segunda-feira, 5 de novembro de 2012

Abu Dhabi




















A prova em Abu Dhabi merece um post especial.

Por vários motivos.

Serviu para mostrar que na atual geração Fernando Alonso e Sebastian Vettel
são as estrelas.

São os melhores.

Por tudo.

Pelo talento.

Pela eficiência.

Pelos resultados.

Os dois pilotos me comovem.

Primeiro o espanhol.

Luta como ninguém.

Não precisa de ajuda.

Uma vez escrevi sobre isso.

A função da Ferrari é apenas não atrapalhar o asturiano.

Genial.

Ver a Red Bull trabalhando contra o tempo para montar o carro de Vettel no
último treino livre foi espetacular.

O time é dele.

Vibra com o piloto alemão.

É contagiante.

A certeza dos mecânicos de que basta fazerem sua parte é impressionante.

Confiança pura.

Depois Vettel faz as coisas parecerem fáceis na pista...

E sobre o vencedor?

Você não vai falar nada?

Ah, o Kimi...

Suas palavras.

"Hoje teremos uma boa festa..."

Vou repetir.

Esqueçam Raikkonen.

O piloto é a maior ilusão da Fórmula 1.

Não quer nada com nada.

Lewis Hamilton saiu da sua frente?

Ok.

"Já que estamos aqui vamos vencer."

Para Lotus ele mandou um "Me deixem em paz!" pelo rádio.

O que tiver que ser será.

Tipo assim.

Uma postura sem compromisso.

Não há comprometimento algum.

A maioria não percebeu.

Mas a Ferrari, McLaren e a Red Bull não desejam ele em seus quadros.

Não serve.

As três grandes querem títulos.

Entendeu?

O título de 2007 foi uma piada.

Em cima de um nervoso Hamilton que dividia a McLaren com um sagaz
Fernando Alonso.

Raikkonen 110 pontos.

Contra os 109 de Lewis e 109 de Alonso.

Sempre do mesmo jeito.

Já que estamos aqui...

No ano seguinte o trabalho de Felipe Massa  esmagou seu talento.

O finlandês acabou derrotado pelo esforço de seu companheiro.

"Você pode enganar uma pessoa por muito tempo; 

Algumas por algum tempo; 

Mas não consegue enganar a todas por todo o tempo."

Ilusão.

Certa vez Raikkonen entrou numa competição de Snowmobile.

Aquelas motos de neve.

Usou um pseudônimo.

James Hunt.

Alguma surpresa?

34 comentários:

Ricardo Reno disse...

Kimi, faz parte do folclore da F-1. Assim como Villeneuve, James Hunt e outros. As vezes é bom para o espetáculo, como gerador de notícias. E só!

Leonardo disse...

Se o trabalho da Ferrari é não atrapalhar Alonso, entao eles não estão fazendo o que se espera. Estão atrapalhando sim, através da incompetência em melhorar o carro um mínimo que seja.

ALEX COURI disse...


mas q ele (kimi) é rápido e constante disso não ha duvida, certo? com um bom carro são os elementos fundamentais p ganhar campeonato, s/ precisar ser "comprometido" com nada, gosto dessa postura dele, faz o q tem q ser feito, nem a mais nem a menos e dane-se o q quiserem pensar.. nos dias caretas de hj é bom uma figura publica Apolitica ou politicamente INcorreta como ele. abcs

Anônimo disse...

Primeiro que o Alonso ganhou seus dois títulos além de ter o melhor carro contou com uma sorte ANORMAL onde tudo ocorria com os outros e só não perdeu o segundo título pq o o motor do Schumi quebrou coisa que não ocorria a muito tempo...

Então falar que o Kimi ganhou pq o Hamilton quebrou é falar que o Alondo não teria nenhum título se não fosse a inumeras quebras de quem disputava campeonato com ele...

E quanto ao que falou do Kimi tirando uma certa falta de dedicação pois corre por puro prazer e nada mais o resto é bobagem até mesmo o que tu fala quanto ao "esmagamento do Massa"

Quando ao titulo de 2007 por favor né! O Kimi foi o piloto que mais ganhou corrida no ano e fez uma baita segunda metade de campeonato.
O Hamilton não completou 1 corrida o Kimi 2 então não vem com mimimim...

Tirando o ano de 2008 onde o Kimi já não queria mais andar na F1 e o Massa realmente chegou mais vezes na frente dele o Filandes nunca andou atras de compenheiro de equipe.

Emerson Fernando disse...

Não subestimem Kimi.

Ele é um dos gênios que estão correndo na F1 atual.

É verdade que a vitória caiu no seu colo com a quebra de Hamilton, mas ele estava no lugar certo e na hora certa.

Kimi entrou na F1 com apenas 23 corridas de monopostos no seu curriculum. Tinha apenas 21 anos de idade e chegou em sexto na sua primeira corrida na categoria, pela Sauber.

É um fora de série, que não se preocupa em seguir o padrão politicamente correto da maioria dos pilotos atuais.

Com certeza não terá recordes de vitórias nem será um exemplo de profissionalismo, mas isso não nos tira o direito de considerá-lo um dos maiores talentos naturais da história da F1.

Emerson Fernando

Marco disse...

Desta vez não concordo...O Kimi tem feito boas corridas este ano, ontem ganhou bem (há mais quem tenha ganho corridas este ano com os abandonos dos outros e são os maiores). E ele é pago para correr e nada mais!

Emerson Fernando disse...

O que seria da F1 atual se não fossem os Kimis, Kamuis, Perez e Maldonados da vida.

Por mim... Mais Kimi e menos Massa!!!!

Emerson Fernando

Rubens disse...

Bom é o pilotinho de playstation que não ganha nada se o carro não tiver no modo Deus ligado.

Que fica dizendo por ai que não quer brincar mais se não tiver "dominando" a categoria.

Anônimo disse...

A F1 precisa de alguns casos como o kimi, um piloto folclórico, que dá aquele ar romântico da F1.

Mas seu eu tivesse uma equipe de F1, e tivesse que optar em ter na equipe como 1° piloto Kimi, ou Hamilton, com toda a certeza o Kimi.

Abraço!

Mauro Santana
Curitiba-PR

Anônimo disse...

Respeito sua opinião, mas discordo em partes. Creio que Vettel e Alonso são os melhorres do atual grid mas os erros dos outros não dão menos valor ao título de alguém e que Kimi é um piloto talentoso sim embora seja um bon vivant. TW

Rodrigo Keke disse...

Concordo com o post até a parte em que chega no Kimi. A partir daí, fico com a opinião do Emerson Fernando.

Ron Groo disse...

Foi a melhor queimada de língua que eu já tive.

Voaridase disse...

O Raikkonen é um dos maiores talentos que a Fórmula 1 já teve na sua história. O título de 2007 pode ter tido uma boa dose de sorte, mas em 2005 foi carregado de azar, por exemplo, e nenhum campeão de F1 chegou lá por "piada".

Raikkonen tem um feitio diferente da maior parte dos outros. Vettel é o piloto que mais se empenha, por isso aceito que é justo os triunfos que vem a acumular. Mas na minha perspetiva, Kimi será sempre maior (não necessariamente melhor) porque mesmo sem aparentar esforço consegue lutar bem com pilotos como Alonso.

Outro piloto era também considerado como o mais preguiçoso e desinteressado da sua geração: Mika Hakkinen.

Marques disse...

Só um detalhe. O "descompromissado" Hamilton, que não cometeu um erro sequer esse ano, só não está disputando o título nesse fim de temporada pois nas últimas 7 corridas teve 4 problemas mecânicos (duas enquanto liderava tranquilamente) e em uma foi tirado da pista pelo Groselha.

Anônimo disse...

Acho que foi outra pessoa e não o brilhante dono do blog que escreveu esse texto. Não concordo com nada, Vettel e Kimi são talento puro, nunca precisaram de Briatores e artimanhas para ganhar nada, não se acham os donos da verdade nem donos das equipes. São pilotos no melhor sentido da palavra. Massa esmagar Kimi? Você está de brincadeira, não fosse o agente do lingua presa o filho do diretor da Ferrari e a equipe teria ganho outro campeonato com o filandes, que foi prejudicado o ano de 2008 inteiro. Massa é medíocre como foi Barrichelo, só por isso chegaram na Ferrari, porque não almejam nada a não ser um punhado de euros. Gosto muito do seu blog, mas hoje você errou feio.

Marco Memoria disse...


Botei pilha no Corradi e ele comprou..rs !!
Se as pessoas acham que o Sebastião é um grande piloto, eu respeito, discordo mas respeito, cada um tem sua forma de avaliar e dar seus pesos e medidas e dai tirar as suas conclusões.
Kimi com certeza em velocidade pura esta muito acima da concorrencia e é o que pra mim importa, titulos mundias até pilotos medianos tem.
Talvez não agora porque o finlandes voltou mais focado, mas com certeza antes da sua retirada se faltava algo a Raikkonen era ambição, ele não queria o titulo corria por correr, pois é isso que ele sabe fazer melhor, (aliás ele tambem é muito bom em levantamento de copo), aposto que se perguntar para ele que ano foi campeão ele nem lembra.
Corradi embora sem te conhecer te admiro, a primeira coisa que faço ao ligar o PC é visitar sua pagina, gostei da sua irritação porque senti que foi pra mim (posso estar sendo até presunçoso) e me senti orgulhoso por chamar sua atenção, mas uma vez obrigado por manter esse blog com informações e fotos que estão sempre no meu wall paper e descanço de tela....
.... mas que o Kimi é melhor que o Vettel disso eu não tenho menor duvida !!!
Abçs cordiais !!

Secastro disse...

Gosto não se discute.

Adoro ver pilotos como Raikkonen, Hunt, Mansell, Merzario, Brambilla, Villeneuve (disparado o melhor!), Kobayashi.

Alonso, Vettel, Schumacher, Prost são bons funcionários, muito eficientes, mas Formula 1 é um esporte (acho eu). O show tem de ser bom e agradar o publico.

Anônimo disse...

Além do texto longo e chato, nenhum.

Cláudio Souza disse...

Sr. Corradi, você foi perfeito até começar a falar do Kimi Räikkonen. Se existe coisa mais grotesca em alguém é desmerecer TÍTULO MUNDIAL DE F1 de qualquer piloto. Para conseguir tal feito, você tem que se preparar toda uma vida para isso. Ele foi campeão em 2007 com TODOS OS MÉRITOS e teve CAPACIDADE, COMPROMETIMENTO E TALENTO para tal. Sobre o tal "descomprometimento" descrito aqui, discordo. O Kimi tem sua personalidade e seu modo de viver, completamente diferente dos atuais "bonecos" que vemos na F1. Ele é aquilo e fim de papo. Ele não falará o que você quer ouvir e tampouco fará o que você quer ver. Ele faz o que ama que é PILOTAR, e é para isso que nós, fãs, vemos a F1. Corradi, respeito sua opinião, concordo plenamente (Vettel e Alonso) e discordo plenamente (Raikkonen). E para terminar, não desmereça título mundial de ninguém pois para isso, precisa saber a vida que a pessoa leva para se chegar a tal conquista e mais, muitos craques não conseguiram o que ele conseguiu. Então pense muito bem antes de desmerecer título mundial de qualquer piloto de F1 de 1950 até hoje, ok?! Abraços e ótimo blog.

Unknown disse...

Não há de se esquecer que para a temporada 2010 a McLaren queria Raikkonen de volta. Ele não quis pela proibição de correr de rali...

Mansur. disse...

Raikkonen é mito!

Hugo Neri disse...

mexeu com Raikkonen os Fãs se revoltam hehehehe

Penso que se ele estivesse com um carro melhor... tipo a Red bull, poderia ser campeão esse ano... mas "E SE" não vale muito!

Anderson Lopes disse...

Acho que o comentário sobre o Raikkonen foi extremamente infeliz.

O Raikkonen é aquele CDF que senta no fundão, faz bagunça, e na prova tira 10. O restante tem que se matar de estudar.

O cara nunca é campeão do mundo em vão, e seguindo a sua linha, o título do Raikkonen caiu no colo tanto quanto o do Hamilton em 2008.

Danilo Candido disse...

Corradi,

Pela primeira vez discordarei de você, em gênero, número e grau.

Um abraço,
Danilo Candido.

Humberto Corradi disse...

Que vespeiro! Rs...

Umas coisas.

Não questiono o talento de Raikkonen.

Sei do que é capaz.

Nem acho ele boa ou má pessoa por sua postura.

Mas coloco Vettel e Alonso um degrau acima.

Porque além de talentosos ainda possuem ambição por títulos.

Nesta temporada vi Raikkonen algumas vezes se contentar com a posição.

O próprio Eric Boullier, chefão da Lotus, diz que falta foco ao piloto.

Poderia ser mais.

Não quer.

Está feliz assim.

Por isso não exalto.

Nem acredito num piloto assim.

Talentoso, porém acomodado.

Valeu.

Anônimo disse...

Corradi, no inicio só ano o Kimi levava do Franco-suíço em todos os treinos e classificação... A Lotus é o terceiro melhor carro, a frente de Mercedes, Williams e Sauber, que já haviam vencido antes. A vitoria em Abu caiu no colo do Kimi que deveria ter vencido no Bahrein se largasse mais na frente. O Kimi é um piloto acomodado, apesar de rápido em corrida. Acho o Massa fraco e, apesar do título do Kimi, o Massa pontuou e venceu mais que o Kimi no tempo que dividiram a Ferrari... Se manter no rali foi o que deu a ele uma possibilidade de readaptação melhor que o Shumacher. Em uma analise desapegada é exatamente isso que você colocou, nem mais, nem menos.

Carlos Gil disse...

Todos temos o direito à nossa opinião, e eu sempre preferi Peterson (o meu idolo de sempre), Depailler, Hunt, Villeneuve (Gilles), Rosberg (Keke), Piquet (Nelsão), Alesi, Hakkinen, Hamilton, e claro que Raikkonen.
Kimi é um desses talentos naturais que por vezes aparece na F1. Eu gosto quando isso acontece!
Kimi consegue ser um dos melhores pilotos da actualidade, sem ter que exibir publicamente esforço para tal. Eu gosto disso!
Kimi não vai para os media, twitters, e facebooks fazer campanha eleitoral queixando-se de tudo e de todos. Eu gosto disso!
Kimi não é o piloto imaculado, ser humano perfeito, criação divina que nunca diz palavrão, herói super-bonzinho, ele não é nada disso. Eu gosto disso!
Kimi é apenas um indíviduo com um talento especial que não vive obcecado com isso. Eu defendo isso!
No resto eu concordo consigo Corradi, afinal você também é um individuo com um talento bem especial, e é por isso que todos nós o seguimos regularmente.
Força Corradi!!!
Força Kimi!!!
CG

Anônimo disse...

Incrível como se confunde o piloto com o ser humano, Kimi é um cara descolado, sem duvida, talento raro que chegou a F1 quase sem correr de carros... Mas é um piloto comum, nao há nada de extraordinário, do nível de um Jacques Villeneuve, por exemplo. Destruidor de carros na época da Mclaren, nao ganhou um campeonato guiando os carros de Newey... Só teve teammates medíocres, Heidfeld, Montoya, Coulthard, Massa e Grosjean... o melhorzinho foi o Massa. O montezelo detesta o Kimi, pagou pra se livrar dele e pegou um piloto de verdade, Alonso, que se importa e motiva o time. Deve ser um saco trabalhar com o Kimi, o cara reclama pra caramba do setup na Índia, que os engenheiros deveriam ser mais inteligentes, daí ele ganha na corrida seguinte e trata seus engenheiros com mil pedras na mão. Se algo da errado, ele sai do carro e vai tomar picolé, nenhum comprometimento com o time. O Kubica com essa Lotus estava disputando o título:

Anônimo disse...

O apego natural pelas coisas que gostam de praticar e o "descompromisso" com formalidades que não levam a nada é algo cultivado na cultura finlandesa, até Jyrki Juhani Järvilehto foi assim, "desleixado" e pouco preocupado com a opinião alheia.

anonima

Danilo Candido disse...

Prezado Corradi,

Seu texto dá à entender que você põr Raikkonen não um degrau apenas abaixo de Alonso e Vettel, mas sim uma escadaria da Penha inteira...creio que, fora o "descompromisso" do finlandês, e em termos de concentração e velocidade pura este não deva nada aos outros dois.

Um abraço,
Danilo Candido.

Renato Henrique disse...

Parabéns Corradi pelo blog, esse post apesar de não concordar 100% com a sua opinião, sem duvida foi o melhor que eu já li no blog pelo que rendeu nos comentários. todos justificando suas opiniões sobre Alonso Vettel e principalmente sobre Kimi de forma construtiva e acima de tudo, sem ofensas.

Abraços!

David Félix disse...

Kimi Rules !!!

Ele é antipatico e descompromissado, porém rapido desde o inicio e o que dizer de um cara que andou de monopostos por 23 corridas e estreia na F1 nos pontos...???

Ele ao lado de Alonso, Vettel e Hamilton são os atuais genios, me lembro daquela famosa foto em que estão juntos Nelsão, Senna, Mansell e Prost...

O Kimi é o Nelsão... na toada dele so na maciota e ainda tira onda...

Vettel o Senna... prefecionista, incansavel, insaciavel...

Hamilton é Mansell... rapido, porém em algumas oportunidades afobado...

Alonso é Prost... o melhor de todos e por conhecer sua capacidade não sabe perder...

Anônimo disse...

Falta foco para o Kimi. Ta bom, Corradi. Da a Lotus para a xiliquenta Alonso correr que voce veria o que é falta de foco. Passaria tanto tempo reclamando que esqueceria de pilotar. Tendo em vista a relação equipamento x resultado, Kimi é o melhor piloto de 2012

Lucas Lisboa disse...

Kimi Rules.

Sem ele a F1 não é a mesma.