sábado, 19 de setembro de 2015

Notinhas de Sábado























Acho que a Ferrari combina com a noite!

Lotus já é Renault em 2016.

Tudo certo entre eles.

Falta Bernie liberar a grana pros franceses.

Os valores desejados pelas partes são diferentes.

Maldonado fica (mesmo) e Grosjean sai (segundo a imprensa francesa).

Estranho.

Mesmo com a mão quebrada de Magnussen, a McLaren não chamou
Vandoorne para ser reserva em Cingapura.

Quase impossível que Rosberg fuja de uma punição nesta temporada.

O piloto deverá usar seu quinto ICE (motor de combustão interna) em
breve.

Frase de Sergio Perez.

"Espero que muito em breve possamos finalizar tudo. A equipe tem prazer
de me manter e estou feliz em ficar, então eu não vejo nenhuma razão pela
qual não deva acontecer em breve."

Pela fala do mexicano, o piloto está fechadinho com a Force India para
mais uma temporada.

Kimi Raikkonen ganhou mais um patrocinador pessoal: Singha Beer.

Sobre a história ligando Red Bull-Volkswagen.

Christian Horner negou o boato.

Wolfgang Ullrich, chefe da divisão esportiva da Audi, falou que sempre
aparecem rumores sobre a marca alemã e a Fórmula 1.

Enquanto que Dietrich Mateschitz, dono da Red Bull, disse que a unidade de
força da Ferrari "seria uma solução aceitável para as próximas temporadas."

No remodelado Circuito Hermanos Rodriguez uma das curvas levará o nome
de Nigel Mansell.

Roberto Merhi (que só soube que não iria pilotar a Manor quando já estava em
Cingapura) confessou que a falta de patrocinadores atrapalhou sua continuidade
na equipe.

Alexander Rossi irá conduzir o Manor em Cingapura, Japão, Estados Unidos,
México e Brasil.

O americano só cederá seu lugar a Merhi na Rússia e Abu Dhabi porque estará
disputando a GP2.

Falando em Manor, Pascal Wehrlein, piloto ligado a Mercedes, parece ser um 
dos nomes do time para 2016.

3 comentários:

Marcos José disse...

O Christian Horner disse a mesma coisa em relação ao suposto boato de rompimento de contrato com a Renault (que era apenas um boato...e o que aconteceu depois??). Dietrich Mateschitz está só "na torcida" que o seu velho amigo Ferdinand Piech mude de idéia e entre "firme" na nova parceria entre eles (e logo saberemos...)!! Agora sobre o Wolfgang Ullrich; dizem que ele se aposenta no final de 2017 da direção de motorsport da Audi (especula-se que quem assumiria o lugar de Ullrich na marca alemã é o Stefano Domenicali, mas como o italiano é o responsável do "suposto estudo do projetoF1" do Grupo VW, talvez seja por causa disto que agora o Eddie Jordan "crava" que desta fez a vinda será "pra valer"!). Provavelmente Martin Winterkorn (na minha opinião) colocou o seu cargo a disposição de presidente do Grupo VW para fazer com que Piech aprove a idéia da entrada na F1 (talvez com o Ferdinand Piech como "consultor" e "observador" do projeto e tendo carta branca para decidir toda a operação em contra partida que Winterkorn passe a presidência do Grupo VW a alguém "indicado" por Piech para concretizarem o "acordo" ao final de seu mandado como presidente do Grupo, que se encerra em 2017!). Com uma vaga "sobrando" no retorno da Renault (seria Vergne o outro nome procurado pela Renault para ficar com a vaga deixada por Grosjean? depois da oportunidade "remota" que o francês ainda tinha na Haas?), talvez este depoimento do Perez sobre tudo "fechadinho" com a Force India poderá não mais se concretizar...Acho que o Kevin Magnussen (minha opinião) será o outro piloto da Manor Mercedes pra 2016 (e junto com o Wehrlein) e também com a "possível" ida de Alonso para a Red Bull (e no lugar do russo Kvyat, o que é bem provável), Button e Vandoorne seriam a dupla de pilotos da McLaren para o ano que vem; já que na Haas (Grosjean e Gutierrez, na minha opinião) a situação de seus pilotos já foi resolvida (ou será que não?) e... o que mais de "bombástico" poderá acontecer até o final da temporada...

cesar disse...

Estaria o Rossi fazendo intensivo para estar na Haas ano que vem?

Humberto Corradi disse...

Cesar

O piloto americano não está nos planos da Haas. A equipe deverá vir com Gutierrez e Grosjean como titulares.

Valeu.