terça-feira, 24 de fevereiro de 2015

Rascunho Construtivo
























Você já leu por aqui que a Renault está novamente com a ideia de ter uma
equipe própria.

A Casa de Viry-Chantillon negocia com quatro escuderias.

As propostas de compra estão em envelopes sobre as mesas da Sauber,
Toro Rosso, Force India e Lotus.

Interessante saber que a África do Sul poderá (realmente) voltar ao
calendário da Fórmula 1.

Falando em circuitos, Rodrigo Nunes assina o projeto da pista de Berlim
que irá receber a Fórmula E.

Lembrando que o traçado no qual os carros elétricos andaram em Pequim
no ano passado também saiu da cabeça do arquiteto português.

O piloto Jolyon Palmer disse que, antes de se acertar com a Lotus, foi procurado
pela Manor.

Os primeiros desenhos de cockpit protegido (não fechado!) para a Fórmula 1
causaram risos.

A coisa ficou parecendo um vaso sanitário.

Toto Wolff já reconhece que não está nada fácil  concluir a renovação de Lewis
Hamilton.

Até aqui não há qualquer sinal de patrocínio master na McLaren.

Um nome de peso na carenagem não faria mal a ninguém.

E traria uma cor diferente para os bólidos de Woking.























Por fim.

Quem entende do riscado diz ser quase impossível que um carro que não tenha
motor Mercedes possa vencer uma prova nesta temporada da F1.

Se bem que sempre pode cair uma chuva...


9 comentários:

skidwasted disse...

Para quê Lewis quer mais $?
Já tem o melhor carro, já foi 2x campeão. Agora é relaxar e tentar ganhar o 3º.
Vai ficar fazendo de dificinho. Todo o grid gostaria de estar no lugar dele. Se eu fosse o Toto jogaria na lata: Ou assina ou está fora. Nico pode ganhar o título para nós.

Renato Santos disse...

As fotos foram o mel que me atraiu para este blog... mas depois vi o estrago que esse cara faz com a pena. Escreve demais, escrevendo pouco.

Renato Santos disse...

Mercedopólio? Monorcedes? Sei lá, a Ferrari dobrava direitinho as curvas ano passado, com um motor melhor de "pormão" e um Vettel finalmente podendo imitar seu ídolo Schuma, quem sabe?

Marcos José disse...

Peraí mas o Carlos Ghosn nunca gostou de ter uma equipe própria da Renault na F1 porque que agora ele mudaria de ideia? Então você confirma mesmo que o boato de uma possível compra da Force India pela Renault era verdade? Das 4 equipes, talvez a Toro Rosso leva uma pequena vantagem em relação as outras neste momento! Will Stevens foi confirmado pela Manor como sendo uns dos pilotos titulares da equipe, o outro seria o Gutierrez (o nome imposto pela Ferrari pela divida que a Manor tem com ela)?

Fabrizio Salina disse...

Essa Renault ninguém entende. Se fossem inteligentes, pegavam uma equipe e faziam como Maclaren-Honda, uma simbiose perfeita é melhor que uma compra.

Hamilton? Os caras deixaram Alonso e Vetel acertarem primeiro... e agora vão com quais opções?

Esse silogismo motor Mercedes-vitória só se aplica com a equipe de fábrica. Será difícil não vencerem todas, a não ser que Saõ Pedro seja fã de F1.

Daniel Chagas disse...

Eu queria saber o que a Renault pensa da F-1... mas como já disse por aqui, essas montadoras não tem compromisso nenhum com a categoria, entram e saem na hora que quiserem, respeito muito mais a Williams e a Sauber pois apesar das dificuldades que passaram e passam honram a categoria e mostram compromisso com o esporte. Daqui a pouco vem a Toyota querendo voltar e só passar 4 ou 5 temporadas sem vencer e chutam o balde...aff

Ron Groo disse...

eu aposto minhas fichas na Toro Rosso e ainda acho que não viria como Renault, mas como Infinit.

Alfredo Aguiar disse...

A Renault tá blefando e se preparando, é sabido que os austríacos teriam preferência por uma fornecedora de motores das bandas deles, namoram o grupo Volkswagen, que reluta em entrar, teriam que bater a Mercedes ou seria um desastre. Agora, com somente seus carros usando os propulsores franceses, os 2 times dos energéticos estão dando as cartas nesse jogo. A Renault só volta como equipe se não tiver outra alternativa!!!

David Felix Krapp disse...

Eu acho que se a Renault quer mesmo ter equipe própria, perdeu a oportunidade perfeita ao deixar Caterham fechar e a Manor se reerguer... Iria pagar uma merreca, já ter uma base e aí seria a grana pro desenvolvimento que é o que faltou pra essas equipes... colocaria a Sauber aí também, numa parceria parecida com a da BMW com a equipe suíça...

Eu torço pela entrada da Audi, creio que o Domenicali esta tentando convencer os cara, mas não adianta... alemão é teimoso e toma suas decisões na base da razão e não da emoção... eles sabem que entrar agora pra bater de frente com a Mercedes não é uma boa pois tem que fabricar e desenvolver um propulsor do zero assim como a Honda e ver a maior concorrente vencendo enquanto se anda lá atrás... não... ademais um dos dirigentes esportivos do grupo Volks tem o vovo gagá Eclestone como arqui-inimigo...

Mas quer seria legal... imaginar a Red Bull com os aneis da Audi na lateral... e do outro lado a Toro Rosso com o touro da Lamborghni... seria sensacional... bem pra sonhar não se paga nada né Corradi...