009, quando o carro era vencedor massacrou fazendo poles, pódios e vencendo corridas, quando o carro esteve ruim foi cerebral somando pontos pra garantir o título. Button roubou a cena na primeira parte da temporada, mas em termos de campeonato fez apenas o básico, bateu o companheiro mediano e foi campeão, coisa que Barrichello não fez...

Estatísticas 2009:

Vitórias
Button 6, Vettel 4, Webber e Rubinho 2

Pole positions
Button 4, Vettel 4, Hamilton 4

Melhores voltas
Webber 3, Vettel 3, Rubinho 3

Pódios
Button 9, Vettel 8, Webber 8

Voltas na liderança
Button 280, Vettel 212, Hamilton 182

Webber só não passou Barrichello na tabela por causa dos problemas mecânicos(Brawn-GP tinha um carro extremamente confiável graças ao motor Mercedes, caso semelhante da Williams esse ano). Flávio Gomes no vídeo abaixo após sete corridas já decretava, Rubinho não tinha mais chance de ser campeão. Detalhe, ainda faltavam DEZ corridas para o fim do campeonato.

Rubinho e o GP da Turquia 2009:
http://tvig.ig.com.br/esporte/automobilismo/rubinho-e-o-gp-da-turquia-8a49800e2b4a9e15012b4b9272b70d5e.html

Button provou que tinha CAPACIDADE pra ser campeão em 09, mas nem assim é taxado do mesmo nível de Alonso, Vettel, Hamilton ou Raikkonen. Estão fazendo muito oba-oba com Massa na Williams, mas em termos de pilotagem ele não tem como superar pilotos da Mercedes e Ferrari(vai andar na frente dos pilotos da RBR porque o carro virou carroça). Button, com um carro decente pode voltar andar bem, é outro piloto que Felipe tem que superar. Massa pode fazer uma boa temporada com pódios e até vitórias, mas isso também pode ocorrer com Bottas, o finlandês é a aposta no time de Frank Williams, no final o talento prevalece. Já tem enquete colocando Massa como campeão em 2014, vamos com calma... a briga de Felipe é diretamente com Bottas, se for superado no mundial pelo companheiro, pode jogar um pá de cal nesse assunto, nasceu pra ser figurante como Rubinho.

Os melhores brigam diretamente pelo título: Rosberg, Hamilton, Alonso e Raikkonen(quem sabe Vettel se Newey acertar o carro até a metade da temporada). Em 2009 lembro muito bem de um comentário na net: "Sem Alonso, Raikkonen, Hamilton e Massa na briga pelo título nosso Rubinho pode virar o jogo bater o mediano Button e ser campeão"...deu tudo errado!

Button foi campeão, Vettel a confirmação de um talento, e Rubinho de novo reclamou muito e virou figurante...

Não temos um piloto 'fora de série' esse é o problema, se Bruno Senna fosse acima da média estaria na Williams em 2014, quem sabe ao lado de Massa, ou Bottas. Nasr já começou como terceiro piloto pagante(dois anos de GP2 e nem venceu corrida), assim fica difícil. Que fase da Alemanha na Formula Um, quando não tem Vettel na briga pelo título, tem Rosberg e com carro alemão. Lembrando que Alemanha e Áustria são nações irmãs, e Vettel foi tetracampeão com carro austríaco...

Marcelo

miguel fernandez disse...

tenho que dicer...para min a melhor ultrapassagen da temporada, f1 en estado puro...dois carros por equipo lutando JUNTOS para superar un carro de uma outra equipa...lindo.

e, se os compañeiros trocaran os papeis seria igual de emocionante...

saudos