quarta-feira, 2 de setembro de 2015

Rascunho Surpreendente


























Imagem da McLaren de Mika Hakkinen em 1997.

Motor Mercedes V10.

Bólido que escondia o segredo de ter dois pedais de freio.

O primeiro era normal.

Já o segundo controlava a frenagem das rodas traseiras de forma independente.

Detalhes.

Voltemos ao presente.

Gutierrez leva uma mochila de 15 milhões de euros para a Haas.

Depois que Hulkenberg (cheio de convites após vencer Le Mans... piadinha!) se
acertou com a Force India, os nomes de dois pilotos americanos foram citados
para fazer companhia ao mexicano na Haas: Marco Andretti (coisas de avô) e
Alexander Rossi.

Vou falar que pode dar qualquer coisa (ainda tem a influência da Ferrari na parada).

Quem anda selecionando etapas no Rally é Robert Kubica.

Parece que o polonês entendeu suas limitações em certos terrenos.

Na Itália dizem que a Ferrari gostaria de fornecer motores para Red Bull e para
Toro Rosso (novamente).

Falando nisso, Ricciardo e Kvyat serão punidos em Monza por conta do número
de unidades de força utilizados.

Cada um perderá 10 posições no grid.

Manor (Marussia) conversa com a Mercedes.

A história de Ecclestone adiantar uma grana para a Lotus é a coisa mais normal
do mundo na categoria máxima do automobilismo.

Acontece direto da parte de Bernie esse tipo de favor para com as equipes do
circo.

Como dissemos uns dias atrás (num outro Rascunho), James Allison renovou seu
acordo com a Ferrari (até 2018).

Bom.

Pois a continuidade é um dos segredos do sucesso na Fórmula 1.

Mais.

Allison contará ano que vem com o reforço de Jock Clear.

Engenheiro que a Scuderia Italiana tomou das fileiras da Mercedes.

Clear trabalhou diretamente com Michael Schumacher em 2011 e 2012 e com
Lewis Hamilton no biênio 2013 / 2014.

Clear também estava ao lado de Jacques Villeneuve quando o canadense foi
campeão em 1996.

Sem dúvida será um braço valoroso para os planos da Ferrari de retomar o título
em 2017.

Por fim.

Uma pergunta interessante.

Você saberia dizer quem são os três melhores pilotos na equação que leva em
conta o custo (salário) x benefício (pontos) até aqui neste campeonato?

Eu ajudo.

Max Versttapen (250.000 euros x 26 pontos);

Felipe Nasr (200.000 euros x 16 pontos) e

Daniil Kvyat (750.000 euros x 57 pontos).

Surpreendente ou não?



















6 comentários:

Anônimo disse...

Pelo que lembro dos comentários da época a distribuição de frenagem da McLaren era por borboletas no volante semelhante ao câmbio, ou seria outro modelo? Cristiano

Eduardo Casola Filho disse...

O Marco Andretti manifestou interesse, possivelmente por alguma influência do avô, mas ele precisa lembrar do seu pai em 1993. A F1 pode ser muito cruel (ainda mais para o filho que é inferior que o pai)

E uma correção: o Villeneuve foi campeão em 1997.

Felipe disse...

Jacques Villeneuve foi campeão em 1997, e não em 1996, quando Hill ganhou seu primeiro e único título na F1.

Estão pipocando notícias sobre a renovação de contrato entre Williams e seus pilotos. Inclusive de MASSA!! Surpreedente, não? Só que não, uma vez que isso já havia sido cantado por outro jornalista de confiança!

Enfim, continuo admirando seu trabalho! Parabéns!!

Renato Santos disse...

Espero que o mercado americano acorde para a F1, porque o trabalho do Bernie é amador e insosso, com fórmulas prontas que não se adaptam ao americano. E o estadounidense gosta de se sentir o centro, coisa que a F1 não faz muita questão. ter equipe e pilotos ajuda, mas tem muito espetáculo para ser feito e não é o que acontece.

Marcos José disse...

Esteban Gutierrez (com 15 milhões de euros da Claro) e Marco Andretti (pela vontade do avô) como pilotos titulares e Alexander Rossi (sendo preparado agora para depois "ser titular" no futuro) com piloto-reserva na Haas?? Acho que talvez em Cingapura (será que o Perez renovará com a Force India até lá? ou Maldonado também estará na "parada"? aguardemos por enquanto...) teremos mais ou menos quem é o escolhido para a outra vaga da Haas pra 2016! Manor com Mercedes (e contando com um piloto alemão como titular para ter os seus motores e ainda pagando bem menos por eles?) já visando a briga pela décima posição dos construtores com a Haas!! "Na Itália dizem que a Ferrari gostaria de fornecer para Red Bull e Toro Rosso (novamente)"...será que o alvo deste suposto "fornecimento de seus motores" por parte da Scuderia não seria talvez um certo "interesse" (para 2017-2018) por um piloto que está atualmente na Toro Rosso e ele não é espanhol?? A Williams confirmou a renovação de contratos de Massa e de Bottas para 2016. Parece que a McLaren não gostou muito desta história de perder a "exclusividade" da Honda (talvez para 2017), por saber que terá que dividir com este "novo inimigo" (seria este a Red Bull??) a atenção dos nipônicos na F1! Será que a Renault estará "esperando" que a Lotus passe pela mesma situação que aconteceu com atual Manor em 2015 (passar por uma "recuperação administrativa e financeira" visando um acordo entre os seus sócios para pagamento aos seus credores de suas dívidas) para depois fazer uma proposta de compra por um valor bem abaixo do que ela fez anteriormente (o valor de 65% pelas ações) à Lotus?

Anônimo disse...

Tristeza deve ser uma equipe depender do (não) talento do Gutierrez para estrear na F1. . .
O cara é ruim demais, de que adianta um caminhão de dinheiro se não terá a mínima capacidade de desenvolver a barata. . .
Falasééério!!
Zé Maria