terça-feira, 7 de março de 2017

McLaren e Petrobras?






















Oricchio cantou.

Petrobras e McLaren podem chegar a um acordo para fornecimento
de combustível.

Tudo para melhorar o desempenho da unidade de força da Honda.

Mas e a Castrol?

O investimento da British Petroleum (Castrol) no time de Woking
não é tão alto.

E tudo indica que as maiores atenções da BP estão sendo dedicadas
para a Renault.

Assim a Castrol poderia ser responsável apenas pelos lubrificantes e
a empresa brasileira assumiria a gasolina.

Como a imagem acima entrega, não seria algo inédito entre as duas
companhias.

Já houve essa parceria na BMW Williams no início da década passada.

Interessante que a McLaren revelou no mês passado o início de um projeto
para desenvolver de uma nova geração de motores com baixa emissão de
gases.

Financiado em parte pelo governo do Reino Unido, o plano conta com a
participação de vários parceiros, entre eles a... BMW!

4 comentários:

Daniel Chagas disse...

Acho uma questão de tempo para a BMW voltar para a f1. Anos vendo a Mercedes no topo deve doer na alma...A Honda que se cuide...

Társio disse...

Uma possivel parceria McLaren/BMW seria um sonho maximo!

Mas é importante lembrar que a parceria Mclaren/Honda é de 10 anos...

Renato Santos disse...

Eu vi em uma matéria que o brasileiro é bem-vindo em grupos de engenharia pelo mundo (também o são os indianos) pela criatividade e capacidade de encontrar soluções "fora da caixa", o famoso jeitinho do qual nos enchemos de vergonha.

Anônimo disse...

O jeitinho brasileiro é aquele em que a pessoa sempre pensa sempre em vantagem, a qualquer modo, nem que prejudique outra pessoa. Hábito e atitude deplorável e quem pratica deve mesmo se envergonhar. Será que o colega não está se referindo a grande criativitade do brasileiro em geral mas especialmente dos engenheiros e arquitetos ?? Grande abraço