segunda-feira, 14 de março de 2016

Aussie
























Austrália.

Karl Wendlinger em Adelaide.

Meados dos anos 90.

Petronas, Red Bull....

E aí?

Alguém saberia dizer que motor empurrava este carro?

29 comentários:

Unknown disse...

Motor amerciano, FORD!

João Oliveira disse...

Sauber Mercedes hehehehehe ???

harerton disse...

Cosworth??

Anônimo disse...

Ford!
Mas não porque lembro, mas sim porque na carenagem tem o simbolo da montadora :D

Silvestre Zanon disse...

Motor Ford. O oval na carenagem entrega. Mas tenho quase certeza que não é um F-1

Vinicius Rodrigues Fialho disse...

Motor Ford

jorge maxwell Lisboa disse...

Creio q era um Ford Coswort. No capacete, acima da viseira tem um logo da montadora.

Alessandro Seara disse...

Ford...

Eram os tempos em que a Sauber era equipe oficial da fábrica.

Anônimo disse...

Ford-Cosworth ECA Zetec-R

Mateus disse...

Caro Corradi:
Esse carro é o modelo C14, usado pela equipe Red Bull Sauber na temporada 1995 da F1.
O bólido era empurrado pelo motor Ford ECA Zetec-R3.0 V8.
Na foto, vemos o austríaco Karl Wendlinger no GP da Austrália de 1995.
Ele havia sofrido um terrível acidente nos treinos oficiais para o GP de Mônaco de 1994 e chegou a ficar em coma.
Conseguiu recuperar-se e, em 1995, voltou para assumir o carro 29 da equipe suíça, fazendo dupla com o alemão Heinz-Harald Frentzen (carro #30).
No entanto, o desempenho de Wendlinger foi decepcionante: ele participou das primeiras 4 provas da temporada 1995, mas não somou ponto. Foi substituído pelo francês Jean-Christophe Boullion nos GPs de Mônaco, Canadá, França, Inglaterra, Alemanha, Hungria, Bélgica, Itália, Portugal, Europa e Pacífico.
Nos dois últimos GPs da temporada (Japão e Austrália), Wendlinger retornou, mas não obteve resultados dignos e, assim, encerrou sua carreira na F1.

elrichard disse...

Sauber Ford. O primeiro jogo de F1 pra PlayStation, com Diniz e Moreno na Forti.

Unknown disse...

Que carro lindo!
meados do anos 90.....se não me engano, mercedes! correto?
abraços
Osmar

Marcelo Saldanha da Silva disse...

O motor era o Ford Cosworth, o chassis era C14 da Sauber

Minatto Mercado São Bento disse...

ford

LGD disse...

Sem pesquisar, nem saber o ano (comecei a acompanhar F1 pra valer de 97 pra frente)... somente pelo logo ali na frente que parece ser da Ford, chutaria o Ford Cosworth.

Leandro Angelo disse...

Ford Cosworth

Henrique Ebert disse...

eu ia chutar mecedes...

mas acho que vi algo que se assemelha ao oval azul da FORD. Fico com a americana.



Renato Santos disse...

Ah, delaide... que pista!

Tinha um trecho entre muros, que desafiava a paciência do piloto.

Porque o verdadeiro artista sabe soltar os bichos e puxar sua própria rédea.

E, sim, estou,

descaradamente, na maior cara de cavalo de pau,

imitando o estilo de escrita de nosso tão querido blogueiro.

Imitação é uma forma de homenagem, embora naquele rolo entre a McLaren e a Ferrari não saiu ninguém sentindo-se homenageado!

O motor era Mercedes, depois que Googleei, me lembrei, mentira.

Abraços aos PetrolHeads!

Renato Santos disse...

Ainda sobre Ah, delaide, tinha um retão cheio de bumps que entrava numa área cheia de árvores, era uma parte obscura da pista. o Piquet fez algumas das aprontadas dele lá. Lá também o Hakkinen bateu muito forte, quebrou a face, dentes, foi um terror. Cheia de curvas de noventa graus, estreita em muitos pontos, sem áreas de escape, tinha tudo para dar errado, mas foi excepcional enquanto durou.

E eu gosto das noventinhas.

Tiago disse...

fóde!

Anônimo disse...

Karl Wendlinger pilotando uma Sauber C14.
O 'glorioso' motor desse carro era o Ford Cosworth ECA Zetec-R, um V8 de 3 litros (na foto, meio borrado, dá para ver o logo elíptico da Ford bem embaixo das patas traseiras do touro vermelho).

Além da Petronas e Red Bull, praticamente introduzidas no mundo da F1 pela Sauber, nos 2 anos anteriores s Sauber usava motores Mercedes-Benz! O retorno da estrela alemã de três pontas à F1 foi pela equipe suiça.


um abraço,
Renato Breder

Michael disse...

Ford. Está no carro...

Michael T. disse...

Sauber C14, empurrado por um motor Ford ECA Zetec-R V8 aspirado

Anônimo disse...

Último GP dos bons tempos em que era possível distinguir (não para mim, na época) qual carro estava se aproximando pelo barulho do motor... V8, V10 e V12 na mesma arena!

E hoje temos de engolir essas enceradeiras. Aliás, alguém aí lembra do motivo que causou a padronização da cilindrada e quantidade de cilindros no ano seguinte, de 1996?

Abraço,
Eduardo Moreno

Rafael Vieira disse...

Então, se não fosse pelo logo na carenagem e capacete eu não saberia que era Ford e mto menos uma Sauber, todavia, tem um papo nos EUA que a Ford poderia estar avaliando um retorno a F1, mas nada de pseudo-nomes como Jaguar ou Lincoln, Fordão mesmo. Inclusive a entrada em Le Mans tem uma pontinha disso, para provar que nada melhor que competição para fazer a marca super popular novamente.

Anônimo disse...

Motor Ford Cosworth.

A Sauber foi empurrada pelos motores americanos no período entre Mercedes/Ilmor e Petronas (Ferrari).

Sobre o Wendlinger.
Foi talvez o maior exemplo de como um acidente grave pode prejudicar a performance do piloto.

Arthur Simões

Anônimo disse...

Para o anônimo que perguntou da mudança de motores em 1996, na verdade foi só a redução da cilindrada de 3500 para 3000 cc a partir de 1995, a possibilidade de ser V12 vigorou até 1999, onde se padronizou V10 para os motores a partir de 2000. A Ferrari ainda insistiu no V12 para 1995, mas na época falava-se que o V12 era mais pesado e consumia mais, e a partir de 1996 passou a usar um V10 também.

Cristiano Buratto

Silvestre Zanon disse...

Em 1990 Karl Wendlinger não estava na F-1. O motor é Ford. E como disse lá em cima que tinha quase certeza que não era um carro de F1....vou chutar F-3000

Unknown disse...

Fordão