quarta-feira, 4 de janeiro de 2017

Clipping

























O francês Patrick Tambay experimentando a Ferrari em casa.

Dupla

A Sauber finalmente parece ter definido sua dupla de pilotos.

Pascal Wehrlein estará ao lado de Marcus Ericsson.

Interessante que o primeiro nome da lista era o de Rio Haryanto.

Entretanto como a Pertamina retirou o apoio ao piloto indonésio, o caminho
ficou aberto para Pascal.

Férias

Quer curtir os testes da Fórmula 1 em Barcelona?

E ainda tendo acesso aos bastidores das equipes?

Basta pagar.

Quer saber quanto?

Eu te passo os preços.

A Red Bull cobra 600 euros por dia pelo privilégio.

Já a Force India trabalha com a diária no valor de 645 euros.

E se você é um apaixonado pela Ferrari é só desembolsar 1230 euros.

E aí?

Vale?

Regulamento

O desenhista chefe da Ferrari, Simone Resta, questionou a FIA sobre sistema
de suspensão utilizado pela Mercedes.

A pergunta foi simples.

Pode?

A questão era saber se esse sistema violava o artigo 3.15 do regulamento técnico
da categoria.

O artigo em si efetivamente proíbe dispositivos aerodinâmicos móveis, pois os mesmos
poderiam ajudar na performance dos carros.

A coisa tem por objetivo auxiliar os pilotos a serem mais agressivos com freios, ao
mesmo tempo que auxilia na gestão dos pneus.

Charlie Whiting respondeu que qualquer sistema de suspensão que trabalha desta
forma não estava em conformidade com o regulamento.

E agora?

A Scuderia Italiana levantou uma lebre e tenta vencer essa batalha contra a Mercedes
e a Red Bull, que também usa a artimanha.

(veja o vídeo abaixo)

Vai mudar alguma coisa?

Penso que se a FIA achar que, barrando o sistema, a competitividade vai aumentar,
certos designers ficarão com projetos atrasados.

É...

O campeonato já começou!


11 comentários:

Renato Santos disse...

Ah... o ano começa bem com um clipping Corradiando.
Obrigado, amigão

Jeferson Araujo Pereira disse...

Se o Charlie Whiting já foi "acionado",e a questão já está em sites e blogs sobre F1, então a coisa toda não admite mais um meio termo: ou libera para todas as equipes, ou proíbe totalmente.Acho que a tendência é proibir.

Jeferson Araujo Pereira disse...

Christian Horner é muito cínico (eu pensei em digitar canalha, mas achei melhor não baixar o nível).

Ele disse que "o domínio da Mercedes não é saudável".Quando a Red Bull ganhava tudo, ele ficava bem quietinho...

Se a Red Bull voltar arrebentando em 2017, aí ele não fala mais nada.

Felipe Corrêa disse...

Corradi boa noite!!! Feliz ano novo!!
Se o Pascal for confirmado na Sauber e Bottas na Mercedes, como ficam os Brasileiros? Nasr na Manor e Massa na Williams? Forte abraço do sul.
Felipe Carvalho

Daylson Elder disse...

Tem que ser proibida pra todas as equipes pra não ter ninguém com privilégios.Assim como a Williams na década de 90 com aquele carro que Senna chamava de "outro mundo",pilotado pelo Mansell.A williams teve uma vantagem absurda.

Eduardo Sacramento disse...

Desde já votos de um feliz 2017 para o Corradi e todos os leitores, afinal nem todos postam.

Minha pergunta atual seria apenas uma: Qual o motivo de Pascal Werhlein na Sauber? A equipe usa motor Ferrari e nesta temporada será a versão de 2016 e ele é um piloto da Mercedes! Estava atrás da Manor ano passado com o pior carro do grid. A equipe é uma bagunça atualmente e, mesmo com aporte financeiro dos suecos, não aparenta grandes chances de melhora. Pq lá?

Humberto Corradi disse...

Felipe Corrêa

Massa na Williams e Nasr espera a definição da Manor.

Valeu

Humberto Corradi disse...

Eduardo Sacramento

Isso mostra que a Manor está com outros planos.

A Sauber foi o que sobrou para Wehrlein (ainda com apoio da Mercedes).

Duas opções a partir daí: Pascal poderia aparecer na Mercedes em 2018 como segundo piloto (até mesmo de Vettel!) ou perder o apoio da estrela de prata e seguir seu caminho sozinho.

A ver.

Valeu

Anônimo disse...

Corradi,

Esses "outros planos" da Manor seria se tornar a equipe B tão sonhada pela Honda?

Feliz 2017!
Diogo

Jefferson disse...

É mesmo Corradi!
Lewis atropela esse ano e vence com um pé nas costas e no ano que vem a Mercedes, pra apimentar o circo, arranja uma troca com a Ferrari, onde 'todos saem ganhando.
PelamordeDeus...!!!

Jefferson disse...

Mas, pensando bem...
Agora que estás meio órfão é o que restas sonhar.
Mas tente imaginar o pior cenário dos seus pesadelos...
Ah, pode deixar que eu digo.
Lewis vence este ano, acontece q troca, e em 2018 vence novamente, vestindo vermelho!
Kkkkkk

Abraço! Feliz 2017!