terça-feira, 7 de março de 2017

Testes Barcelona (5)

























Nada mau para um cara que voltou da aposentadoria!

Felipe Massa (que substituiu Stroll) fez o melhor tempo na abertura da segunda
semana de testes na Espanha.

O tempo?

1.19.726 (SuperMacio)

Melhor.

Conseguiu dar 168 voltas no circuito.

Mesmo número de giros de Vettel.

São dois GPs e meio!

O segundo tempo ficou com Ricciardo, que girou 89 vezes.

1.19.900 (UltraMacio)

Vettel foi o terceiro mais rápido.

1.19.906 (Macio)

A Ferrari trouxe pequenas mudanças em relação a semana passada.

O conceito está pronto.

A confiabilidade está de volta.

As alterações na unidade de força foram para ver os limites de resistência já
para a Austrália.

A Mercedes também andou bastante.

Não tanto quanto dias atrás.

Hamilton (quarto tempo) e Bottas (quinto tempo) fizeram juntos 135 voltas.

Valtteri (mais desconfortável que seu companheiro) teve mais tempo na pista.

Quase o dobro.

A Mercedes parece ter dificuldade em encontrar o setup ideal.

Os alemães trouxeram dezenas de mudanças.

Pontas e peças retorcidas pra todo lado.

Lewis não parece satisfeito.

Vale dizer que a degradação da Williams foi razoavelmente melhor do que
da flecha de prata nos corridas mais longas.

Pode ser um pouco preocupante?

Sim.

Pois Massa visivelmente não tracionava bem em certas curvas.

Não deveria ser uma referência ideal.

(de forma clara deixava o melhor traçado para não perder a traseira do carro)

A Force India foi bem.

Esteban Ocon fez 142 voltas no dia.

Sexto melhor tempo.

Pascal Wehrlein e Marcus Ericsson fizeram tempos e número de giros parecidos
com a máquina da Sauber.

A Mercedes saudou seus filhotes (Ocon e Pascal) em sua conta oficial.

Já a Renault teve problemas e andou pouco.

Toro Rosso fez alguns experimentos e a Haas não apresentou nada de novo.

A McLaren viveu mais um dia de drama.

Mas contudo alcançou 80 voltas graças a Vandoorne na parte da tarde.

O tempo corre.

Albert Park está logo ali.

Sem novas ideias, vale tentar copiar ou entender o que os adversários estão
fazendo.

Na imagem abaixo (feita hoje em Montmeló), o técnico com uma câmera térmica
tenta decifrar por onde passa o ar quente no envelope dos outros.

Espionagem na cara dura.

Interessante é o uniforme, não?


















8 comentários:

Társio disse...

Primeiramente,

Corradi. Posta isso aqui:
https://www.youtube.com/watch?v=JZWzWp5yPkk

Brilhante é pouco!! Ri aos montes aqui rs

Agora falando sobre os testes:

Muita gente não entende que o Felipe Massa é sim um cara relevante na F1. Não estou dizendo que ele tem um carro vencedor, que irá lutar pelo campeonato ou algo do tipo. Provavelmente vai lutar para ser P6 como nos ultimos 9 anos...

Mas é um cara que dá mídia positiva para a equipe. Enquanto o Lance Strike fez as suas trapalhadas de rookie semana passada, o Massa em seu primeiro dia real de testes deu show, fez o primeiro tempo e a maior quantidade de voltas, com nenhum problema.

A Red Bull hoje mostrou um pouco mais a cara, e a Mercedes eu acredito que já descobriu tudo o que precisava nos testes da semana passada e agora só ficará em banho maria esta semana.

Agora a situação na Mclaren está virando novela mexicana. É só olhar os comentários que as pessoas postam no twitter da equipe para se ter uma idéia do tamanho do dano que está sendo causado a imagem da Mclaren. A equipe hoje é motivo de chacota por grande parte dos fãs. E pior: Eles não podem sequer sonhar com uma ruptura deste contrato com a Honda, pois hoje quem paga as contas é a Honda!


Abç
Tarsio

jhonatta leandro disse...

Corradi. Qual a dificuldade da Honda em conseguir um motor que preste? tem notícias lá de dentro?

Uma outra pergunta, será que é tão difícil assim construir seus próprios motores?
Mclaren é uma montadora e pq não leva para a formula 1?

Bruno disse...

Falar que massa voltou da aposentadoria é forçar um pouco a barra não acha? De fato o nome é esse mas na prática foi mais um recesso do que qualquer outra coisa.

Cristiano disse...

O motor dos carros de rua da McLaren é feito por terceiros (Ricardo Group), sendo uma versão dos Nissan de endurance que compraram os direitos

Jefferson disse...


Boa!
Lembrando que eu quem "batizei" o Strike!
Kkkkk

Anônimo disse...

Esta temporada será muito interessante...
Ferrari lutando por vitórias (título?) com a Mercedes e RBull...

Corradi,
Qual é a chance do Massa, em fazendo uma temporada boa, permanecer na F1 em 2018? Existe outro piloto almejando o lugar dele?

Poucos pilotos tiveram a oportunidade de ter 2 despedidas. O nosso grande Barrichello, por ex., nao pôde fazer um GP de despedida. (em que pese teve uma 'sobrevida' razoável após o fenômeno BrawnGP).

De qualquer forma, torço que Massa possa ter uma temporada excelente para encerrar a carreira na F1 de forma bonita.
É um piloto muito rápido!
Ele merece!


Daniel Chagas disse...

Acredito que Mercedes e Ferrari vão se engalfinhar pela liderança o ano inteiro com a Red bull sendo a terceira força.logo depois vem a Williams,Force India e Haas exatamente nesta ordem em termos de performance. Toro Rosso,Renault, Mclaren e Sauber Vão brigar no fundo do grid mesmo....eu acho q será mais ou menos assim.

Rômulo Maia disse...

Será que esses novos pneus servem mais ao estilo de pilotagem do Massa do que os dos últimos anos? Se for isso mesmo vai ser bem interessante ver ele correr esse ano. Claro que não acredito em vitórias, mas se ele tiver chances de pódio já será uma conquista.