quarta-feira, 2 de julho de 2014

Rascunho com Recados













ATS. 1983.

Ah, a razão...

Quer dizer que a Renault não estava vendendo nada?

Você já sabia que era apenas um recado.

Uma pressão.

Volte uns Rascunhos para conferir.

Sobre isso uma notinha.

O Tordo diz que a Red Bull irá despejar alguns milhões para que a unidade de
força francesa possa em 2015 atingir, enfim, suas expectativas.

Alguns meios de comunicação cravaram Colin Kolles como o novo chefe de
equipe da Caterham.

Kolles que estava ligado ao projeto da Forza Rossa iria abandonar o barco?

Porém, confirmando a venda da equipe de Leafield para um grupo formado por
investidores da Suíça e do Oriente Médio, Christijan Albers assume o posto como
chefe do time.

E Kolles?

O sujeito atuou como conselheiro na compra.

Olhando as contas do Queens Park Rangers. o time de futebol de Tony Fernandes,
o malaio precisava mesmo escolher entre os dois esportes.

Lembrando que Fernandes comprou o QPR da dupla Ecclestone - Briatore.

Caterham, Caterham e Caterham, no entanto descubro que quem tem um plano
interessante e ambicioso na Fórmula 1 é a Marussia.

Plano de longo prazo.

Agora vamos fazer um exercício de lógica.

Fácil.

Como uma conta de 2 + 2.

Bernie Ecclestone ameaça Monza.

A opção italiana seria seria mudar o GP para Mugello.

A Ferrari está em silêncio.

Por acaso a Scuderia Italiana é a proprietária de Mugello.

Fácil de entender, não?

Falando em Bernie e Ferrari, o Big Boss da Fórmula 1 (que quer ver Vettel em
Maranello) pergunta:

"É melhor uma Caterham ou um terceiro carro da Ferrari?"

6 comentários:

Anônimo disse...

Corradi, mas Monza também não pertence à Ferrari, asism como SanMarino?

Danilo Cintra

Anônimo disse...

O ideal seria manter monza e colocar mugello como o gp do mediterrâneo e tirar algum circuito caça-níquel.


Felipe Meneses

Renato Santos disse...

Obrigado pelo rascunho! Eu estava ficando sem ar!

Renato Santos disse...

Bernie quer negociar com empresas, não com governos?

Emerson Fernando Pippi disse...

A idéia de 3 carros é boa. Aos garagistas, somente com a volta da venda de chassis a F1 ficaria viável.

Anônimo disse...

Então as últimas sandices do velhote têm dedos dos carcamanos da Estaberria? Por que não me surpreendo?

Eduardo Casola Filho