quinta-feira, 10 de julho de 2014

Rascunho Normal























Tipo Copa do Mundo.

Um argentino na Alemanha.

No paddock de Silverstone circulou o boato que Romain Grosjean poderia deixar
a Lotus ao final desta temporada.

O destino seria a McLaren.

Falam até num posto de piloto de teste.

Lembrando que o bom piloto francês carrega na mochila um patrocínio de 5 milhões
de Euros da petrolífera Total.

Rob Smedley falando que (comparando com sua passagem pela Ferrari) Felipe Massa
está mais calmo na Williams.

Sei.

Mas isso é bom ou mau?

Tem jornalista cravando que na Sauber sai Esteban Gutierrez e entra Giedo Van
der Garde.

A McLaren está no mercado usando seu poder.

Os (mais de) 100 milhões de Euros que a Honda vai despejar anualmente na equipe
estão sendo usados para convencer as estrelas do grid a se mudarem para lá.

Metade dessa grana seria exclusivamente direcionada para o salário de primeiro
piloto.

Existe uma certa ansiedade em encontrar logo um nome de peso para o posto.

Explico.

A temporada de 2015 será a única que o time de Woking contará com a exclusividade
do motor japonês.

Depois disso a coisa estará aberta para quem quiser.

E a Red Bull, que já está negociando há algum tempo com a Honda (que está construindo
uma instalação de desenvolvimento em Milton Keynes perto da sede da escuderia do energético),
parece querer.

2 comentários:

Renato Santos disse...

Ah... esses rascunhos são babáveis... obrigaaaado Corradiii...

Anônimo disse...

O Massa está mais calmo na Williams, bem calmo, muito calmo, tão calmo que o Bottas já está dando um caldo no "1o piloto". De tão calmo, o massa vai acabar por cochilar no volante e bater no muro outra vez.

Danilo Cintra