segunda-feira, 31 de outubro de 2016

Clipping































Piadinha da Mercedes.

Mas cabe uma pergunta sobre a prova no México.

Por que Verstappen foi punido por cortar caminho em uma disputa de posição
em que estava sozinho e Lewis Hamilton (que fez a mesma manobra na largada)
não?

Dois pesos e duas medidas?

Na corrida em Austin, Fernando Alonso fez uma manobra suspeita sobre Felipe
Massa.

Sem consequências.

Levanto outra questão.

Qual seria a razão de Vettel (em Silverstone) e Rosberg (em Hockenheim) serem
penalizados em situações análogas ao do piloto espanhol?

A arbitragem da Fórmula 1 parece não ter coerência.

Foice e Martelo

Na disputa pela vaga na Force India há uma briga que envolve forças poderosas.

A Mercedes (fornecedora de motores) quer Esteban Ocon ao lado de Sergio Perez.

Já Bernie Ecclestone tenta encaixar Felipe Nasr.

A Globo fala em detalhes para a confirmação do brasileiro.

No paddock cravam que a vaga é do francês.

Meu Grid 2017 (1)

Se tornou pública a proposta da Haas para Kevin Magnussen.

Meu Grid 2017 (2)

Interessante foi ver a reação de Pierre Gasly ao saber da confirmação de Daniil
Kvyat na Toro Rosso por mais uma temporada.

"O que aconteceu???"

O comando dos energéticos já havia deixado claro para o menino que o lugar
seria dele.

As coisas mudam.

Upgrade

Williams e Force India estão melhorando suas performances.

A culpa é da atualização das unidades de força.

Estágio

A Audi deixou o WEC e foi para a Fórmula E.

A decisão foi tomada faz tempo.

Só que o destino seria a Fórmula 1.

O escândalo da fumaça atrasou o plano.

Entretanto estive olhando os recentes gráficos de vendas da Volkswagen.

Acho que a Red Bull não vai ficar dependente da Renault por muito tempo.

20 comentários:

Társio disse...

Disse tudo, Corradi. Os comissários da F1 parecem a arbitragem da CBF.

Era só não punir ninguem que não haveriam problemas.

Abç
Tarsio

Unknown disse...

Nessa da Red Bull tem uma curiosidade: a parceira global da Audi é a Castrol, que aliás é parceira no DTM e WEC, portanto não faria o menor sentido buscar a Exxon Mobil agora...

Jeferson Araújo Pereira disse...

Vi a corrida e revi os "momentos polêmicos": as imagens são bem claras.Hamilton tinha que ser punido na largada, Versatappen mereceu a punição e o Vettel, em relação ao Ricciardo, também mereceu ser punido.

Mas com o Vettel a coisa toda é mais complicada.Em um dos treinos livres ele chamou o Alonso, via rádio, de idiota.Na corrida, também via rádio, depois de ficar umas 10 voltas atrás do Massa e não conseguir ultrapassá-lo, ele disse que o Massa é estúpido.Detalhe importante: Massa não foi desleal.Jogou limpo o tempo todo.

A verdade nua e crua:Vettel é um babaca megalomaníaco que acha que o tetra lhe dá direito de detonar todos os pilotos do grid. Alguém na Ferrari precisaria falar com ele o óbvio: ele está doente, precisa se tratar.Há muitos psicólogos e psiquiatras em qualquer pais europeu.Só que ninguém da Ferrari tem coragem de dizer isso.

E só lembrando: o Schummy é hepta.Existe alguém na história da F1 que tem mais títulos do que o Vettel.

Jeferson Araújo Pereira disse...

Vettel - Parte 2 - A Missão:

A culpa de tudo é do Mark Webber. Se ele não fosse um piloto tão ruim, tão medíocre, Vettel não teria quatro títulos e, provavelmente, seria mais educado e não ficaria chamando seus colegas de profissão de idiota e estúpido.

Vettel ficou muito tempo largando na frente,nos tempos de Red Bull, e não sabe ,ou melhor, não aceita, pilotar em qualquer posição que não seja a primeira.

Pelo que eu leio nesse blog há muito tempo, acredito que 90% dos leitores daqui concordam que se nos tempos de Red Bull tivéssemos Alonso ou Hamilton no lugar do Webber, a história seria bem diferente.

Gabriel Pereira disse...

Nossa que revolta do cidadão aqui em cima kkkkkk
Acabou com a carreira do cara só por causa das comunicações via Rádio.
O resto que você disse é balela!
Ninguém é campeão 4x vezes por acaso meu amigo.
Soubesse você disso talvez não falasse tanta bobagem.
E olha que nem sou fã assim do Vettel mas reconheço os talentos do Tião.

Jeferson Araújo Pereira disse...

Vettel - Parte 3 - O Resgate

Sim, ainda as mensagens de rádio. Penso que eu tenho o direito de digitar o que eu quiser,desde que eu não ofenda ninguém.Esqueci de comentar o quanto o Vettel foi amável com o Charlie Whiting...

Ao leitor Gabriel Pereira: tenho 55 anos e acompanho religiosamente a F1 desde 1972.Não escrevi nenhuma bobagem.Eu entendo de F1.

Infelizmente, não dá para mudar o passado. Volto a insistir: se os companheiros de Vettel na Red Bull, fossem pilotos do nível do Alonso e do Hamilton, Vettel seria, talvez, apenas campeão.Aliás, com o Mark Webber como 2º piloto, e com aquele foguete da Red Bull nas mãos ... ah, deixa pra lá. Os leitores que não gostam do Vettel já entenderam.

Mateus disse...

As cortadas de Hamilton e Verstappen não foram iguais. Portanto não pode-se dizer que foram 2 pesos e 2 medidas.
No lance do inglês (que foi inteligente), ele tirou o pé durante e após. Eu percebi que ele estava lento enquanto na grama, e foi comprovado via telemetria que ele tirou o pé.
No lance do holandês, ficou claro que ele ganhou velocidade e abriu vantagem de Vettel. Merecendo assim a punição. Inclusive acho que a punição foi branda devido ao desrespeito à ordem da equipe de deixar o Vettel passar.
Questionável apenas a punição a Vettel pois essa medida de "não mudar de trajetória enquanto freia" acho uma tremenda Bullshit.

Abraços!!
Mateus Longo

Anônimo disse...

Uns pitacos...


PETROLEIRAS...

Sei não...

o que eu ouvi é que a McLaren está trocando de fornecedora de óleos (lubrificantes) e combustível. Sai a Esso e entra a British Petroleum (BP). E a expectativa é que a marca 'Castrol' seja a utilizada pela BP nos carros da Mclaren no ano que vem...

VETTEL

Max Verstappen mandou bem nas entreistas pós GP. Disse que o Vettel precisa ser reeducado (pois fala muito palavrão) e é atualmente um piloto frustrado ("desconta" a frustração em cima de outros pilotos).

A pressão na Ferrari é imensa! Vettel e Arrivabene que o digam...

PUNIÇÕES

Se em lugar de grama (natural ou artificial) ou mesmo das áreas asfaltadas (com asfalto mais áspero) houvesse uma caixa de "brita" ou areia, Hamilton, Verstappen, Rosberg, Pérez e até o Ericsson (mais alguém?) não teriam terminado a corrida!

Era uma burocracia a menos para a F1...

Já a 'mudança de direção em frenagem' é algo que todo mundo sempre fez, em maior ou menor escala. Uma vez que ela agora está proibida pela FIA - o que eu acho muito "mimimi" - e prevê penalização a quem a pratica, Vettel mereceu mesmo ter sido punido!

Só não entendo - deve haver um critério - porque 5 segundos pra um e 10 segundos pra outro...

Xingar tanto no rádio é passível de punição?
E tornar público tais xingamentos? Afinal, há uma "moderação" nos áudios que vão ao ar pela... FOM?



um abraço,
Renato Breder

Marques disse...

Pq Hamilton não era ameaçado por ninguém, tinha mais de um carro de vantagem e não se beneficiou em nada com o que aconteceu, já que teve um SC logo nos segundos após a saída de pista. Além de que em largadas eles são bem mais lenientes.
O menino que não pode ser contrariado forçou a freada e foi fora da pista para não perder a posição, Vettel já estava quase do lado. Essa é a diferença.

Nada sobre temporada do tetra? Nada quanto ao seu comportamento infantil?

P.s: Rosberg em Hockenheim nem a curva tentou fazer, foi reto no adversário. Essa FIA, deve ser um complô contra os germânicos...

E Hamilton vai perder o título na explosão do motor.

Fidel Miño disse...

"Se em lugar de grama (natural ou artificial) ou mesmo das áreas asfaltadas (com asfalto mais áspero) houvesse uma caixa de "brita" ou areia..."
Isso mesmo, Renato.

Marcos José disse...

Olha...não é por nada não...mas acho (mas poderei está enganado) que veremos uma "grande surpresa" nesta vaga na Force India (nem será o Felipe Nasr e tão pouco o Esteban Ocon...) e este "piloto escolhido" pela equipe indiana...está atualmente numa equipe que quer trocá-lo pra 2017 por um certo piloto dinamarquês!! Então Corradi, você acredita que o plano da VW é entrar na F1 em 2019 (talvez!?) e na Red Bull (lembrando que este "novo acordo" que a Red Bull fez com a Renault só terminará em 2018), mesmo ela (VW) já tendo um "envolvimento" na F-E?? E pra terminar...não ficarei surpreso no caso do Felipe Nasr não vier anunciar "qual será a sua equipe pra 2017" no GP do Brasil e sim "adiar" a sua decisão para o GP em Abu Dhabi para ser anunciado por uma certa equipe amarela (que será azul) em 2017...

Jefferson disse...

Corradi vamos falar sobre 'il prediletto'!
Mas estou ponderando mudar o apelido dele para 'il piagnucolone'! Kkkkkk
E Riccardo vai decidir o titulo em favor do inglês.
Em tempo, meu chara disse a verdade, mesmo eu nao concordando com todas as suas opiniões. Save Lewis!

Fabrizio Salina disse...

A questão da caixa de brita e o atual (baixo) nível de pilotagem foi muito bem analisado pela Julianne Cerasoli em seu blog.
Infelizmente, a segurança extrema deu margens à manobras impensáveis em tempos idos, naqueles que pista realmente era só a faixa de asfalto.

Agora, se aquela disputa entre Vettel e Ricciardo é ilegal, fechem o buteco e mandem a moçada ir jogar golfe.

Jeferson Araujo Pereira disse...

Muito oportuno o Renato Breder ter voltado a tocar nesse assunto que comentamos aqui no início e no meio do ano.Se todos os autódromos tivessem caixa de brita ou areia em toda a sua extensão, a disputa estaria totalmente liberada e seria muito mais emocionante.Errou feio e saiu da pista? Sua corrida acabou.Tchau.

Algumas áreas de escape - asfaltadas!!! - são tão grandes que dá para estacionar uns 30 carros.Parece estacionamento de shopping.

Jeferson Araujo Pereira disse...

Falamos muito sobre punições, e esquecemos de comentar o principal acontecimento, pelo menos na minha opinião, da corrida: Hamilton igualou as 51 vitórias do Prost. Não é todo dia, ou melhor,todo ano, que isso acontece.

Silvestre Zanon disse...

Renato Breder foi perfeito quando citou as "caixas de brita".

juniorcaixote disse...

A comparação é ridícula.
Hamilton na largada, pneus frios, freios frios e não levou vantagem, acusado pela telemetria.
O Vettel, logo logo vai ter o mesmo apreço que os pilotos do grid têm pelo Verstappen, se não deixar de ser essa biba chiliquenta. Reclamar de retardatários que não respeitam bandeiras azuis tudo bem até, mas xingar o Massa - com quem estava DISPUTANDO uma posição - de estúpido porque não abriu, estendeu o tapete vermelho e cobriu de flores pra ele passar foi R-I-D-Í-C-U-L-O demais. E xingar o Charlie, então? Você não fica "corado" de defender esse cidadão? Pano rápido...

D.Zanette disse...

Estou vendo muito puritanismo em relação aos palavrões e reclamações via rádio. Deixa os caras xingarem, estão ali na adrenalina da corrida, não vão medir as palavras mesmo.
Imagino o quanto de palavrões e xingamento que não teriam nos rádios de Senna, Piquet, Mansell, Lauda entre muitos outros.
Sobre motores, será que a Red Bull estaria disposta a passar alguns anos com equipamento em desenvolvimento, semelhante ao que a McLaren vem enfrentando com a Honda? Ou passaria essa missão para Faenza?

Adalberto Camargo disse...

Certeza.

Anônimo disse...

Talvez o ideal seja fazer uma marcação por onde os pilotos possam voltar lá no fim da área de escape, como visto em alguma pista de rua dessa temporada (Russia?), aí seria obrigado a dar a volta e perder tempo. Tem que ver a questão de ganhar vantagem ou não, se o Hamilton aliviou o pé e o Verstappen manteve acelerado já seria uma boa explicação. Lembrando da ridícula não punição do Rosberg em um Q3 esse ano, aliviou tanto que fez a pole, mas garantiram que ele aliviou o pé e perdeu 0,1s. O caso do Verstappen também vejo que querem domar o ímpeto do rapaz antes que alguém se machuque. Quanta punição tomaram Maldonado, Grosjean, etc., e outros não.
Lembro do Kimi saindo da pista em Silverstone/14 e voltando acelerado e causando um acidente com o Massa, ficou como incidente de corrida, acho que nem investigado foi, ao passo que os novatos e equipes pequenas vira e mexe tomam punição.
Entra aí também o jogo político da F1, a quem interessaria punir Hamilton e acabar o campeonato antecipadamente?

Cristiano Buratto