segunda-feira, 14 de abril de 2014

Rascunho - As Mudanças na Ferrari

























Foi antes do esperado.

Stefano Domenicali se adiantou e pediu demissão.

Já sabia que não era mais querido.

Luca di Montezemolo agradeceu seus serviços.

E também por ter facilitado o processo.

O chefe anunciou ainda quem ocupará o lugar de Domenicali.

Preste atenção.

Talvez você leia agora uma ou duas coisas que não saiba nessa história.

Fernando Alonso venceu a queda de braço dentre da Scuderia Italiana.

A saída de Domenicali mostra a força do piloto espanhol.

O ex-capitão foi o cabeça no plano que trouxe Kimi Raikkonen de volta a
Maranello.

Alonso, que muitas vezes havia criticado (de forma aberta) o comando técnico
do time, entendeu o recado.

Mas não se abalou.

A guerra interna estava declarada.

E Ferdi tratou de se ocupar do seu objetivo principal: desbancar o finlandês.

Ou o "Salvador da Pátria" como disse pelo rádio durante a classificação no
Bahrein.

Atingindo diretamente Stefano.

Agora, Alonso ficou maior e Raikkonen perdeu seu protetor.

Imagino a conversa entre Luca di Montezemolo e Flavio Briatore.

Um pacto buscando a permanência de Fernando por mais um tempo.

Mais.

Sem perda de tempo, Marco Mattiacci foi elevado ao posto de comando dentro
da Scuderia.

Mattiacci é um homem de negócios.

Expandiu as fronteiras da Ferrari por todos os cantos do mundo nos últimos
anos.

Tendo sido bem sucedido em tudo que tocou.

E a marca cresceu de forma assustadora.

E se tornou uma das mais valiosas do planeta.

No momento, Mattiacci estava comandando as operações italianas nos Estados Unidos.

Apesar disso ele não tem nenhuma experiência com corridas.

Qual o motivo de se colocar um homem assim nessa situação?

Fácil.

Mattiacci é hoje a maior ameaça ao posto ocupado por Montezemolo dentro
da organização da Famiglia Agnelli.

Sim, o Avocatto não está totalmente seguro em seu cargo.

Colocar seu principal adversário numa situação delicada pode ser uma jogada
para sua permanência no poder.

Se vencer, vencemos todos.

Se perder, acharemos o culpado e ele será sacrificado.

Montezemolo tem Cordero no nome.

No entanto não vai se prestar a esse papel.

É sempre melhor apontar outras cabeças ao invés da dele.

21 comentários:

miguel fernandez disse...

Que lindo é constatar que as peçás indispensaveis na formula 1, nen son os pilotos nen diretores nen desenhadores de carro... ese mundo obscuro de centenas de funcionarios (sen pretender tirar o seu valor, o contrario...)é o interesante da f1...quen carallo é o Mattiacci??? eu, aficionado só, nunca escoitara até hoxe... (un site espanhol ja deu a noticia logo o amencer)puxa, esto é f1!!!!

Mauricio Morais disse...

Ah maquiavel, maquiavel...Montezemolo deve ter um pôster do autor de O Príncipe na sala de sua casa.
Mattiacci iria comandar esse time naufragando sabia que tinha treta na parada.
E o Corradi clareou tudo direitinho.
Vetusta sabedoria, hehe.

Tiago Oliveira disse...

Vai tarde. Mas colocar um vendedor na posicao nao me parece a solucao adequada. Falta liga na Scuderia.

roger disse...

Matou a pau... este canalha (MontezeMOLE) é o grande responsável pela situação do time (não sou torcedor da marca - mas vejo ele em uma comoda posição).
O negócio dele é politico (aliás...nem tanto - pois os italianos rechaçaram a idéia de tê-lo no comando do país) de bastidores. Esta com a rola apontada para sua ampola retal!

RenatoS. disse...

Sendo isso, o discurso de que o interesse da Ferrari está acima de tudo, cai por terra. Tipo, cabe bem aos outros, mas não a mim.



TheEltonToptec disse...

Nada de bom parece sair daí, pelo menos de imediato. Me parece aquele caso do sujeito que chega em casa e pega a mulher com outro no sofá, e pra resolver o problema, ele se livra do sofá(!). Dane se, pra ser educado, nunca gostei do molho de macarrão familiar que a SF perpetra. Essa terceirização e centralização de poder, conferido a um piloto, não trouxe até hoje os frutos almejados pelos carcamanos. Eles ainda não entenderam que Alonso não é e jamais será um Michael Schumacher. Eles realmente acham que a responsabilidade das mazelas de Maranello é de Domenicali? A Ferrari tá num umbral e lá deverá permanecer. Bem pregado, afinal, cada um colhe o que planta, nos ensina a vida.

Roberto Filho disse...

Corradi e amigos leitores do blog...

Só eu estou achando tudo que acontece na Ferrari um deja vu?
Já vimos estes "espurgos" do "cavalino rampante" durante o periodo obscuro da Ferrari de 1979 á 2000...
Quantos cairam? Prost,Capelli,Berger,Alesi,Mansell,Villeneuve,Pironi,Alboreto,John Barnard,Harvey Postlethwaite,Steve Nichols,Gustav Brunner,Arnoux...
A lista de grandes talentos é tão extensa quanto dificil de entender...
A saida de Dominicali acredito que seja o inicio de um grande inverno para a escuderia...
Gosto da Ferrari, gosto ainda mais do Raikkonen,mas acho que o Fernandinho vai acabar por "ferrar" com a vida dele...
Só que Dom Fernando das Asturias que tome cuidado, pois Prost fez o mesmo em 90-91 e acabou demitido. Montezemolo pode amar Alonso, mas entre perder a cabeça e chutar o traseiro asturiano, creio que ele prefira a ultima... Ele que não trate de ganhar corridas para ver só...

Armani disse...

A foto do post é perfeita.
Em primeiro plano Domenicali de cabeça baixa 'aparentemente' se explicando ou se desculpando. De frente o Avocatto, ouvindo, julgando e planejando o próximo passo e no fundo El Principe de Las Asturias exibindo sua soberba.

Jeferson Araújo Pereira disse...

Concordo com 99%. Discordo radicalmente de : "se adiantou e pediu demissão". Ele não pediu. Ele foi demitido, levou um grande pé na bunda.E já vai BEM tarde.Essa demissão deveria ter acontecido no fim de 2008.

Rafael Schelb disse...

Sem mais! Exatamente isso o que eu penso!

Ron Groo disse...

Nestas horas sinto por Kimi ser um piloto apático politicamente.
Seria uma ótima ver o circo mafioso pegar fogo.

juniorcaixote disse...

O poder de Dom Choronso é os $$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$$ provenientes do banquinho dos troféus de cocô.

Anônimo disse...

Será divertido ver o Playstation-Driver nesse furacão daqui um ou dois anos.

Mas até lá já estará provado que ele é uma farsa mesmo...kkkk

Daniel Chagas disse...

Na boa, resumindo tudo isso: A Ferrari virou uma esculhambação total. Totalmente amadora e sem rumo.

jivan disse...

Sobrou pro Massa...

Anônimo disse...

Espero que o Alonso nunca mais ganhe um campeonato sequer.

Anônimo disse...

Ola,

concordo com tudo o que foi dito. Gostaria somente de corrigir: Montezemolo pelo que sei nunca foi un "avocato". Quem era um "avocato" era o Agnelli.

Saudaçoes do pais da bota.

Anônimo disse...

Quero ver como o Kimi vai se comportar diante de tudo isso.

Aliás, ele já deve estar de saco cheio!

Abraço!

Mauro Santana
Curitiba-PR

FABRIZIO SALINA disse...

kimi é mais esperto do que muitos imaginam... Um sujeito com seu estilo não sobreviveria muitos anos na F1 se não fosse mestre nos códigos desse ambiente.

Alonso está encurralado. Suas cartas estão acabando. O próximo da fila é ele. Tentar rotular no outro o sarcástico "salvador" nada mais é que tentativa de tirar um peso que lhe atribuem.
O que o Kimi fizer será sempre lucro. Contudo, de Alonso, espera-se apenas o caminho das vitórias. E agora não tem no box um companheiro suscetível aos "humores" do ambiente. Isso vai descambar. Anotem!

E, é sempre bom tomar cuidado com bons vendedores. Costumam identificar muito bem os tipos humanos e lhes outorgar responsabilidade na medida certa.

Gabriel disse...

'Fernando, que era próximo do ex-dirigente italiano, demonstrou estar descontente, sobretudo quando enfatiza mal conhecer o novo chefe, Matteo Mattiacci.'

Texto do Grande Prêmio.
Eae,era próximo ou não era?
Aqui no seu blog parece que tinha uma guerra entre os dois.

Humberto Corradi disse...

Gabriel

Eu lembro do Alonso escrachando o comando e a parte técnica da equipe a ponto de Montezemolo ter que mostrar quem manda.

Eu presto atenção nas ações e não apenas nas palavras.

Valeu