terça-feira, 28 de abril de 2015

Rascunho Mínimo

















































O filho de Michael Schumacher venceu.

É isso.

Ele ainda não tem nome.

Difícil sair da pesada sombra do pai.

Sempre haverá comparações.

Que o menino suporte a pressão.

Ferdinand Piech se afasta do comando da Volkswagen.

Desaparece assim voto solitário que vetou a entrada da Audi na F1
(contra todo o conselho).

Willkommen.

Assuntos ligados.

Depois de mais de 60 (!) crash tests, a Red Bull conseguiu a aprovação da
FIA para o novo bico de seu bólido.

O projeto do carro dependia disso.

Os ganhos serão visíveis na pista.

O processo de Adrian Sutil vai apertar a Sauber.

Ele não quer um cockpit, como desejava Van der Garde.

A palavra aqui é grana.

Os autos já estão no tribunal de Barcelona.

12 comentários:

Richard disse...

A Sauber, se havia alguma esperança de melhora, vai passar a ser mais uma pequena diante de toda a"pouca" grana que tem para desenvolver seu bólido durante o ano.

Renato Santos disse...

Bom, agora veremos a fragilidade das Williams. E o Newey, hein? Vai migrar?

Anônimo disse...

Brands Hatch na foto? Na época havia a notícia que o Sutil não havia cumprido em tempo cláusula que exigia maior aporte de patrocinador, enquanto a questão do Van der Garde seria que ele havia adiantado os valores de 2015. Será?

Cristiano

Marcelonso disse...

Bela imagem, Corradi.

Anônimo disse...

Que a Sauber e dona Monisha "sabe tudo" Kaltenborn se explodam!!
Castigo merecido para aqueles que imaginam serem "donos da verdade".
E nós que sempre consideramos os suíços como exemplo!! SQN!!
Zé Maria

Ron Groo disse...

Ico disse que venceu, mas sem brilho.
Venceu por ter o grid invertido de uma corrida para outra.
Mas de qualquer forma, é cedo. Muito cedo pra se tirar qualquer conclusão.


Na área da piada, pode-se dizer que ele puxou o tio,. hehehehe

Társio disse...

Sobre a Audi é um boato antigo, mas vendo o estrago que eles estão fazendo nos pre-testes para a Le Mans desse ano imagino que continuam investindo muito no FIAWEC, e vendo o franco crescimento da categoria é dificil acreditar que a Audi vá mudar de rumo.

Vamos ver o que as 24 horas irão trazer...

Abç
Tarsio

Anônimo disse...

Sim, bela imagem de Brands Hatch - da arquibancada em frente å 'reta-curva' de largada ; lá ao fundo , a descidona após a curva Druids, e dá para se ver o 'traçado' do caminho a pé que circunda, pelo lado externo, toda a pista em meio a um bosque - anfiteatro natural , excelente para o público esse autodromo.

--------------------

E lá vem outra tediosa 'ação' nos tribunais , supostamente por uma vaga num cockpit de um F1 mas no entanto, e descaradamente, por uns milhões de dinheiros.
A mim, esses 2 pilotos q processam/processaram a Sauber não valem , por suas capacidades de pilotagem , a grana q estão arrancando da equipe.

Fernando A.

Eduardo Casola Filho disse...

-Quanto ao Mick Schumacher, ainda é cedo para fazer qualquer avaliação. Mas vencer sempre é bom, independente das circunstancias.

-A entrada de uma companhia sempre é boa. Sem o Piech, a vinda da Volks é iminente.

-Quanto a Sauber, equipe pela qual torço, fico na torcida para que este imbróglio não atrapalhe a equipe como aconteceu no caso Van der Garde, mas não tenho muitas esperanças. Erro de gestão não merece perdão.

P.S. Desejo que com o Zé Maria aconteça o mesmo que ele desejou à Sauber.

Cosme disse...

Acredito que o Mick vai ser lembrado e comparado ao pai toda vez que vencer.

Concordo plenamente que a entrada da Volks é eminente..

Marcos José disse...

O Grupo VW ainda não entrará já na F1. Até lá (se o ingresso não for pra 2017 será pra 2018) a Audi permanecerá ainda na WEC. André Lotterer já disse em uma entrevista que não terá nenhum problema em retornar a F1 mas exigiu uma equipe competitiva se realmente isto vier acontecer. Talvez (na minha opinião) o Grupo VW proponha um rompimento amigavel entre as partes : a Red Bull venderia a Toro Rosso pra Renault em troca do rompimento do acordo que a Renault tem com a Red Bull para concretizarem o negócio. Não dúvido se isto realmente vier acontecer mas só o tempo dirá o que acontecerá!

Anônimo disse...

Ao Eduardo Casola Filho:
Se você defende os suíços e se ofendeu com minhas colocações, sinto muito, seus valores morais são no mínimo questionáveis. Prova disso foi o ganho de causa do De Va Garde, simples assim, fair and square.
Abraço de quem não te deseja o mal, apenas que reveja seus conceitos de retidão de caráter e valores morais, sem esquecer que a Sauber havia assinado COM SEIS PILOTOS para essa temporada. . .faça-me rir. . .
Zé Maria