domingo, 6 de julho de 2014

Rascunho - Silverstone























Ele voltou para a briga!

O mais legal foi ver um piloto vencer em casa.

Isso sempre ajuda na renovação do público da Fórmula 1.

Ainda mais depois do fracasso da Inglaterra na Copa do Mundo.

Agora um lamento.

Ver a impressionante batalha de Sebastian Vettel com Fernando Alonso causa
melancolia.

Dois pilotos espetaculares que deveriam estar lutando por vitórias.

Um verdadeiro desperdício.

Amigos, Valtteri Bottas precisa provar mais alguma coisa?

Outra coisa.

O piloto da Williams chegou uns 30 segundos atrás da Mercedes.

Mas largou muito atrás.

E se tivesse começado numa posição melhor?

Kimi Raikkonen não vai abandonar a Fórmula 1 após deixar a Ferrari no final
do ano que vem (ou neste ano).

Podemos afirmar que o finlandês já tem um (bom) cockpit na categoria para
descansar sua cabeça depois de (ou durante) 2015.

Você lembra daquela história do patrocínio russo na Sauber?

A equipe acredita que está tudo bem encaminhado.

A Lotus parece ter acertado tudo (no papel, contrato mesmo) com a Mercedes
sobre o fornecimento da unidade de força.

Inclusive pediram para a PDVSA bancar a quebra do acordo com a Renault.

O pessoal de Estone também se movimenta em outra frente.

Há conversas adiantadas com a Imperial Tobacco.

Empresa que controla várias marcas de cigarro (entre elas a JPS).












O modelo de patrocínio seria semelhante ao adotado entre Marlboro e Ferrari.

Clique aqui para entender.

Sinais de fumaça novamente na categoria máxima do automobilismo?

Pode ser.

Ao mesmo tempo a rica Unilever (Rexona) deve se mudar da Lotus para a McLaren.

Um dinheiro pesado.

Marca que poderia substituir a Hugo Boss que, depois de mais de mais de 30 anos
nos carros de Woking, está partindo para a Mercedes.

Notaram as movimentações das marcas por conta da troca de motores?

8 comentários:

Jobson Mendes disse...

Corradi!

Legal que essas pinturas retrô, sempre tem a base do carro da McLaren do ano passado!

Como eu falei no começo do ano aqui no seu blog, o Bottas seria um dos destaques de 2014...

Danças dos motores e patrocínios, interessante!

Abraço!

Marques disse...

Bem interessante as movimentações para o ano que vem. Kimi na Mclaren?

Acho que Bottas não faria frente a Hamilton, já que Lewis andou em ritmo controlado após Rosberg sair.

Vettel está sofrendo o que outros grandes pilotos sofreram antes, normal, vida que segue. Mas o detalhe é que mesmo fazendo boa prova tomou do companheiro de equipe de novo...

A Hugo Boss sair da Mclaren é algo digno de nota, tempo de grandes mudanças em Woking.

Marques disse...

Ah e mais uma coisa, depois de toda a choradeira no começo do ano acho que as coisas se estabilizaram, tivemos ótimas corridas esse ano, as 3 últimas foram muito boas.

Emerson Fernando Pippi disse...

Chato foi o mimimi de Alonso e Vettel durante a disputa. Um reclamando dos movimentos do outro por pura picuinha. Isso não foi digno da linda disputa.
Vale lembrar que a diferença de Hamilton para Bottas teoricamente é bem maior que a final, pois Lewis fez uma parada a mais somente por segurança.
Fiquei curioso sobre o futuro de Kimi. Pistas?

Emerson Fernando
Fórmula Retrô

Richard disse...

Excelente corrida, mas sem teoria da conspiração, hoje novamente o pit stop do Hamilton foi lento, na casa de 4,2, e o do Rosberg em 2,7.
Não houve comentários devido a vitória, mas se ele não tivesse vencido, hum....
Que duelo!!!!

Társio disse...

Lotus JPS? Seria sensacional com um carro melhor. Está de dar pena a situação de Grosjean e Maldanado.

E a Mclaren precisa de mudanças mesmo. É uma pena ver minha equipe favorita sendo engolida por todas as grandes :(. Que a Honda faça um foguete para 2015!

Bottas impecável. Está carregando a equipe nas costas, assim como faz Alonso na Ferrari. E o carro da Williams Martini não é apenas o mais belo do grid.

E por ultimo e mais importante: mas que belissima briga entre Vettel e Alonso. Usaram tudo o que tinham, até mesmo o radio! Uma guerra dentro e fora da pista. Não sou lá muito fã do espanhol, mas é de se tirar o chapéu. Segurou Vettel numa pista larga e com muitas curvas de alta (que favorecem o Red Bull), por umas 12 voltas, com pneus mais velhos, e principalmente com uma Ferrari que era bem mais lenta que a Red Bull (como se viu após a ultrapassagem...). Ferrari por favor, dê um carro campeão para o espanhol!

Esta foi uma bela corrida!
Abç
Társio

Anônimo disse...

Considerando o jeito que o Kimi voltou para a pista, não caberia alguma punição? Saiu do traçado e voltou acelerado, causou um acidente... se fosse de equipe menor ia perder 5 posições na próxima corrida. Não que eu ache que deva ser punido, mas como 90% das punições são pura frescura atualmente...

Cristiano

Anônimo disse...

O Boullier deixou escapar na Áustria que quem eles querem não é nenhum dos pilotos que a mídia fala, ou seja, não seria Alonso, nem Vetel nem Hamilton...