domingo, 16 de julho de 2017

Grã-Bretanha - 2017





























Mais uma boa corrida no campeonato!

Está claro a importância da classificação de sábado.

Problema que a Ferrari precisa solucionar o mais rápido possível.

É muito perigoso dividir a primeira curva com Max Verstappen.

Ah, sim.

Vamos falar do qualifying.

Lewis Hamilton atrapalhou Romain Grosjean.

E existe a regra.

Mas também existe a luz para que possamos ler e entender.

Alguém pode imaginar que o piloto inglês agiu de forma proposital?

Existe a letra.

Mas há também a luz do entendimento.

Olhando com compreensão, não vi motivação para pena severa.

Ponto.

Entretanto, Toto Wolff deveria medir suas palavras ao desmerecer
o questionamento do piloto da Haas.

E ainda desqualificar seu talento.

O campeonato é longo e os carros se cruzam nos sábados e domingos.

Criar inimigos não é boa política.

Hamilton tem muito a perder.

Já Romain...

Dominando de forma absoluta, Lewis fez a festa em casa.

Com os infortúnios da Scuderia Italiana, ganhou muito mais do que
poderia desejar.

São coisas de corrida.

Acontece.

Foi muito legal ver o duelo de Vettel e Verstappen.

O alemão se esquivou de qualquer declaração polêmica.

Apenas lamentou a largada estranha por conta do fogo nos freios.

Valtteri Bottas é o piloto do ano.

Poderia estar comandando e brilhando em qualquer equipe.

(os anos na Williams mostram quanto Felipe Massa merece crédito pelo talento)

A mudança no câmbio foi reveladora.

Você se lembra do problema de peso das Flechas de Prata?

Materiais mais leves muitas vezes vão contra a durabilidade.

Resumo.

Campeonato empatado.

E a Ferrari precisa vencer em Hungaroring.

Ricciardo fez muito bem.

Ainda falta (mais) motor.

Porém a Red Bull provou nas partes sinuosas de Silverstone que sua
aerodinâmica está em dia.

A presença de Nico Hulkenberg a frente dos dois carros da Force India
reforça a ideia de que a Renault encontrou um caminho.

Eles falam em 2019.

Eu ainda creio que no ano que vem já serão fortes.

Um dia tranquilo (sob ordens) para Ocon e Perez.

E o representante brasileiro encontrou mais um ponto.

Quanto desgoverno na Toro Rosso, em pista e nos bastidores.

Já estão em 2018.

Com a Honda...(!?!)

Num Clipping (08.06.2017) a gente havia comentado:

A Red Bull, que procura desesperadamente se desvencilhar dos
grilhões da Renault, não abriria tratativas com os japoneses?

Interessante ver Vandoorne perto de pontuar.

Na Inglaterra, a McLaren ficou mais perto da Renault e Ferrari.

Muito bom.

Não entendeu?

Fizeram um poster também.








21 comentários:

Vinicius Sena disse...

Ta engraçado a torcida do Corradi kkkkkk nas últimas provas a mercedes domina e ganha e ele diz que a Ferrari foi melhor, nessa a Ferrari vai muito mal e ele em vez de elogiar a ótima atuação da superior Mercedes e de Hamilton prefere Falar do incidente normal no Sabado, ta engraçado isso mkk

Danilo Silva disse...

Cadê aquele carro que lidava tão bem com os pneus no começo do ano?... A Ferrari apanhou feio demais nessa corrida.

Anonimo disse...

O problema da Ferrari não é só em classificação. Se fosse assim o botas ,que largou em nono ,não teria ultrapassado Vetel na pista. Está claro que a Mercedes já é melhor aos sábados e domingos.

Victor Gérard disse...

Bottas é mesmo um ótimo piloto, se ele tiver paciência como vem tendo até tendo até aqui, nas próximas temporadas pode sim brigar por títulos, acontece que seus dois concorrentes nessa temporada estão entre os melhores da história, ambos vivendo fase excepcional.

Romero Junior disse...

Cadê a Ferrari gentil com os pneus?

Rafael disse...

Outra coisa que ninguém comentou ainda, mas a Ferrari sempre vém pecando no desenvolvimento do carro ao longo das temporadas. Começam sempre melhores do que terminam, enquanto as rivais melhoram ao decorrer das corridas.

Társio disse...

Hoje o Vettel fez um corridão. Eu adorei kkkkk

Abc
Tarsio

Anônimo disse...

Corrida acredita que até o final do ano a McLaren tenha uma evolução com seu motor Honda e possa pelo menos acreditar em ser competitiva em 2018? Essa melhora os créditos são da Honda, da Ilmor ou dos engenheiros da Mercedes que visitaram a equipe?

Cleuber

Anônimo disse...

Pilotaço o tal do Bottas, hein...
Queimei minha língua...

Juniorcaixote

André Gustavo disse...

Não sei por que razão tanto estardalhaço!?

A diferença de 20 pontos que Vettel tinha nunca foi uma vantagem confortável. Vettel largou mal, ficou em 3º a corrida inteira, teve o pneu estourado, terminou lá embaixo e ainda sim é LÍDER do campeonato.

Hamilton fez pole ? fez a volta mais rápida ? Venceu ?
Show, não fez mais que obrigação.

E segue o campeonato...

Fernão Lopes disse...

Se bottaas e pilotasso levando sete décimos do Lewis no treino, Lewis então só pode ser ET.

Eduardo Casola Filho disse...

É Corradi. Tá duro encontrar algo positivo para o conjunto Ferrari/Vettel este fim de semana. Em situações de temperatura e pressão normais, Hamilton e Mercedes são imbatíveis. E mesmo que algo dê errado, há o Bottas para socorrer.

Marques disse...

Corrida tenebrosa do favorito do blog. Tomou pau de Kimi sábado e domingo. Não chegou perto do finlandês. Romain tem muito a perder, se complicar os da frente será sumariamente chutado da F1.
A dificuldade em elogiar o inglês é sempre divertida.
E a vitória na casa alheia? Quando o Corradi vem com história da Ferrari estar animada é vitória da Mercedes na certa.

Anônimo disse...

e se pensar que a ferrari fez joguinho pro vettel ganhar em monaco, dps hamilton teve problema com protetor de cabeça enquanto caminhava pra vitoria tranquila em baku... sei nao mas esse campeonato ta disputado mais pelo acaso do que pela "pista" mesmo

abraço

felipe

Anônimo disse...

O detalhe da caixa de câmbio, com duas trocas para cada piloto, pode vir a ser o ponto fraco da Mercedes. Mas na minha opinião eles só perdem o campeonato se acontecer o improvável. Vettel agora tem que lutar sozinho contra os dois pilotos da Mercedes. Pode ser que ele não acredite em milagres, mas deverá basear-se neles. 2010 só acontece uma vez na vida.

Ricardo

Fabrizio Salina disse...

Essa Mercedes sabe fazer as coisas.

Hamilton é um excelente piloto.

Mas não podemos ver com imediatismo. Temos um campeonato LONGO.

Dois pacotes de atualizações que a Ferrari acertar, e um cochilo da Mercedes (difícil), nivela as coisas. A questão é quem será mais rápido em promover os acertos, pois grana sobra dos dois lados.

E, a velocidade de Kimi este fim de semana apenas prova o que o presidente da Ferrari afirmou. Se ele corresse mordido.

CHAGAS disse...

Boa corrida.
Sobre a Renault, Hulk se classificou bem porque é piloto fora de série na chuva e para se manter a frente dos "pinks" foi mais mérito do piloto e por Magnussen segurar Ocon por varias voltas com pneus gastos. Nada de Renault ter dado um salto.
Toro Rosso. Deve mencionar que o problema real é o Kvyat, meu Deus esse cara tem que parar de correr na F1, perdeu todo o foco após ser rebaixado para a equipe B.
Bottas novamente se destacou, só foi pior que Hamilton nessa prova. Ninguém é melhor que Hamilton na Inglaterra.
Ontem pela terceira vez os dois carros da Red Bull cruzaram a linha final. Verstapen (que é mais piloto) esta ganhando por 2x1 de Ricciardo.
Ericsson fez uma ótima corrida perto do carro que tem.
Primeira vez que Kimi chega a frente de Vettel.
Massa como sempre fez ótima largada e no mais fez uma corrida OK.

Gabriel Pereira disse...

'o bólido vermelho se mostrou mais rápido em Baku' - realidade:ficou atrás de uma Mercedes'

'Vettel tinha mais ritmo que Bottas na áustria' realidade:ficou atrás de uma mercedes'

' Gina cuidou muito bem dos pneus no canadá' realidade:ficaram atrás da Mercedes de novo.

'Na Inglaterra a Ferrari percebeu que precisa solucionar o problema de classificação pois APENAS isso está interferindo na briga com a Mercedes'
realidade:ficaram atrás da Mercedes de novo'


segue a saga do blog tiffosi-vettel..

Gabriel Pereira disse...

e super versão da nova unidade motriz da Ferrari que fez a Hass voar na áustria citada nesse blog?

alguém viu a Hass no circuito britânico?

Fernando Mayer disse...

Boa tarde!

Campeonato bom este! 2 dos maiores pilotos da história disputando o título (Hamilton e Vettel), 2 outros mostrando que tem potencial para chegar lá em um futuro próximo (Riccardo e Bottas), 2 que não estão fazendo um trabalho a altura dos carros que tem em mãos (Verstappen e Raikkonen), 2 pilotos do mesmo time que estão funcionando como um relógio de tão regulares (Perez e Ocon), 2 pilotos cujos chefes de equipe já estão pelo pescoço (Palmer e Kvyat), 2 pilotos que precisam de carros melhores para demonstrar o seu real potencial (Hulkenberg e Grosjean), 2 pilotos que não fedem nem cheiram (Magnussem e Ericsson), 2 pilotos muito experientes que estão penando por falta de equipamento (Alonso e Massa), 2 pilotos que são verdadeiras incógnitas no sentido de realmente não saber o que o futuro reserva para eles (Stroll e Wehrlein) e 2 pilotos em início de carreira que já demonstraram ser bons o bastante para subir para outras equipes melhores (Sainz Jr. e Vandoorne).

Abraço

Gabriel O. disse...

Humberto, dizem que a Ferrari cometeu um erro em relação ao acerto em ambos os carros, colocando muito downforce. Confere? O restante correto como sempre, o SF70H é o carro mais bem nascido de 2017, e como Vettel mesmo disse e todos disseram antes do circo começar, a classificação está sendo muito importante. Largar na frente, de cara para o vento, é outra corrida.