sábado, 19 de janeiro de 2013

Bueiro























Bom dia a todos.

No seu tempo ele foi o dono das ruas de Mônaco.

4 comentários:

Anônimo disse...

Quem? O 'bueiro'?!
hehehehe...

GRAHAM HILL

Foram ao todo 18 idas a Mônaco...
- 2 pole positions: 1965 com a BRM e 1968 com a Lotus. Além das poles, apenas mais 2 vezes largou na 1a fila: 1962 e 1963, ambas com a BRM.
- 2 melhores voltas: 1964 e 1965, ambas com a BRM.
- 5 vitórias: 1963, 1964 e 1965 com a BRM, 1968 e 1969 com a Lotus. Além das vitórias, apenas mais 4 vezes terminou nos pontos: 6o em 1962 (BRM), 3o em 1966 (BRM), 2o em 1967 (Lotus) e 5o em 1970 (Lotus da equipe de Rob Walker).
- Nenhuma de suas vitórias foi de ponta-a-ponta. A mais próxima disso foi em 1968, quanfo liderou 77 das 80 voltas. Por outro lado, em 1963, liderou apenas 39 das 100 voltas.
- Apenas 1 'Hat Trick' (pole, vitória e melhor volta): 1965.
- A maior diferença entre a posição de largada e a classificação final (apenas as provas que terminou, claro!) foi em 1974 (de Lola): largou em 21o e terminou em 7o... quase marcou 1 ponto!

E o GP de Mônaco marcou também o final de sua carreira. Em 1975, pilotando seu 'Hill GH1'', não obteve qualificação para a corrida... logo em Mônaco!!

Números, números e mais números... podiam ser de qualquer piloto... mas são de Graham Hill... reles números, o piloto é maior que eles...

Na foto, Graham Hill em sua Brabham BT34, da equipe oficial 'Motor Racing Developments', após contornar a curva da 'Gare' (futura 'Loews' depois 'Grand Hotel'), no GP de 1971.


um abraço,
Renato Breder

TW disse...

E muitos achavam que ninguém o superaria. Hill foi gênio nessas ruas.

Ituano Voador disse...

Fora as cinco conquistas, Hill quase levou a prova de 62, em que liderou da 10ª à 93ª volta, até o motor de seu BRM quebrar, quando tinha um minuto de vantagem para Bruce McLaren.

Andrews Gonçalves disse...

... até aparecer um tal de Ayrton