domingo, 5 de julho de 2015

Rascunho Silverstone
























O homem que aparece ao lado de Christian Horner é Andy Palmer.

Na época em que a imagem foi feita, Palmer celebrava a parceria vitoriosa com a
Red Bull pois era presidente da Infiniti (Nissan).

Pois bem.

O tempo passou e Palmer em setembro do ano passado trocou de time ao assumir
o comando executivo da Aston Martin.

Aproveitando os laços criados no passado, a escuderia de Milton Keynes fez
a proposta para a Mercedes (ligada a tradicional marca inglesa) de contar com
o motor alemão alterando o nome da equipe para Aston Martin Red Bull Racing.

Vai rolar?

Não sei.

Porém podemos dizer duas coisas.

Antagônicas.

A primeira.

Alimentando os rumores Andy palmer circulava no paddock de Silverstone.

A segunda.

Niki Lauda se mostrou bastante incomodado com a história.

E rasgou.

Disse que Dietrich Mateschitz vem sondando a estrela de prata há muito tempo
e que as relações com o empresário austríaco não são boas.

Mais.

Lauda deu a entender que os alemães já fornecem suas unidades de força para
quatro escuderias e que passar disso seria uma temeridade.

E ainda.

Que eles não estão interessados numa equipe que trata sua atual parceira de motor
(Renault) da forma como tem sido demonstrada nos últimos tempos.

Steve Robertson já enviou a proposta de renovação de contrato de Kimi Raikkonen
para a Ferrari.

Tem um pequeno aumento salarial e bonificação por pontos.

A Ferrari ficou olhando e só.

Existe uma porta.

A Williams.

O campeão de 2007 poderia ser usado como moeda de troca (que final...) na
negociação do passe de Valtteri Bottas.

Por fim.

Lembra que você leu por aqui que o Santander caminhava para deixar a Scuderia
Italiana?

Então.

Maranello sinaliza um movimento para trazer de volta o ânimo da instituição financeira
espanhola.

Pra isso estuda trazer Carlos Sainz Jr. para suas fileiras.

Não é nada imediato.

A juventude do piloto espanhol ajuda para que um acordo apareça apenas daqui a
duas temporadas.

Por fim.

Notou a dificuldade de Lewis Hamilton e Nico Rosberg atrás das Williams?

Claramente o bólido prateado foi feito para andar de cara pro vento.








4 comentários:

Rafael Pacheco Velho disse...

Massa x kimi em 2016 ? A vida do massa seria facilitada .. Ou não ?

jhonnydias disse...

Em entrevista, Kimi disse que se nao renovar com a Ferrari nao continua na F1. Ja Felipe Massa deve aproveitar essa temporada e a de 2016, pois nao acredito, e o cenario nao sinaliza a presença do brasileiro para a temporada de 2017.

Eduardo Casola Filho disse...

Esse Andy Palmer é parente do Dr. Jonathan (piloto de longa data) e do seu rebento, Jolyon (atual reserva da Lotus)?

Sobre a quantidade de equipes com UP da Mercedes, teoricamente não haveria tantos riscos se a Lotus passar para as mãos da Renault, pois aí abriria uma vaga para os rubrotaurinos.

No entanto, desta vez o Lauda tem razão. Os energéticos são muito folgados no tratamento aos seus fornecedores. Durma-se com um barulho desses...

Marcos José disse...

Só falta a Ferrari "fechar" com o Bottas para depois mandá-lo pra Haas!! Alonso poderá aparecer na "Renault" pra 2017 e tendo Lawrence Stroll (no caso de seu acordo com a Williams não for adiante) como um dos donos da equipe? Será que a Toro Rosso também virá de Mercedes pra 2016 e por isso o uso do nome "Aston Martin" pela Red Bull?