segunda-feira, 27 de novembro de 2017

Emiradenses





























Retratos.

Cenário espetacular.

As habitações locais.

O pensamento em 2018.

E uma alegre despedida para todos. (para todos...)

4 comentários:

Társio disse...

Que pista de merda! Eu odeio Abu-Dhabi com todas as minhas forças!

Argh

CPA disse...

A história Mclaren/Honda não está acabada.
Agora vai ser feito o que devia ter sido o início.
Honda ligada a uma equipa pequena e sem a pressão dos resultados trabalhar e evoluir.
Parece-me que em 2019 ou 2020 a parceria regressa.

Marcelonso disse...

Corradi,

Ainda que as imagens sejam bonitas, está mais que provado que jamais teremos uma corrida de verdade nessa pista!

abs

Chrys Meissner disse...

Estive no circuito este ano e as instalações são sensacionais. Paddock e áreas comuns que lembram hotel e shopping. Acesso, estacionamento e demais locais são exemplos para outros circuitos. Problema mesmo é o traçado mas....ele é assim desde a primeira prova e não alteraram até hoje porque? Vale lembrar que existem diversas variantes e configurações e NADA foi sequer testado nesses anos. É bom lembrar que a F1 está mudando e a pressão sobre os donos pode fazer efeito mas tem que partir dos maiores interessados: pilotos. Alguns deles gostam de esbravejar e uma semana mais tarde não falam mais nada. Lembram que a pista X ou Y tem problemas apenas no final de semana da corrida. Triste...