quarta-feira, 11 de junho de 2014

Rascunho






















Duas imagens do início da carreira de Danica Patrick.

Novinha.

Período em que estava na Inglaterra acelerando e impressionando os meninos.

Danica está aí porque Gene Hass está fazendo de tudo e mais um pouco para
convencê-la a vir para a Fórmula 1.

Hass já declarou que quer em seus carros um piloto experiente e um americano.

E que ambos tragam recursos.

Danica é uma máquina de dinheiro.

Atrai audiência e patrocinadores de forma brutal.

E é isso que Hass quer.

O contrato da moça, de 32 anos, com sua equipe na Nascar vai até 2016.

Mas os últimos dois anos são uma opção que precisaria de um acerto entre as
partes.

Aí está a esperança de Hass.

Atualmente Danica recebe cerca de 15 milhões de dólares anuais (salário).

Porém seu verdadeiro valor está no marketing.

Sozinha, ela era responsável por 25% de toda receita da Indy nesse quesito
quando ainda competia por lá.

Hass estaria oferecendo um contrato para ela em que a piloto poderia estar
nas duas categorias ao mesmo tempo já que Gene possui uma time na
categoria americana também.

Pode ser.

A Ferrari (depois do fracasso com Newey) ainda tentou roubar material
humano da Mercedes.

Sem sucesso.

A renovação do GP do Canadá com a Fórmula 1 foi facilitada por seu caráter
histórico no calendário.

Como já disse outras vezes, Bernie Ecclestone faz as novas praças pagarem
rios de dinheiro para que as pistas tradicionais possam se manter viáveis.

Por fim duas notas interessantes.

A primeira.

A Mercedes (admite) ainda trabalha na adaptação para que Nico Rosberg tenha
uma performance melhor em relação aos freios do carro.

Então quer dizer que pode melhorar?

A segunda.

A Red Bull confessou sua culpa (por conta de um erro de cálculo) no fato de
Sebastian Vettel não ter vencido o GP do Canadá.

OK.

11 comentários:

Emerson Fernando Pippi disse...

Boa notícia. GP do Canadá não pode faltar.

João disse...

Coitado do vettel, só não ganha por erros dos outros...

Anônimo disse...

Pode colocar sua fonte? A RedBull assumiu o erro? Que erro? Vettel errou duas vezes no hairpin, uma com Hulkenberg e outra com Massa, os tempos,de pit foram parecidos, Ricciardo não errou e fez voltas melhores que o Vettel, foram 41 voltas mais rápidas do Ricciardo contra 29 do Vettel. Melhor volta, 1.19'1, contra 1.18'6 do Ricciardo. Contra fatos não há argumentos, temporada pífia do tetra campeão.
Rodrigo Morais

Tiago Oliveira disse...

O Gene Hass está repetindo todos os passos da USF1. A Danica além de nao ser o pé de chumbo q deveria ser é antipática até pros padroes da F1. Chassis Dallara, motor Ferrari, um piloto ex Nascar/Indy (o "experiente"), base nos Estados Unidos. Estou achando q eles vao chegar até o passo de mostrar o bico como prova de que tem "um carro em pleno desenvolvimento" e anunciar um piloto latino americano nas vésperas do primeiro grande premio, onde eles sequer aparecerao.

Rodrigo Keke disse...

Corradi, concordo com o Rodrigo Morais. Olhando os dados da corrida, só reforça o que vimos na transmissão: Ricciardo andou melhor do que o companheiro, como já vem fazendo na maior do ano. Gostaria de saber também que erro de cálculo foi esse.

Quando a iniciativa do Haas, to levando uma fé justamente por ser o Haas. Figura histórica, com longa experiência na Indy/CART e NASCAR. Pode não dar certo, claro, mas não será por fanfarronice. Não vou muito com a cara da Danica, mas entendo o raciocínio financeiro/marqueteiro da coisa. Se ele escolher um bom piloto para a outra cadeira, tá valendo!

Valeu!

Anônimo disse...

"...acelerando e impressionando os meninos."

Impressionando apenas por acelerar?
Acho que não...


um abraço,
Renato Breder

Anônimo disse...

"...acelerando e impressionando os meninos."

Impressionando apenas por acelerar?
Acho que não...


um abraço,
Renato Breder

Renato Santos disse...

GoMommy, o carro verde dela era o mais lindo!

Renato Santos disse...

Ricciardo tem mojo.

Anônimo disse...

Eu li hoje, Helmut Marko foi a fonte do Corradi. Enquanto Helmut tenta salvar a pele do tetra, Horner é só elogios ao Ricciardo. O mais legal da vitória do Ricci foi que a RedBull agora já se movimenta em favorecer o australiano, não faz sentido ficar trocando chassi, o problema é a peça atrás do volante mesmo.

Rodrigo

Rodrigo Keke disse...

Helmut Marko... bom, ele vai fazer o papel político de resguardar a estrela mor da companhia, claro. Newey deu uma entrevista interessante esses dias, falando sobre as dificuldades de adaptação ao novo carro, ao novo regulamento. Não acho que isso o transforme em um piloto ruim, longe disso, muito longe. Mas é necessário afirmar que a temporada do tetracampeão está abaixo do normal, inclusive no tocante a performance do piloto, desconsiderando os aspectos técnicos. Depois de 4 títulos "in-a-row", talvez seja normal uma baixada de intensidade. A conferir.