sexta-feira, 11 de abril de 2014

A Grana do Schumacher























O piloto mais bem sucedido da Fórmula 1 com certeza também possui números
impressionantes quando o assunto é dinheiro.

Preparada milimetricamente, a carreira de Michael Schumacher foi vitoriosa em
todos os sentidos.

E você pode conferir isso olhando seus vencimentos nas 19 temporadas em que
esteve presente na F1.

Os números, atualizados, estão em Euro.

Em 1991 o piloto alemão estreou na Benetton recebendo 200 mil.

Seu salário foi aumentando à medida que os frutos de seu talento eram reconhecidos.

Depois de cinco anos e dois títulos mundiais, Schumacher deixou a equipe com
21 milhões no bolso.

Não havia maneira de continuar.

Já em 1996, a Ferrari fechou um acordo de 27 milhões com o cara para sua
primeira temporada na nova casa.

Ao todo, Schumacher ganhou 300 milhões da Scuderia Italiana nos onze anos
em que lá esteve.

Dinheiro bem gasto.

Os cinco títulos mundiais trouxeram muitas alegrias para a Casa de Maranello.

Após o hiato, o multicampeão retornou para a Fórmula 1 nos braços da Mercedes.

Foram três temporadas sem vitórias.

Então, 40 milhões mais rico, Michael Schumacher foi aposentado compulsoriamente.

Sem volta.

Apesar de sua tentativas de continuar por mais um ano (recebeu um não da Ferrari)
na categoria máxima do automobilismo.

Somando todos os vencimentos teremos a montante de 361 milhões de Euros só de
salários.

Foi digno, não?


5 comentários:

zamborlini disse...

e como foi!!!!

RenatoS. disse...

Merecidíssmo! E tomara saia rápido da situação que está, para usufruir tudo isso ao lado de sua família.


Daniel Chagas disse...

Muito merecido, apesar que no período da Mercedes só valeu pelo dinheiro mesmo. Que se recupere logo e da melhor forma possível.

Anônimo disse...

Lembro de um jornalista perguntar a Montezemollo: "qual o tamanho da contribuição de Schumacher em Maranello" , o italiano disparou:

"Um aumento em torno de 30% no faturamento da empresa! Em termos esportivos não existe um valor fixo, na pista Schumacher fez história ajudando a resgatar o mito Ferrari".

Quantos carros de rua a Ferrari vendeu em época vitoriosa entre 96 e 06? Bom lembrar, o alemão também testava carros de rua pela fábrica. Em termos esportivos, nem pilotos como Mansell e Prost chegaram ao tão sonhado título! Existem entrevistas com Senna admitindo que era um sonho antigo pilotar pela Ferrari. Vejam bem, pilotar, Senna nunca falou em ser campeão por Maranello. Quem acompanhou Formula Um entre 1980 e 1995 sabe que o time italiano virou sinônimo de piada da categoria. A fase negra foi entre 1991 a 1995(Ferrari só tinha conquistado duas vitórias), já em seu primeiro ano de Ferrari, Schumacher venceria três corridas(no segundo ano venceu cinco), o carro Ferrari era bem inferior as Williams e Mclarens. Lembro de Montezemollo em outra entrevista em 96, pra contratar o trio: Schumacher, Brawn e Byrne a Ferrari teve um aumento de 80% no investimento pra temporada, uma fábula na época. Hoje seria mais ou menos como contratar três pilotos como Alonso para uma equipe. Agora façam as contas, quantos bilhões a Ferrari investiu(e perdeu)entre 1980 até 1995? O investimento em cima de Schumacher e cia, foi uma pechincha. Depois de seis títulos e muito sucesso, a Ferrari admitiu publicamente que o alemão poderia entrar em fase de desmotivação, grande engano! Schumacher "assombrou" vencendo treze corridas em 2004. E quando o time perdeu o domínio em 2005, lá estava Schumacher trabalhando duro pra "reerguer" o time. O alemão não foi campeão em 2006, mas fez uma coisa até mais importante que o próprio título, venceu sete corridas colocando a Ferrari novamente no topo, e pronta pra brigar pelos títulos de 07/08. Se Kimi foi campeão em 07 e Massa disputou o título em 08, é muito graças ao trabalho de Schumacher em 06(e sem Rubinho no time provando que era ele quem fazia a diferença). Não tenho dúvidas, se Schumacher não se aposenta em 06, seriam mais dois títulos na carreira. Uma dando 'troco' em cima de Alonso em 07, e outra em 08 superando o veloz e arrojado Hamilton, com certeza Schumacher faria mais pontos que Kimi e Massa. Prost foi campeão pela Renault e Ferrari? Piquet foi campeão pela Lotus e Benetton? Mansell foi campeão pela Lotus ou Ferrari? Senna foi campeão pela Lotus? Schumacher não tinha mais nada a provar, muito menos tinha obrigação de ser campeão pela Mercedes! Alonso sempre disparou que, quem fazia a diferença na RBR era Newey e não Vettel. Ok, mas pra ser heptacampeão, Schumacher sempre teve que superar as poderosas Williams e Mclarens de Newey.

Pular para um time em alta, disputar títulos e ser campeão é uma coisa, duro mesmo é pegar um time em baixa chegar aos títulos. Isso Schumacher fez duas vezes, primeiro na mediana Benetton, depois na "cambaleante" Ferrari, coisa rara na Formula Um.

Continue lutando Schumacher, que você tenha uma boa recuperação, você e sua família já sofreram demais nesse hospital...

Marcelo

Rafael Schelb disse...

Clichê, mas só posso dizer uma palavra: Impressionante!