quarta-feira, 25 de junho de 2014

Rascunho Movimentado























Sebastian Vettel experimentando uma das invenções da Renault.

Tem um boato rolando sobre a Sauber.

Diz que o rombo financeiro da equipe é de quase 60 milhões de Euros.

É muito.

Na Inglaterra a informação é que a McLaren voltou suas armas para tentar
trazer de volta Lewis Hamilton (visto entrando no cercadinho da Red Bull
no último final de semana).

Sei que uma proposta concreta da mesma escuderia foi feita para Sebastian
Vettel.

Recusada.

Lewis é uma opção, no caso de Fernando Alonso se tornar uma causa
perdida.

Ferdi ainda não chegou a um acordo com os italianos.

Mais alguém?

O Tordo me disse.

"Não fique impressionado se o nome de Kimi Raikkonen voltar a ser ouvido
em Woking."

OK.

A divisão de Fórmula 1 da Renault está à venda?

Me parece mais uma pressão para que a haja alterações em alguns pontos do
atual regulamento.

Estamos acompanhando.

A Lotus, como fez no verão passado e quase tomou a vez da Williams, voltou
a conversar com a Mercedes.

Quer ocupar o lugar que será deixado pela McLaren.

A Genii Capital, dona do time, com essa manobra quer tentar acalmar os ânimos
dos ricos venezuelanos e mostrar que ainda pode haver um futuro.

Estranho que a equipe ainda deve muito dinheiro para a Renault.

Nico Hulkenberg cederá seu lugar para Dani Juncadella no primeiro treino em
Silverstone.

Por fim.

Será que por conta do motor Toto Wolff manda tanto na Williams quanto na
Mercedes?

5 comentários:

Jobson Mendes disse...

Corradi,

Também já comentei sobre a situação da Sauber no meu blog.

Os pontos conquistados pela Marussia em Mônaco, só piorou a situação do time suíço. No momento, a Sauber não tem carro para pontuar em condições normais!

Abraço!

Felipe disse...

Nunca tive dúvidas q Toto Wolf ainda dá pitacos na Williams, principalmente depois d assinarem com a Mercedes pra ter seus motores.

Anônimo disse...

Corradi, supondo que Lewis interesse à Red Bull, para onde estaria indo Vettel? Fariam um troca-troca entre RBR e Mercedes?

Anônimo disse...

Se o Kimi conseguir uma vaga na por lá, empresário dele é bom!

Anônimo disse...

Não duvido nada da Renault estar querendo sair da F1 outra vez. Francesada é meio pé frio e mostrou que errou outra vez e fez pior que nos anos 80 ao investir pesado no motor turbo e "chupar o dedo" deixando pra BMW com a Brabham de Piquet ser o primeiro carro turbo a ser campeão na F1 em 83. E olha que quase foi a Ferrari em 1982 não fossem os acidentes com seus pilotos Villeneuve e Pironi. No fim das contas a Renault não ganhou mesmo nada (titulos) com motor turbo. Só foi ser campeã com a Williams nos anos 90 mas com mototr aspirado, mas muito dos méritos dos carros da Williams, hoje vemos que foram da suspensão ativa e do careca-gênio com suas artimanhas aerodinâmicas.

Danilo Cintra